Guterres condena ataques a Abu Dhabi e apela “à máxima contenção” na região - Renascença

Guterres condena ataques a Abu Dhabi e apela “à máxima contenção” na região

18/01/2022 06:55:00

Guterres condena ataques a Abu Dhabi e apela “à máxima contenção” na região

O diplomata português instou as partes a “impedirem qualquer escalada num contexto de aumento das tensões na região”, depois de novos ataque que fizeram vítimas.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou os ataques ao aeroporto internacional de Abu Dhabi e a uma área industrial adjacente, que causou três mortos e seis feridos, e apelou “à máxima contenção” a todas as partes.

Os governos dos Emirados Árabes Unidos (EAU) e da Arábia Saudita responsabilizaram os rebeldes iemenitas pelo ataque, já reivindicado pelo grupo rebelde Houthi, do Iémen.Além de um incêndio numa área em construção do Aeroporto Internacional de Abu Dhabi, a polícia do emirado relatou um outro na área industrial adjacente, que provocou uma explosão em tanques de combustível.

Consulte Mais informação: Renascença »

Guterres condena ataques a Abu Dhabi e apela “à máxima contenção” na região - SIC NotíciasPelo menos três pessoas morreram e seis ficaram feridas na explosão de um camião-cisterna na capital dos Emirados Árabes Unidos.

Guterres condena ataques a Abu Dhabi e apela “à máxima contenção” na região

Drones terão causado explosão de camiões-cisterna em Abu DhabiPelo menos três pessoas morreram e seis ficaram feridas na explosão de três camiões-cisterna em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

Ataque em Abu Dhabi provoca incêndio e deixa três mortosAutoridades dos Emirados Árabes Unidos dizem suspeitar que rebeldes houthis do Iémen usaram um drone numa zona industrial perto de uma zona de armazenamento de uma petrolífera.

Guterres condena ataques a Abu Dhabi e apela “à máxima contenção” na região - SIC NotíciasPelo menos três pessoas morreram e seis ficaram feridas na explosão de um camião-cisterna na capital dos Emirados Árabes Unidos.

Guterres condena ataques a Abu Dhabi e apela “à máxima contenção” na região

O Secretário-Geral da ONU desafia as partes envolvidas"a conversarem construtivamente e sem pré-condições". Foto: John Minchillo / Pool/EPA O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou os ataques ao aeroporto internacional de Abu Dhabi e a uma área industrial adjacente, que causou três mortos e seis feridos, e apelou “à máxima contenção” a todas as partes. Os governos dos Emirados Árabes Unidos (EAU) e da Arábia Saudita responsabilizaram os rebeldes iemenitas pelo ataque, já reivindicado pelo grupo rebelde Houthi, do Iémen. Além de um incêndio numa área em construção do Aeroporto Internacional de Abu Dhabi, a polícia do emirado relatou um outro na área industrial adjacente, que provocou uma explosão em tanques de combustível. O diplomata português instou as partes a “impedirem qualquer escalada num contexto de aumento das tensões na região”, recordando ainda que “os ataques contra civis ou infraestruturas civis foram proibidos pelo direito internacional humanitário”, referiu, esta segunda-feira, o porta-voz das Nações Unidas, Stéphane Dujarric. "Não há solução militar para o conflito no Iémen", salientou António Guterres. O responsável da ONU exortou ainda as partes “a conversarem construtivamente e sem pré-condições" para que possa haver um avanço do “processo político para chegar a um acordo amplamente negociado para acabar com o conflito". Pelo menos três pessoas morreram e seis ficaram feridas na explosão de um camião-cisterna em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos. Tópicos