GNR encontra cadáver de homem na Lagoa Azul em Sintra

22/01/2022 16:31:00

Gnr, Lagoa Azul

As causas da morte ainda estão por conhecer. Foi encontrado, esta manhã de sábado, um cadáver de um homem entre os 50 e 60 anos na Lagoa Azul, em Sintra, adiantou a Guarda Nacional Republicana (GNR).Segundo o oficial de serviço do comando geral da GNR indicou à agência Lusa, o corpo foi encontrado por volta das 10h00 de hoje.

As causas da morte ainda estão por conhecer e para tal foi iniciada uma investigação, afirmou a autoridade. 

Consulte Mais informação:
ionline »

GNR deteve homem de 62 anos que estava foragido à justiça há 18 anos

GNR detém homem foragido à justiça há 18 anosHomem estava condenado a uma pena de prisão de 14 anos e seis meses por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida.

'Senti-me humilhado': Menor algemado pela GNR durante jogo de futebol em Aveiro'Pelo que vi, o Leandro não resistiu nem a sair do campo, nem à GNR ', revelou presidente do clube aveirense.

GNR admite caso de tráfico humano com maus-tratos a imigrantes em Campo Maior - CNN PortugalCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Cadastrado ″Avelino da Pensão″ capturado pela GNR em ValençaO cadastrado Avelino Rodrigues Alves, mais conhecido por 'Avelino da Pensão', que estava fugido às autoridades há cerca de 18 anos, foi detido em Valença pela GNR , estando já a cumprir uma pena de 14 anos e meio, por tráfico de drogas duras.

Ladrões escapam à GNR após 40 quilómetros de perseguição e disparos para o arTiros disparos pela GNR acabaram por acertar num dos pneus do carro de alta cilindrada que os assaltantes estavam a conduzir. Não haveriam de fugir... As balas não deviam ter ido para o ar, mas sim para o carro onde eles fugiam... 🤦‍♂️🤦‍♂️🤦‍♂️🤦‍♂️ Mais ladrões a ler isto: -Podemos ir avontade, que eles so dão tiros para o ar.... Se alguém pode ser abatido são os pássaros!

Email As causas da morte ainda estão por conhecer.foragido Um homem de 62 anos foi detido, esta quarta-feira, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Valença, em Viana do Castelo, depois de estar foragido à justiça há cerca de 18 anos.Homem estava condenado a uma pena de prisão de 14 anos e seis meses por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida.“O mais importante é o jogo em Arouca”, afirma Veríssimo "Senti-me humilhado": Menor algemado pela GNR durante jogo de futebol em Aveiro "Pelo que vi, o Leandro não resistiu nem a sair do campo, nem à GNR", revelou presidente do clube aveirense.

  Foi encontrado, esta manhã de sábado, um cadáver de um homem entre os 50 e 60 anos na Lagoa Azul, em Sintra, adiantou a Guarda Nacional Republicana (GNR). Segundo o oficial de serviço do comando geral da GNR indicou à agência Lusa, o corpo foi encontrado por volta das 10h00 de hoje. "O homem encontrava-se foragido à justiça há cerca de 18 anos, altura em que foi condenado por tráfico de estupefacientes e posse de arma proibida", explica a autoridade, acrescentando que o detido foi transferido ontem para o Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira. As causas da morte ainda estão por conhecer e para tal foi iniciada uma investigação, afirmou a autoridade. O detido foi transportado, esta quinta-feira, pelo Destacamento de Intervenção (DI) de Viana do Castelo, para o Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira.  Ler Mais .