Emmys. Pela primeira vez duas mulheres recebem prémios máximos de realização

Emmys. Pela primeira vez duas mulheres recebem prémios máximos de realização

20/09/2021 11:25:00

Emmys. Pela primeira vez duas mulheres recebem prémios máximos de realização

A 73.ª cerimónia dos prémios Emmys fez história, ao entregar os prémios máximos de realização em série dramática e comédia a duas mulheres no mesmo ano. Kate Winslet, que venceu o Emmy de Melhor Atriz em Minissérie, Série de Antologia , disse que chegou o momento de as mulheres se elevarem mutuamente

A 73.ª cerimónia dos prémios Emmys, entregues esta madrugada pela Academia de Artes e Ciências da Televisão em Los Angeles, fez história ao entregar os prémios máximos de realização em série dramática e comédia a duas mulheres no mesmo ano.

Bruno Almeida: «Encostámos o Benfica às cordas» Trofense-Benfica, 1-2: Águia segue na Taça depois de muito sofrimento Pedro Siza Vieira: “Não creio que a solução para os combustíveis seja baixar impostos”

Jessica Hobbs venceu o Emmy de Melhor Realização em Série Dramática, o mais importante dos prémios, pelo episódio final da quarta temporada da série"The Crown", da Netflix, intitulado"War". No seu discurso de aceitação, Hobbs reconheceu a importância do momento.

"Não houve muitas mulheres a ganharem este prémio, por isso sinto que sigo as pisadas de pessoas extraordinárias e estou muito agradecida pelo caminho que abriram", afirmou Hobbs, saudando a sua própria mãe, que aos 77 anos continua a realizar. headtopics.com

Hobbs venceu o Emmy batendo uma competição de peso, que incluiu Jon Favreau por"O Mandaloriano" e Benjamin Caron também por"The Crown".A última vez que uma mulher tinha ganhado este Emmy foi em 2017, quando Reed Morano saiu vencedora pelo episódio-piloto de"The Handmaid's Tale".

No entanto, nunca tinha acontecido duas mulheres ganharem os prémios máximos de realização em duas categorias no mesmo ano.A outra mulher que recebeu o Emmy de Melhor Realização na 73.ª edição foi Lucia Aniello, na categoria de comédia, pelo episódio-piloto da série da HBO"Hacks", intitulado"There is no Line".

Nesta categoria, Aniello superou três realizadores responsáveis pela série"Ted Lasso", que acabaria por ser considerada a melhor série de comédia do ano.Além dos prémios de realização, também ficou em destaque a vitória de Michaela Coel pelo argumento de"I May Destroy You", série da HBO.

No seu discurso de aceitação, Coel leu um texto dirigido aos escritores e argumentistas, incentivando-os a escrever sobre o que os assusta."Num mundo que nos incentiva a navegar pelas vidas dos outros para nos ajudar a determinar como nos sentimos em relação a nós próprios, e por sua vez sentindo a necessidade de estar constantemente visíveis, porque a visibilidade parece ser equacionada com sucesso. Não tenham medo de desaparecer, disso, de nós, durante um tempo, e ver o que vos assoma no silêncio", disse. headtopics.com

Jorge Jesus: «Esperava mais do Benfica» Mais de 1,6 milhões de portugueses são pobres e vivem com menos de 540 euros por mês “Terra que mana leite e mel” (Êxodo 33:3)

“Estou orgulhosa de todas”Noutro momento da cerimónia, a atriz Kate Winslet, que venceu o Emmy de Melhor Atriz em Minissérie, Série de Antologia ou Filme, disse que chegou o momento de as mulheres se elevarem mutuamente."Quero reconhecer as outras nomeadas, nesta década que tem de ser das mulheres a apoiarem-se umas às outras", afirmou a atriz, no discurso de vitória durante a cerimónia dos Emmys, que decorreu esta madrugada em Los Angeles."Eu apoio-vos, eu saúdo-vos, estou orgulhosa de todas".

Kate Winslet ganhou o troféu pelo papel de Mare Sheehan na minissérie"Mare of Easttown", da HBO, que foi uma das produções vencedoras da noite."A Mare foi um momento cultural que juntou as pessoas e deu-lhes algo sobre que conversar para lá da pandemia global", disse a atriz, de 45 anos, sublinhando a importância deste papel na televisão de hoje.

A personagem, disse, é uma"mãe de meia-idade imperfeita", que fez toda a gente"sentir-se validada".Numa das categorias mais importantes dos prémios da Academia de Televisão, Kate Winslet venceu contra Michaela Coel ("I May Destroy You"), Cynthia Erivo ("Genius: Aretha"), Anya Taylor-Joy ("O Gambito da Rainha) e Elizabeth Olsen ("WandaVision).

A minissérie"Mare of Easttown", que estava nomeada para 16 Emmys, levou quase todos os prémios de representação nas categorias referentes a minissérie, série de antologia ou filme: além de Kate Winslet, deu a vitória a Julianne Nicholson (Melhor Atriz Secundária) e a Evan Peters (Melhor Ator Secundário). Recebeu ainda o Emmy na categoria de Direção de Arte. headtopics.com

Consulte Mais informação: Expresso »

Emmys fazem história ao galardoar duas mulheres com prémios máximos de realização

'The Crown' domina Emmys

Lista dos vencedores dos Emmys 2021 nas principais categoriasNetflix, com The Crown e The Queen’s Gambit, dominou os prémios da Academia de Artes e Ciências Televisivas dos EUA. Ted Lasso é a melhor comédia e Mare of Easttown destacou as suas actrizes.

O regresso das estrelas à passadeira vermelha dos EmmysÉ a 73.ª edição das estatuetas que celebram o melhor da televisão. Entre os nomeados destacam-se The Crown, The Mandalorian, Bridgerton, Emily in Paris, Black-ish e The Queen’s Gambit.

França diz-se 'enganada' pela Austrália após suspensão de contrato de submarinosSuspensão é um instrumento legal dos contratos não há o que reclamar. Está tudo dentro da lei e de acordo com a vontade de cada nação.

França diz-se ''enganada'' pela Austrália após suspensão de contrato de submarinosCamberra tinha encomendado 12 submarinos convencionais à empresa francesa Naval Group mas fez agora um acordo de defesa com EUA e Reino Unido, que equipará a frota da nação oceânica com submarinos de propulsão nuclear.