Eleições: PSD aproxima-se novamente do PS

21/01/2022 00:51:00

Eleições: PSD aproxima-se novamente do PS

Eleições: PSD aproxima-se novamente do PS

O secretário-geral socialista António Costa vê o PS ficar mais longe da pretendida maioria absoluta, cujo patamar mínimo são 116 deputados. Há uma semana o PS conseguia um máximo de 113 mandatos.

EPA/JOSE COELHO Volta a aquecer a disputa pela vitória eleitoral nas legislativas antecipadas para 30 de Janeiro, com o PSD (33%) a fixar-se a apenas quatro pontos percentuais do PS (37%), a menor distância entre os dois partidos desde a última sondagem do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião (CESOP) da Universidade Católica feita antes das eleições gerais de 2019..“Também me lembro bem da vitória eleitoral que tivemos em urnas e é essa a fórmula que eu quero repetir no dia 30 de janeiro, más sondagens mas um grande resultado do CDS”, salienta.por Antena 1 cancelar RTP A 10 dias das Legislativas, 4 pontos percentuais separam agora PS e PSD nas intenções de voto dos portugueses.

A pouco mais de uma semana das legislativas, crescem os sinais de que Costa e Rio estão mais taco-a-taco: a maioria absoluta dos socialistas está mais distante e se as coisas correrem mal ao PS e bem ao PSD, os social-democratas podem sentar mais deputados no Parlamento.O estudo de opinião do CESOP para o PÚBLICO, RTP e Antena 1, cujo trabalho de campo foi realizado entre 12 e 18 de Janeiro, mostra que, face à semana passada, os socialistas recuam dois pontos percentuais e os social-democratas, que registam a maior subida, avançam três pontos.Há duas semanas, o PSD reduziu para seis pontos a diferença, até então a menor observada desde 2019 nos estudos do CESOP, mas na passada semana essa recuperação conheceu um volte-face, com o PS a distanciar-se relativamente aos social-democratas.“Nós sabemos do passado o que é que isso dá em Portugal, nós sabemos o que o ‘centrão’ dos interesses faz com isso”, acrescenta, criticando a falta de crescimento da economia.Só que agora, a pouco mais de uma semana das legislativas e a um par de dias do dia 23 previsto para o voto antecipado em mobilidade, o partido liderado por Rui Rio garante nova aproximação e fixa-se a uma diferença pouco superior à margem de erro desta sondagem (é de 2,6%).O secretário-geral socialista António Costa vê o PS ficar mais longe da pretendida maioria absoluta, cujo patamar mínimo são 116 deputados.pub.

Se há uma semana o PS conseguia um máximo de 113 mandatos, agora não vai além dos 110, ao passo que o PSD garante um mínimo de 89 deputados e um máximo de 100..

Consulte Mais informação:
Jornal Económico »
Loading news...
Failed to load news.

António Costa volta pedir uma vitória que não faça o PS ficar dependente de outros partidosO secretário-geral do PS critica quem tenta fazer da maioria absoluta “um papão”, contrapondo que o partido evitou a confrontação no “Verão Quente” de 1975 e uniu os portugueses contra a pandemia

Legislativas: Líder do CDS-PP, contra voto útil, critica entendimentos entre PSD a PS - SIC NotíciasNo seu discurso, Francisco Rodrigues dos Santos aproveitou a presença do vice-presidente da Câmara de Lisboa, Filipe Anacoreta Correia, para dizer que se lembra do que as sondagens apontavam nas últimas eleições autárquicas e do resultado que teve a coligação encabeçada pelo social-democrata Carlos Moedas, que foi eleito o novo presidente do município, anteriormente nas mãos do PS.

Sondagem indica aproximação entre PS e PSDA política é a ilusão da escolha

Montenegro diz que Chega tem de se decidir entre PS e PSD

PSD a quatro pontos do PS e CDS em risco de ficar fora do hemiciclo, revela sondagem - RenascençaCom este novo inquérito de opinião, a sondagem das sondagens da Renascença estima que, se as eleições fossem hoje, o PS venceria, sem maioria absoluta, com 38% dos votos. Chega segue à frente do Bloco de Esquerda. CDS-PP e Livre muito próximos.

'Queria ver o PAN coligado com o PS, nunca com PSD', ouve Inês Sousa Real nas ruasA questão continua a pairar no ar. Se Inês Sousa Real não diz se prefere Costa ou Rio, em ações de campanha a líder do PAN recebe ajuda na tomada de decisão. 'Com o PSD ficamos pior', ouviu na rua.