Desigualdade, Itália, Igualdade De Género, Salários

Desigualdade, Itália

Draghi que eliminar desvantagem salarial das mulheres em dez anos

Desigualdade: Draghi que eliminar desvantagem salarial das mulheres em dez anos

05/06/2021 14:52:00

Desigualdade : Draghi que eliminar desvantagem salarial das mulheres em dez anos

Governo italiano impôs mínimo de contratação de mulheres com menos de 36 anos a todas as empresas que beneficiem de fundos europeus.

LUSA/Francisco Seco / POOLA Itália é, entre os países mais desenvolvidos do planeta, um do dos que apresenta uma das mais baixas taxas de participação das mulheres no mercado de trabalho, mas o Executivo liderado por Mario Draghi tem como meta eliminar, no prazo de uma década, as desigualdades de género que ainda subsistem com um plano que aproveita os fundos europeus a receber pelo país até 2026.

“Elvas, bons anfitriões. Para o Ventura, balas de canhões”. Líder do Chega recebido em Elvas com protesto EUA financiaram manipulação de coronavírus em Wuhan: “auditoria independente” deve procurar falhas, mas origem do vírus ainda é um mistério Portugal: sem Rei, sem roque e sem rumo

Em entrevista à agência Bloomberg, a ministra para a Família e para a Igualdade de Oportunidades, Elena Bonetti, traça as metas do Governo: “Esperamos que a Itália goze de uma completa paridade de género em 2030, incluindo nos salários”.

Uma das áreas em que a Itália está particularmente atrasada é na participação laboral das mulheres. Apenas 55% das mulheres trabalham, um número que compara com 73% no caso dos homens. Por isso, os incentivos à participação das mulheres estão no centro da estratégia que está a ser delineada pelo Governo. headtopics.com

Entre as medidas tomadas está a criação de programas de melhoria de competências digitais para as mulheres, para que estas aumentem dos actuais 19% para 35% em 2026.Para além disso, numa das medidas já tomadas, o Governo aprovou na semana passada um decreto que exige que pelo menos 30% das novas contratações feitas pelas empresas que se candidatam a projectos financiados por fundos europeus sejam mulheres com menos de 36 anos.

Consulte Mais informação: Público »

Centro Histórico do Porto enche-se de idosos e imigrantesOs Censos 2021 terminaram segunda-feira e deixaram a descoberto uma cidade do Porto muito diferente da que existia há dez anos, aquando do último recenseamento, sobretudo em todo o Centro Histórico.

Coordenador da Task Force afirma que 'desvantagem' dos Açores na vacinação está a ser corrigidaGouveia e Melo declarou que se está no terreno para “fazer o reforço que for necessário, especialmente por ser uma região ultraperiférica, onde há ilhas com algum isolamento e em que os cuidados de saúde não são de nível 1, não havendo hospitais”.

Casais e padres com 25 a 75 anos homenageados em FátimaA diocese de Leiria-Fátima assinala, este sábado, o Jubileu das Vocações, em homenagem aos casais que mantêm o vínculo matrimonial há mais anos e aos sacerdotes com mais anos de profissão.

Andy Brown, presidente executivo da Galp: “Prevemos investir €500 milhões no lítio”Em entrevista ao Expresso, o gestor da petrolífera explica a estratégia para os próximos anos e a reafirma o interesse na exploração de lítio que tanta polémica tem gerado.

Portugal e Espanha já apresentaram candidatura para organizar Mundial 2030. Veja o vídeoEuro 2020 - Portugal e Espanha já apresentaram candidatura para organizar Mundial 2030. Veja o vídeo

Espanha quer começar a vacinar jovens dos 12 aos 17 até início do ano letivoO Governo espanhol quer começar a vacinar os jovens dos 12 aos 17 anos contra a covid-19 antes do início do próximo ano letivo, em setembro, anunciou a ministra da Saúde.