Enfermeira italiana detida por simular vacina contra a covid-19

Vacina, Saúde

16/01/2022 21:16:00

Indivíduos estavam a obter certificados falsos para poder entrar em restaurantes. A polícia italiana prendeu uma enfermeira, de 58 anos de idade, em Palermo, capital da ilha da Sicília, por ter fingido dar vacinas contra a covid-19 a ativistas anti-vacina para que estes pudessem beneficiar de certificados oficiais para viajar, aceder a bares, restaurantes e transportes públicos no país.

As autoridades utilizaram uma câmara oculta para filmar a enfermeira que trabalhava num centro de inoculação na capital siciliana. O vídeo, rapidamente publicado no sábado passado nas redes sociais, mostra a profissional de saúde aparentemente a carregar uma dose de vacina e depois esvaziar a seringa num lenço de papel antes de fingir injetá-la nos braços das pessoas.

Consulte Mais informação: ionline »

Bebé chamado à última hora para o Europeu após Edu testar positivo à Covid-19Futsal - Bebé chamado à última hora após Edu testar positivo à Covid-19 Bebé, recusa a chamada. Falta de respeito ao campeão do Mundo!

Covid-19: risco de hospitalização ou morte reduz 25% com Ómicron face à Delta - SIC NotíciasEstudo comparou 5.144 pacientes infetados com covid-19 durante a quarta vaga. Estudo comparou 5.144 pacientes infetados com covid-19 durante a quarta vaga. Acorda portugal

Covid-19: Risco de morte com vacinação completa é três a seis vezes menor –linhas...Objetivos cada vez mais difusos para o efeito das vacinas, ainda vamos assistir a conclusões que dão razão aos negacionistas. Melhor era os supostos especialistas não inventarem conclusões, se não sabem deviam ficar calados e não imporem teorias às cegas. Me engana que eu gosto! Tudo mentira, nós cobaias a custo zero porquê, antes picavam os ratos , nem se responsabilizam de nada ,se algo correr mal, somos abandonados nem a dgs faz estudos ,nem há reuniões de médicos a discutir ,tipo prós e contra nas televisões, só gente das vacinas com con

Covid-19: Presidente sérvio acusa primeiro-ministro australiano de “maltratar” Djokovic

Risco de morte por covid-19 com vacinação completa é três a seis vezes menorEm Portugal, mais de 8,7 milhões de pessoas têm a vacinação primária completa e cerca de 3,6 milhões já receberam a dose de reforço. Daqui a 6 meses: 'Risco de morte por COVID após a 5ª dose é três vezes menor' 🤡

Covid-19: Risco de morte com vacinação completa é três a seis vezes menor - SIC NotíciasO risco de morte nas pessoas com a vacinação completa contra a covid-19 foi, em dezembro, três a seis vezes menor em relação às não vacinadas ou sem o 0,003 para 0,001. Um estudo norte americano, noticiado também por vós, diz que, com a omicron já é 90% menor o risco de morte e 75% menor o risco de doença grave, mesmo para não vacinados. Como tal é pouco relevante agora estas 3 a 6 vezes menor o risco de morte! 😂😂😂😂💉🦠☠️⚰️

Email Indivíduos estavam a obter certificados falsos para poder entrar em restaurantes.Assine para partilhar E usufrua de todas as vantagens de ser assinante Edu testou positivo à Covid-19 e cai dos convocados de Jorge Braz.covid-19 Ómicron causa uma doença menos grave e reduz em 25% o risco de hospitalização ou morte, em comparação com a Delta, revelou hoje um estudo desenvolvido na África do Sul.Covid-19: Risco de morte com vacinação completa é três a seis vezes menor –"linhas vermelhas" O conteúdo completo está disponível apenas para Subscritores.

  A polícia italiana prendeu uma enfermeira, de 58 anos de idade, em Palermo, capital da ilha da Sicília, por ter fingido dar vacinas contra a covid-19 a ativistas anti-vacina para que estes pudessem beneficiar de certificados oficiais para viajar, aceder a bares, restaurantes e transportes públicos no país. As autoridades utilizaram uma câmara oculta para filmar a enfermeira que trabalhava num centro de inoculação na capital siciliana. O guardião português do Viña Albali Valdepeñas já havia falhado o Mundial'2021 pela mesma razão, dando agora lugar ao experiente guardião do Leões Porto Salvo, que defendeu as redes portugueses no título mundial alcançado no ano transato. O vídeo, rapidamente publicado no sábado passado nas redes sociais, mostra a profissional de saúde aparentemente a carregar uma dose de vacina e depois esvaziar a seringa num lenço de papel antes de fingir injetá-la nos braços das pessoas. Esta menor gravidade “pode representar um risco reduzido de 25% de hospitalizações graves ou morte em comparação com a [variante] Delta”. Não é a primeira vez que uma enfermeira é presa em Itália por ter fingido dar vacinas. Lista de convocados: Guarda-redes: André Sousa (Benfica) e Bebé (Leões Porto Salvo); Fixos: André Coelho (Barcelona), João Matos (Sporting) e Tomás Paçó (Sporting); Fixo/Ala: Afonso Jesus (Benfica); Alas: Bruno Coelho (Nápoles), Miguel Ângelo (Sporting), Pany (Sporting), Pauleta (Sporting) e Tiago Brito (Sp. Dezenas de profissionais de saúde, incluindo pelo menos três médicos, foram acusados ou até investigados por suspeita de administrar vacinas falsas a pessoas nos últimos meses.

Ler Mais . Braga/AAUM); Universal: Erick (Sporting);. O estudo decorreu na província sul-africana de Western Cape e comparou 5.