Covid-19, Vacinas, Coronavírus, Saúde, Pandemia

Covid-19, Vacinas

Gouveia e Melo volta a afastar entrada na política: “Se isso acontecer, dêem-me uma corda para me enforcar”

Covid-19: Gouveia e Melo volta a afastar entrada na política: “Se isso acontecer, dêem-me uma corda para me enforcar”

28/10/2021 21:07:00

Covid-19 : Gouveia e Melo volta a afastar entrada na política: “Se isso acontecer, dêem-me uma corda para me enforcar”

Vice-almirante que coordenou o processo de vacinação em Portugal reforçou que “a democracia não precisa de militares” e voltou a atribuir o sucesso da vacinação a todo o povo português.

José Sena Goulão/LusaO vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, que coordenou o processo de vacinação em Portugal, garantiu esta quinta-feira, num evento em Lisboa, que não tem “nada a ver com pré-campanhas eleitorais”.Questionado pelos jornalistas, à saída de um encontro organizado pelo International Club of Portugal, em Lisboa, sobre um eventual futuro político, reagiu: “Sou um militar, fiz a minha função. E agora estou nas minhas funções anteriores militares, com muito gosto.”

Benfica igualou recorde com 57 anos O dia em que o futebol português morreu de vergonha ″E bem fundo″. Zemmour responde a mulher com o dedo do meio

Já antes, no almoço/debate “O processo de vacinação contra a covid-19 em Portugal”, no qual foi orador, o adjunto para o Planeamento e Coordenação do Estado-Maior General das Forças Armadas tinha confessado, perante uma centena de pessoas,

esperar não se “deixar cair na tentação” da política. “Se isso acontecer, dêem-me uma corda para me enforcar”, pediu, com humor.“Não tenho de preparar o meu papel [para um cargo futuro]. Eu sou um militar e o papel é o que me derem”, posicionou. headtopics.com

“A democracia não precisa de militares”, sublinhou. “Gosto muito de ser militar, mas o militarismo excessivo não faz sentido”, especificou.Gouveia e Melo recordou ainda, com graça, quando começaram a referir-se à sua pessoa como “eventualmente presidenciável”. Isso colocou-o “na arena política” e gerou uma “desfocagem do que era essencial”, que resolveu sendo “bruto” demais para ser candidato político. “Estratégia”, portanto.

Questionado também em relação às declarações de Paulo Rangel, candidato à liderança do PSD, que, em entrevista à RTP, na quarta-feira, lhe atribuiu o êxito da vacinação – e não ao Governo –, respondeu: “O êxito da vacinação deve-se a todo o povo português, no seu conjunto, desde população, ao Governo, à

task forceatingir mais de 85% de vacinação completa. Portanto, deve-se a toda a gente, não há exclusões, nem positivas, nem negativas.”Sobre a situação pandémica, o vice-almirante considerou que “a ferida já não está aberta”, o que

não impede que todos tenhamos de continuar a ter “cuidado”. Já em relação o momento actual, disse: “Só comento as coisas que me dão enquanto missão, e já não é a minha missão.”No que diz respeito à vacinação de crianças nos Estados Unidos, Gouveia e Melo frisou que “um país que tem 70% de pessoas vacinadas precisa de aumentar a sua percentagem de vacinação”. Ora, nesse caso, “se tiver que ir vacinar pessoas mais novas para o fazer vai tentar fazer isso, é uma estratégia racional”, opinou. Mas o vice-almirante não vê esse cenário em Portugal, pelo menos para já. “Julgo que só se se chegar à conclusão que os 85, 86% da população completa não foram suficientes”, sublinhou. headtopics.com

Blaya Rodrigues: “Não podemos esquecer quem éramos antes. Isto aqui, o bebé, é só um extra” Taça Libertadores: Marcelo felicita treinador Abel Ferreira Vergonha no Jamor. Onze contra nove e no final perdeu o futebol Consulte Mais informação: Público »

O Futuro do PSD

Escolhemos seis questões que determinam o futuro do PSD e sobre elas questionámos os dois candidatos a presidente do partido, que será eleito a 27 de Novembro

Melhor mesmo é dar-lhe logo um balásio!!!!!!! Que santo boss

Gouveia e Melo: ″Todos os malucos que acham que o vírus não faz mal″ são também ″inimigos″Segundo Gouveia e Melo, foco, capacidade de trabalhar na incerteza, disciplina, responsabilização e mobilização foram algumas das mais-valias que os militares trouxeram à coordenação da equipa que liderou o processo de vacinação. jairbolsonaro cuántas veces has abierto y cerrado los negocios en plena pandemia sin seguir criterios científicos? No has visto las olas? Então sou maluco! Prince_x007 Pode vir aturar a estúpida da médica negacionista que vive à minha frente. Nao há paciência para a menina burra.

Melo acusa ″Chicão″ de querer ″evitar o voto dos militantes″O candidato à liderança do CDS-PP, Nuno Melo, atacou, esta quinta-feira, o presidente do partido, Francisco Rodrigues dos Santos, por admitir adiar o congresso marcado para 27 e 28 de novembro. Melo acusa o líder de tentar 'evitar o voto dos militantes'.

Bolsonaro: ''O ideal é a Venezuela voltar à normalidade, mas só um milagre fará isso acontecer''Jair Bolsonaro visitou esta terça-feira um abrigo de imigrantes venezuelanos, no Estado de Roraima. A visita serviu de oportunidade para criticar o Governo de Nicolás Maduro. Vocês acreditam em alguma palavras deste homem tão indecente? Ano que vem, o Brasil volta à normalidade, com esse desgraçado preso por crimes contra humanidade e fora da presidência. Vocês acreditam em alguma palavra deste homem indecente? 🤔

Mulher 'irritada' corta corda e deixa pintores pendurados no 26º andar de prédio na TailândiaMoradora terá ficado zangada por não ter sido informada de que o trabalho ia ser realizado naquele dia.

'Tiger King' está de volta para uma segunda temporada | Vídeo

Vírus é ″desafio número um″ das Olimpíadas de inverno em PequimAs autoridades chinesas, que seguem uma política de 'tolerância zero' contra o vírus, têm tomado várias medidas para erradicar um surto epidémico registado nos últimos dias no norte do país.