Função Pública cresce em 2019 e aproxima-se dos 700 mil trabalhadores

Emprego

Emprego: Função Pública cresce em 2019 e aproxima-se dos 700 mil trabalhadores

Emprego

2/14/2020

Emprego : Função Pública cresce em 2019 e aproxima-se dos 700 mil trabalhadores

O emprego público aumentou em 2,2% durante o último ano, o que representa um crescimento de 15 mil novos postos de trabalho. Hospital de Braga justifica parte desta evolução. Salários também cresceram.

O Herchive apresenta artistas mulheres e pessoas não-binárias — no Instagram e na Ó! Galeria Assim, no final do ano passado, “o emprego no sector das administrações públicas situou-se em 698.522 postos de trabalho”, sublinhando o mesmo documento que este número representa “uma quebra de 4,0%, correspondente à redução de 29.263 postos de trabalho, face a 31 de Dezembro de 2011”. O aumento observado em 2019 sustenta-se, em particular, “nas Entidades Públicas Empresariais (E.P.E.) do SNS (6701), nos estabelecimentos de investigação e ensino superior (2710) e nos estabelecimentos de ensino básico e secundário (1171)”. No caso das empresas públicas do SNS, “o aumento decorre em parte da integração do Hospital de Braga E.P.E. no universo das entidades das administrações públicas (mais de 2869 postos de trabalho), o que se repercute ainda no maior número de trabalhadores nas carreiras da área da saúde”. Remunerações sobem 2,2% O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público. Subscrever × Os dados divulgados na mesma síntese, mas relativos ainda a Outubro de 2019, revelam também um valor dos salários médios dos trabalhadores a tempo completo de 1501,3 euros, “correspondendo a uma variação global média de 0,6%, em relação ao mês de referência do trimestre precedente (Julho de 2019), e a uma variação homóloga de 2,2%”. Uma evolução explicada pelo “efeito essencialmente da actualização do valor da remuneração base praticada no sector, que passou a ser igual ou superior a 635,07 euros, bem como do processo gradual de descongelamento de todas as carreiras”. No documento pode ler-se que “o impacto desta última medida teve maior efeito nas carreiras de enfermeiro e de técnico de diagnóstico e terapêutica, com variação positiva em relação a Outubro de 2018 de 7,8% e 5,9%, respectivamente”. Por outro lado, “a carreira de pessoal de investigação científica apresentou uma variação negativa de 18,9% em resultado dos movimentos de entrada e saída de trabalhadores com diferentes níveis remuneratórios (entrada de novos trabalhadores em níveis remuneratórios na base da carreira)”, conclui-se. Já o ganho médio mensal nas administrações públicas fixou-se, para Outubro de 2019, em 1760 euros, “indiciando uma variação global no trimestre de 0,6%, e uma variação homóloga de 2,4%, pelos mesmos motivos referidos para a remuneração base média mensal”. Continuar a ler Assinar o Público é participar numa comunidade que decide melhor O PÚBLICO tem consolidado a sua posição como o jornal mais importante do país. Todos os meses passam pelo nosso online mais de 6,5 milhões de visitantes. Mas não é só a quantidade, é a qualidade de quem nos lê e de quem aqui escreve que tornam o PÚBLICO a referência que é. Somos o eixo de uma comunidade que quer saber para onde vai e quer poder escolher, em liberdade, o caminho a seguir. Para isso, quem nos lê conta com o nosso jornalismo independente, com a opinião conceituada dos nossos cronistas, a análise profunda dos especialistas e os pontos de vista singulares de cada leitor. Tudo junto, permite a cada um a visão alargada do mundo, em que se alicerçam as melhores decisões. Ajude esta comunidade a crescer. Pense bem, pense Público Consulte Mais informação: Público

Função Pública. Ministra admite aumento de 10 euros para salários mais baixosJá consigo comprar o pão por 10 dias olha...bom aumento

Estado ganhou mais de 15 mil trabalhadores em 2019O título correcto seria: O estado comprou mais 15.000 votos.

Ofensiva síria em Idlib já provocou 700 mil novos deslocadosConselho Norueguês para os Refugiados diz que está em curso a maior vaga de deslocados da pior guerra da nossa geração. A merda da agência proxeneta de Carnaxide a fazer o jogo dos jihadistas degoladores. Porcos nojentos, os empregados do caquético Balsemão.

PIB cresce 2% em 2019 e fica acima da previsão do GovernoAumento do Produto Interno Bruto em 2019 fica aquém dos 2,4% registados no ano anterior, segundo a estimativa rápida publicada esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística. Contudo, supera a projeção do Governo de 1,9% Informação isenta em

PIB supera estimativa e cresce dois por cento em 2019Uma subida de uma décima acima do estimado pelo governo.

PIB cresce 2,0% em 2019, uma décima acima da estimativa do GovernoDepois da estimativa rápida conhecida hoje, o INE divulgará os números definitivos a 28 de fevereiro.



Bolsonaro: o fanfarrão e o vírus

246 mortes e 9886 casos de covid-19 em Portugal. Primeiro óbito no Alentejo

Bolsonaro critica ministro da Saúde por apoiar o isolamento social

Médicos que denunciarem falta de equipamento nos hospitais vão ser despedidos

″Não há máscaras suficientes e, por isso, arranjou-se uma desculpa, dizendo que não são eficazes″

Shikabala rende meio milhão de euros ao Sporting

Está a chegar a maior Super Lua de 2020

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

14 fevereiro 2020, sexta-feira Notícia

Notícias anteriores

Inácio despedido do Avaí menos de dois meses depois de chegar

Próxima notícia

Luanda Leaks: Operadora ZAP com atividade \u201cnormal\u201d e \u201csem constrangimentos financeiros\u201d
Cristina Ferreira usa sandálias que fazem sucesso entre os fãs. Estão à venda por 70 euros Preço do gás engarrafado mantém-se apesar da queda do petróleo Covid-19: DGS revela que muitos doentes que morreram tinham doenças associadas Grupo de britânicos doa 360 mil euros para combate ao vírus no Algarve PSP resgata gato e pássaros de casal idoso internado com coronavírus Ventiladores “made in” Portugal em contra-relógio no combate à covid-19 Britânicos doam 360 mil euros para combate ao coronavírus no Algarve 60 bombeiros com Covid-19 Morreu o cantor de “Ain't No Sunshine” Bruxelas suspende taxas alfandegárias e IVA para material médico Morreu Bill Withers, o músico de ″Lean on Me″ e ″Ain't No Sunshine″ Rui Vitória e a família presos na Arábia Saudita: 'O espaço aéreo está fechado'
Bolsonaro: o fanfarrão e o vírus 246 mortes e 9886 casos de covid-19 em Portugal. Primeiro óbito no Alentejo Bolsonaro critica ministro da Saúde por apoiar o isolamento social Médicos que denunciarem falta de equipamento nos hospitais vão ser despedidos ″Não há máscaras suficientes e, por isso, arranjou-se uma desculpa, dizendo que não são eficazes″ Shikabala rende meio milhão de euros ao Sporting Está a chegar a maior Super Lua de 2020 China faz dia de luto nacional pelos mais de 3.200 mortos por coronavírus ''Foi um gesto muito simpático do Presidente Putin'' ''IPSS não acumulam riqueza'' para superar ''tempos difíceis'' Conselho de Escolas Médicas critica DGS pela posição sobre máscaras Costa admite segunda onda de covid-19. Limite para aulas presenciais é 4 de maio