Sns, Hospitais, Covid-19, Coronavírus

Sns, Hospitais

Faltas por doença nos hospitais públicos aumentaram 64% nos primeiros seis meses da pandemia

Covid-19: Faltas por doença nos hospitais públicos aumentaram 64% nos primeiros seis meses da pandemia

20/10/2020 08:01:00

Covid-19 : Faltas por doença nos hospitais públicos aumentaram 64% nos primeiros seis meses da pandemia

Com o absentismo a disparar devido à pandemia, apesar do reforço de recursos humanos, “temos hoje menos pessoas a trabalhar” nos hospitais, defende o presidente da associação dos administradores hospitalares, que alerta para o crescente estado de ex

Manuel RobertoAs faltas por doença dos trabalhadores dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) registadas entre Março e Agosto deste ano aumentaram 64% em comparação com o mesmo período de 2019. No total, médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e terapêutica, assistentes operacionais e os restantes profissionais dos hospitais públicos faltaram mais 467 mil dias, por doença, ao longo destes seis meses em análise do que em idêntico período do ano passado, revela um estudo que nesta segunda-feira foi divulgado numa conferência promovida pela Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH).

Luzes de Natal já iluminam as ruas do Porto Stéphanie Frappart vai ser a primeira mulher a arbitrar um jogo da Champions Árbitra francesa será a primeira mulher a dirigir um jogo da Champions Consulte Mais informação: Público »

Deputada quer incluir luto de animais domésticos nos motivos para faltas justificadas ao trabalho?O 'Polígrafo SIC' dá a resposta.

Lili Caneças afasta-se dos eventos sociaisSocialite decidiu resguardar-se por causa da pandemia e vai a cada vez menos encontros públicos

Houve 500 agressões a profissionais de saúde nos primeiros três meses do anoNúmeros oficiais do Ministério da Saúde dizem respeito ao período pré-pandemia, em que os serviços não estavam sob tanta pressão. 11% dos casos envolveram violência física, diz o “Jornal de Notícias”

Pressão nos hospitais agrava-se: há uma criança internada nos cuidados intensivos em LisboaE cinco crianças estão internadas no Hospital Dona Estefânia.

Mais de 30% dos portugueses esperam diminui\u00e7\u00e3o de rendimentos nos pr\u00f3ximos seis meses

China continua a crescer: economia avançou 4,9% no terceiro trimestreSegunda economia mundial acelera crescimento, depois de um tombo de 6,8% nos três primeiros meses do ano e de uma variação positiva de 3,2% no segundo trimestre.