Banco De Portugal, Crédito, Crédito À Habitação

Banco De Portugal, Crédito

Crédito para a compra de casa volta a disparar em julho

Crédito para a compra de casa volta a disparar em julho

10/09/2019 13:31:00

Crédito para a compra de casa volta a disparar em julho

No mês de julho, os bancos concederam 967 milhões de euros em crédito para a compra de casa, o valor mais elevado em mais de um ano.

10 de setembro de 2019 às 11:25A concessão de crédito para a compra de casa voltou a disparar em julho, depois de uma redução no mês anterior. Segundo os dados divulgados esta terça-feira, 10 de setembro, pelo Banco de Portugal (BdP), as novas operações de crédito à habitação totalizaram 967 milhões de euros em julho, um aumento de quase 14% face ao mês anterior e o valor mensal mais elevado desde junho do ano passado. Este é também o valor mais alto desde que o regulador impôs um travão à concessão de crédito, precisamente em junho de 2018.

Italianos avançam que Cavani já assinou pelo Benfica com salário anual de 9 milhões de euros Ventura promete ″batalha judicial″ para poder suspender o mandato Brasil ultrapassa 100 mil mortes por Covid-19. Bolsonaro está de ''consciência tranquila''

De acordo com os dados do BdP, a banca concedeu, no conjunto de janeiro a julho, um total de 5.898 milhões de euros em crédito à habitação, o que representa uma subida de 3,6% face a igual período do ano passado. Este é um máximo desde 2010, ano em que, nos primeiros sete meses, a banca tinha concedido mais de 6 mil milhões para a compra de casa.

Continuar a lerEste aumento da concessão de crédito para a compra de casa acontece numa altura em que está em vigor uma medida macroprudencial do BdP, que impõe limites aos novos créditos à habitação e ao consumo. O travão, em vigor desde junho do ano passado, determina contratos com prazos mais curtos, taxas de esforço mais restritivas e um limite de financiamento até 90% do valor do imóvel, no caso do crédito à habitação.

Apesar destas restrições, o crédito às famílias continua a aumentar, e não só no segmento da habitação. O crédito ao consumo disparou 23% no mês de julho, para 515 milhões. No acumulado dos sete primeiros meses do ano, totalizou 2,8 mil milhões, uma subida de 3,5%. Já os empréstimos para outros fins aumentaram em 5% no mês de julho e 12,6% no conjunto de janeiro a julho.

Feitas as contas, a banca concedeu um total de 9,9 mil milhões às famílias entre janeiro e julho deste ano, o que representa um crescimento de 4,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Consulte Mais informação: Jornal de Negócios »

Juros baixos,o sprede deve ser alto. Os bancos sempre foram ajudados pelo BCE. Nós não.

Todas as segundas-feiras são dias de greve nos Registos e NotariadoGreve começou em julho e prolonga-se até ao final de setembro, em defesa de remunerações, promoções e abertura de concursos. Fim de semana longo... Quem não quere algums no verão...

BLITZ – Bon Iver de regresso a PortugalProjeto de Justin Vernon virá apresentar o seu novo álbum, 'i, i'

Cr\u00e9dito para estudar: qual a oferta em 2019?

Importações sobem seis vezes mais que exportações em julhoOs mais recentes dados divulgados pelo INE confirmam o agravamento do desequilíbrio na balança comercial de bens

Multa de 225 milhões aplicada a 14 bancos por “troca de informação sensível”Bancos a operar em Portugal trocavam dados sobre produtos de crédito ao consumo, crédito para compra de habitação e crédito a empresas, prática que durou mais de uma década, concluiu a Autoridade da Concorrência. Só falta mesmo agora as petrolíferas!

Definidas as horas dos jogos do Benfica na Youth LeagueLiga Jovem da UEFA - Definidas as horas dos jogos do Benfica na Youth League