Covid-19, Doenças, Saúde, Coronavírus, Vírus

Covid-19, Doenças

Directora de lar que deu cruz a beijar poderá ser acusada de crime de propagação de doença contagiosa

Coronavírus: Directora de lar que deu cruz a beijar poderá ser acusada de crime de propagação de doença contagiosa

13/07/2020 13:57:00

Coronavírus : Directora de lar que deu cruz a beijar poderá ser acusada de crime de propagação de doença contagiosa

Lar promoveu celebração pascal junto dos utentes. Responsável pela instituição já foi inquirida pelo Ministério Público e deverá ser ouvida na condição de arguida ainda esta semana.

Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público.Subscrever×O vídeo do acontecimento foi partilhado num primeiro momento nas redes sociais desta instituição, sendo posteriormente apagado após as críticas recebidas. Em Abril, em resposta ao descontentamento levantado, a directora mostrou arrependimento pela publicação do vídeo.

Vertonghen é reforço do Benfica Pandemia faz de Madrid uma cidade fantasma PSG elimina Atalanta e garante meia-final da Champions após reviravolta épica

O Minho, disse que a intenção era apenas elevar o “estado anímico” dos utentes. A directora deverá ser constituída arguida ainda esta semana, após terem sido cumpridas todas as diligências. O PÚBLICO tentou, sem sucesso, obter uma reacção por parte da directora visada na investigação, aguardando ainda esclarecimentos adicionais por parte do Ministério Público.

Também foi aberta uma investigação ao, onde a GNR identificou os promotores da celebração pascal realizada em via pública.  Consulte Mais informação: Público »

Entramos nas lojas e temos dois funcionários quase em cima de nós a não respeitarem o distanciamento a dizer que somos obrigados a por gel desinfetante, o deles 🙂 parece comédia .. Que país repleto de estupidez e incoerências Surfistas são multados...um cabeleireiro cheio de gente à porta fechada, não passa nada foram só avisadas e mandadas para casa. Um centro paroquial a dar a beijar um objeto desinfetado incorre em crime. Explanadas, shoppings é tudo um bandalheira, ninguém fiscaliza o incumprimeto

De facto propagar a religião e os seus costumes pode ser prejudicial nos dias que correm Espero que apanhe pena máxima para o tipo de crime correspondente.

Diretora de lar arguida por dar cruz a beijarResponsável de Centro Paroquial em Melgaço interrogada por contágio de idosos. Casos de Barcelos, Famalicão e Vila Verde pendentes. Shyznogud Idiota. Agora é rezar para não ser condenada. Too soon?

Ordem dos enfermeiros denuncia falta de profissionais no lar de Reguengos de MonsarazSurto que teve origem no lar da Fundação Maria Inácia Perdigão Silva provocou a morte a 14 utentes.

Ordem dos Médicos designa comissão de inquérito para averiguar surto no lar de Reguengos de MonsarazNuma altura em que o Ministério Público está a averiguar este surto, a Ordem dos Médicos designou uma comissão de inquérito para averiguar a reacção do lar e interpela os familiares dos utentes a agirem judicialmente contra responsáveis da instituiç Morte assistida ? 🤔

Há mais uma funcionária do lar de Reguengos de Monsaraz infetadaTestou positivo após quatro negativos.

Covid-19: Funcionária do lar de Reguengos de Monsaraz testa positivo após quatro negativosA recebeu um teste positivo na sexta-feira depois de ter tido quatro resultados negativos entre 18 e 28 de junho, segundo avançou a autarquia alentejana

Funcionária do lar de Reguengos testa positivo após quatro negativosUma funcionária do lar onde teve origem o surto de covid-19 de Reguengos de Monsaraz recebeu, na sexta-feira, um teste positivo, depois de quatro resultados negativos entre 18 e 28 de junho. Tantas vezes o cântaro vai à fonte... Pois é, descuidou!!