Covid-19. Sócios-gerentes recebem apoios retroativos na primeira semana de novembro

Covid-19. Sócios-gerentes recebem apoios retroativos na primeira semana de novembro

27/10/2020 02:31:00

Covid-19. Sócios-gerentes recebem apoios retroativos na primeira semana de novembro

No caso dos trabalhadores independentes, o pagamento será feito na sexta-feira, dia 30 de outubro.

"O pagamento será feito na primeira semana de novembro, em princípio, no dia 5", afirmou Gabriel Bastos, no parlamento, em reposta ao deputado do PCP Duarte Alves, na Comissão de Orçamento e Finanças, no âmbito da discussão na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021).

Marcelo diz que é ″uma ideia tonta″ que vacinação não priorize os idosos Covid-19: Marcelo diz que é uma “ideia tonta” que vacinação não priorize os mais idosos Em lágrimas, primeira-ministra da Dinamarca pede desculpa pela gestão da crise dos visons

No final de setembro, a Segurança Social abriu um perído excecional para os trabalhadores independentes e sócios-gerentes que antes não reuniam as condições para aceder aos apoios o pudessem fazer, já que as condições de acesso mudaram com a entrada em vigor do Orçamento Suplementar, em julho .

Os apoios estão em vigor desde março, pelo que os trabalhadores independentes e sócios-gerentes têm direito a receber os apoios com retroativos a esse mês.No caso dos trabalhadores independentes, fonte oficial do Ministério do Trabalho disse à Lusa que o pagamento será feito sexta-feira, dia 30 de outubro.

Novo período excecionalNa semana passada, a Segurança Social abriu um novo período excecional para os trabalhadores independentes e os sócios-gerentes pedirem o apoio.Questionado pelo deputado do PCP sobre o motivo dos atrasos no pagamento dos apoios e sobre a necessidade de abertura do novo período excecional, o secretário de Estado disse que"o constrangimento pode estar relacionado com o facto de este apoio não ser acumulável com a isenção contributiva de que beneficiaram os sócios-gerentes por força de terem colocado trabalhadores ao seu serviço em 'lay-off'".

"Mas na implementação da medida e no acesso ao apoio procuraremos fazer um tratamento adequado dessa questão, para que possam ser feitos pagamentos dia 05", assegurou Gabriel Bastos.No caso dos sócios-gerentes, o apoio estava inicialmente previsto para as empresas em crise com faturação anual até 60 mil euros, tendo esse teto sido aumentado posteriormente para 80 mil euros e, mais tarde, com o Orçamento Suplementar, que entrou em vigor em julho, esse limite caiu, bastando agora existir uma quebra de faturação de pelo menos 40% nestas situações.

O valor do apoio também foi aumentado com o Orçamento Suplementar e passou a corresponder ao valor da remuneração registada como base de incidência contributiva quando esta é inferior a 1,5 Indexantes de Apoios Sociais (658,22 euros).

Nos casos em que a remuneração registada for igual ou superior a 658,22 euros, o apoio corresponde a dois terços da remuneração, com limite de três salários mínimos (1.905 euros).O apoio à redução da atividade passou também a contemplar os trabalhadores independentes abrangidos pelo regime dos trabalhadores por conta de outrem e que não recebam neste regime um valor superior a um IAS (438,81 euros), e que não sejam pensionistas.

Na lama, entre pobreza, para ajudar uma criança: quando Maradona jogou num batatal contra a vontade do Nápoles Covid-19. ''A emergência é vacinar os grupos que mais peso estão a colocar no SNS'' Covid-19: países preparam-se para começar a vacinar populações já em Dezembro

Os trabalhadores independentes têm direito a um apoio entre 219,41 euros e 635 euros.Os trabalhadores exclusivamente abrangidos pelo regime dos independentes podem agora pedir o apoio referente aos meses de março a agosto. Por sua vez, os independentes que também são abrangidos pelo regime de trabalhadores por conta de outrem podem pedir o apoio para os meses de maio a agosto.

Já a medida extraordinária de incentivo à atividade profissional, que foi alargada aos trabalhadores independentes isentos de contribuições, tem como limite máximo o valor de correspondente a 50% do IAS (219,41 euros).A medida é atribuída por um mês, prorrogável até três meses, a terminar no máximo em dezembro de 2020.

Consulte Mais informação: SIC Notícias »

Covid-19: Doentes n\u00e3o-Covid v\u00e3o ser encaminhados para setores privado e social

Portugal regista mais 2,577 casos confirmados e 19 mortes por Covid-19

Mais 19 mortes e 2.577 casos de Covid-19 em Portugal nas últimas 24 horasÚltimo balanço da DGS.

Covid-19: Vários países europeus registam maior aumento diário de casosPortugal, França, Alemanha e Bélgica registaram este sábado novos máximos diários de casos. O nosso país registou 3369 casos, ultrapassando pela segunda vez a fasquia das 3 mil infecções diárias.

Primeira Cimeira Mundial da Saúde totalmente virtual começa hoje, marcada pela pandemia da Covid-19Portugal estará representado pela ministra da Saúde, Marta Temido, e pelo deputado social-democrata Ricardo Batista Leite. Vão discutir o quê? Como destruir o vírus terraplanando a economia e o planeta? Poupem-nos. Utilizem esse dinheiro em prol de ajudas. autorizam casamentos e eventos com gdes ajuntamentos. Vão gozar c quem vos fez as orelhas. Os idosos não vão morrer do covid mas sim de abandono

Ricardo Araújo Pereira em isolamento após contactar com doente com Covid-19Famosos - Ricardo Araújo Pereira em isolamento após contactar com doente com Covid-19