Funchal: Coligação Confiança garante construção de 202 novas habitações sociais

Funchal: Coligação Confiança garante construção de 202 novas habitações sociais

18/09/2021 13:38:00

Funchal: Coligação Confiança garante construção de 202 novas habitações sociais

O cabeça de lista da Coligação Confiança referiu que gostaria que o Funchal também tivesse acesso às verbas do Plano de Recuperação e Resiliência, destinadas à construção de habitação social.

A habitação social a ser construída será não só na Nazaré, mas também na Quinta das Freiras e na Penha de França, a par da intenção de aquisição de edifícios no centro da cidade, que serão reabilitados também para habitação social.

Tribunal de Justiça da UE condena Polónia a multa recorde de um milhão de euros por dia Espanha concede guarda conjunta de um cão a casal separado Polícias iniciam protesto em que privilegiam pedagogia em vez de multas

O primeiro projeto a implementar é na freguesia de São Martinho, mais precisamente no início da Avenida Mário Soares, junto à Nazaré, já em 2022.“Para esta zona, temos programada a construção de um prédio com 33 habitações, nomeadamente doze fogos de tipologia T1, doze fogos de tipologia T2 e nove fogos de tipologia T3, aqui num local onde já existe um terreno que é municipal. Neste momento, o projeto está concluído”, explicou Miguel Silva Gouveia.

O candidato refere que esta iniciativa será financiada pelo protocolo estabelecido entre a Câmara Municipal do Funchal e o IHRU, que tem uma dotação financeira de 28 milhões de euros para o efeito, sendo que “está previsto, para este projeto em específico, um investimento de quatro milhões de euros em São Martinho.” headtopics.com

O atual autarca vincou que “a CMF, sob a gestão da Coligação Confiança, foi a entidade pública na Madeira que mais habitação social construiu no último mandato, mesmo apesar de não existir qualquer fonte de financiamento, quer do IHRU, quer do PRR, num total de 66 fogos, financiados recorrendo ao crédito bancário”.

“Isto demonstra o compromisso que nós temos com a habitação, com este que é um direito constitucional, e vamos continuar a investir na resolução dos problemas habitacionais do nosso concelho, não só com nova habitação, mas também com um programa de promoção do arrendamento”, destacou.

O cabeça de lista da Coligação Confiança referiu, por fim, que gostaria que o Funchal também tivesse acesso às verbas do Plano de Recuperação e Resiliência, destinadas à construção de habitação social.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Funchal: Coligação Confiança quer rever regulamentos de taxas e tarifários e apostar na transição digitalO candidato da Coligação Confiança diz que a transição digital é um processo que já está em curso mas que precisa de ser aprofundado. Miguel Gouveia considera que será possível atualizar os regulamentos de taxas e tarifários 'uma vez que muitos dos processos de licenciamento já estão modernizados, o

JPP quer recursos humanos e novas medidas ambientais para o FunchalBruno Berenguer considera imperativo apostar na informação junto da população para a existência de um biotriturador, uma máquina, que ao contrário de incentivar as queimas nos terrenos permite que as pessoas triturem o coberto vegetal indesejável tornando-o em estilha, um composto fertilizante, 100%

Marta Temido garante existência de doses para nova vacinação contra a covid-19Cenário é improvável de suceder mas será possível dadas as vacinas existentes em Portugal.

Funchal: PSD/CDS-PP promete melhores condições de segurança para carreiros do MonteO PSD/CDS-PP propõe a reorganização do trânsito nas Babosas-Caminho do Monte onde está situada a partida dos carros de cesto; criar um sentido ascendente no caminho de Ferro, com percurso empedrado em frente ao Colégio do Infante; criar um estacionamento de motas no ponto de partida dos carreiros e rutesilva_02

O casamento que uniu o peronismo na Argentina está a desmoronar-seOs péssimos resultados da coligação de esquerda no poder na Argentina nas eleições primárias deixaram Alberto Fernández e Cristina Kirchner em pé-de-guerra, enquanto a crise económica se aprofunda.

Iniciativa Liberal critica demora na construção do novo hospital de LisboaA Iniciativa Liberal passou o terceiro dia de campanha autárquica no concelho de Lisboa. O partido responsabiliza o Governo e o executivo de Fernando Medina pela demora na construção do Hospital de Lisboa Oriental. Bienal nesta lógica, piada do palco e não no palco.