Liga Nos, Fc Porto, Paulo Gonçalves

Liga Nos, Fc Porto

Francisco J. Marques: «Benfica apoia claques ilegais e vive num regime de exceção»

Diretor de comunicação do FC Porto apresentou uma carta enviada por Paulo Gonçalves ao IPDJ

11/09/2019 01:00:00

FC Porto - Francisco J. Marques: «Benfica apoia claques ilegais e vive num regime de exceção»

Diretor de comunicação do FC Porto apresentou uma carta enviada por Paulo Gonçalves ao IPDJ

2...Francisco J. Marques voltou à carga contra o que entende ser um apoio ilegal do Benfica a"claques não registadas". O diretor de comunicação do FC Porto apresentou uma carta assinada por Paulo Gonçalves, em nome do Conselho de Administração da SAD, na qual, para o dirigente azul e branco, o ex-assessor jurídico dos encarnados confessa que"ajuda no transporte de adeptos".

Chega. ″Partido tóxico″ ou muito apetecível no centro-direita? Galiza avança com proibição de fumar na rua e nas esplanadas se não houver distância Carraça garantido pelo FC Porto

"O Benfica, através desta carta, confessa que ajuda no transporte dos adeptos para os jogos fora E esses adeptos toda a gente sabe quem são, 90 por cento são das claques. Claques não registadas. E as SAD's são proibidas de ajudar grupos de adeptos não registados. Mas há identidades que exibem isso. E exibem porquê? Porque o IPDJ, que devia perceber que há aqui uma confissão, decide não olhar. Mas da mesma forma, a PSP também sabe quem organiza e custeia isto tudo. A carta revela várias coisas. Primeiro, que Paulo Gonçalves representava a SAD. Depois prova que o Benfica apoia de forma ilegal claques não registadas e não inscritas como a lei portuguesa impõe. Isto aconteceu durante anos a fio sem que nada acontecesse. Estamos perante um regime de exceção perante um clube. O Benfica desde tempos imemoriais reclama regime de exceção. Se há uma lei a que obriga a que as claques devem estar registadas, o Benfica não tem que a cumprir, mas acha que deve ter os mesmos direitos . E isto é ser-se maior que Portugal", criticou Francisco J. Marques.

Consulte Mais informação: Diário Record »

Tu meu insolvente é que vives no regime de exceção, porque já devias estar na cloldra)))) Não devia ser necessário ser o FJM a dizer isso. Se tivéssemos jornalistas sérios, isentos e não subjugados aos passarinhosAjudados, também eles diriam isso. Ontem no canal do porto ele,j.marques, e outro comentador foi de ir às lágrimas. Qual era o tema? Benfica. De certeza que ganham um x de euros cada vez que pronunciarem a palavra Benfica.

Tinha saudades do j.marques eheheh Mas é preciso vir o FJM ou outro qq dizer o que é óbvio e está à frente de todos? Factos são factos. O resto é treta. Às instituições cabe assumir que são incapazes ou não querem fazer cumprir a lei. Acabem com a palhaçada. Exceção vives meu merdas devias de estar há muito na cadeia e nao estas anormal !!!!!!

Francisco J. Marques e o E-Toupeira: «Paulo Gonçalves representava a SAD do Benfica»Diretor de comunicação do FC Porto aponta que o ex-assessor jurídico atuava em benefício da sociedade Record sempre rápido quando se trata de denegrir o Benfica cambada de animais nojentos os advogados tem esse costume estranho de representarem os clientes 😎

Luisão deu palestra motivacional em Cabo VerdeLuisão abandonou a carreira de jogador na temporada passada e é hoje embaixador do Benfica.

Tarja com figuras da arbitragem e política vale multa ao FC PortoFotomontagem da claque dos “dragões” mostrava juízes, políticos e árbitros com camisolas do Benfica. Ministério Público abriu inquérito à coreografia em Junho.

O assalto que faz André Almeida brincar com Samaris: «Provavelmente ia ajudar o ladrão»Benfica - O assalto que faz André Almeida brincar com Samaris: «Provavelmente ia ajudar o ladrão»

Benfica e a multa aplicada ao FC Porto: «Diz tudo sobre a coerência de critérios»Dragões punidos em mil euros por parte do Conselho de Disciplina devido a tarja com fotos de árbitros e António Costa

Taarabt: “Já não posso driblar tanto”O médio está de regresso à seleção marroquina e abordou a nova posição no Benfica