Daesh reivindica assassínios de três jornalistas no Afeganistão

Em dois atentados consecutivos na terça-feira em Jalalabad.

03/03/2021 14:11:00

Daesh reivindica assassínios de três jornalistas no Afeganistão

Em dois atentados consecutivos na terça-feira em Jalalabad.

assassínios de três mulheres jornalistasem dois atentados consecutivos ocorridos na terça-feira, em Jalalabad, no Afeganistão."Soldados do califado atiraram em três jornalistas que trabalhavam para um canal de comunicação leal ao governo apóstata do Afeganistão no distrito 4 da cidade de Jalalabad, matando-as", referiu o Daesh num comunicado publicado nas últimas horas na rede social Telegram.

«Mercenário, fora desta equipa!»: João Félix insultado por adeptos do At. Madrid Líder do CDS acusa Costa de caminhar para 'venezuelização' do regime Detidos 7 caçadores furtivos que abatiam elefantes para tráfico de marfim em Angola

As vítimas, três jornalistas do canal de televisão Enikass RTV, foram baleadas em dois locais diferentes em Jalalabad, no momento em que voltavam para casa depois do trabalho, de acordo com o canal para o qual trabalhavam.Duas outras mulheres, que passavam pelos locais onde ocorreram os ataques, ficaram feridas.

Este foi o segundo ataque contra funcionários da emissora de televisão nos últimos três meses, após o assassínio em dezembro de outra jornalista e do seu motorista.Esses crimes somam-se a uma onda de assassínios seletivos de jornalistas, ativistas políticos e intelectuais no Afeganistão, onde tiroteios ou detonações de bombas contra veículos das vítimas se tornaram quase diários. headtopics.com

O Governo afegão culpa os talibãs pelos ataques, embora estes tenham negado repetidamente o seu envolvimento na matança de civis. Consulte Mais informação: SIC Notícias »