Covid-19: Municípios do Algarve cancelam festejos de passagem de ano

Covid-19: Municípios do Algarve cancelam festejos de passagem de ano

04/12/2021 21:30:00

Covid-19: Municípios do Algarve cancelam festejos de passagem de ano

Os 16 municípios do Algarve decidiram em conjunto cancelar a realização de festas de passagem de ano por não estarem reunidas as condições para cumprir as medidas de contenção da Covid-19, anunciou a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL).

Em comunicado, a AMAL adianta que a decisão “foi consensualizada em sede de reunião do conselho intermunicipal”, na sexta-feira, atendendo ao “contexto de pandemia que atualmente se vive e à recente evolução” epidemiológica.

Bloco elogia função pública, apela aos indecisos e “tem certeza” numa solução à esquerda

“Mesmo que estas iniciativas fossem de realização ao ar livre, teriam que obedecer a um conjunto de orientações da DGS [Direção-Geral da Saúde] que os autarcas afirmam não haver condições para serem cumpridas, uma vez que implicam uma grande concentração de pessoas”, lê-se na nota.

Alguns autarcas decidiram manter a tradição do fogo-de-artifício, “sendo que outros decidiram não avançar uma vez que podem promover aglomeração de pessoas”, razão pela qual foram também canceladas várias iniciativas da programação de Natal, prossegue. headtopics.com

“Conscientes de que esta decisão poderá trazer constrangimentos aos empresários e comerciantes da região, [os autarcas] defendem que, nesta altura, o foco deverá estar centrado na proteção da saúde e bem-estar da população do Algarve”, conclui o organismo que agrega os 16 municípios do distrito de Faro.

Vlachodimos cometeu penálti mas redimiu-se com defesa com os pés: veja o lance

A Câmara de Albufeira já tinha anunciado o cancelamento dos festejos de fim de ano na Praia dos Pescadores, uma das festas mais procuradas no Algarve nesta época, mantendo apenas o lançamento de fogo-de-artifício, mas de forma deslocalizada.

Em Faro, a autarquia decidiu canalizar o investimento que seria destinado aos festejos de fim de ano para uma iniciativa de apoio ao comércio local que prevê quatro sorteios, no valor total de 10.000 euros cada, e para a entrega de vales de compras aos alunos do pré-escolar e 1.º ciclo.

Em comunicado, o município referiu ter decidido “não promover este ano quaisquer eventos públicos para celebração da passagem de ano no concelho, nomeadamente espetáculos musicais ou fogo-de-artifício”.Nesse sentido, em articulação com a Associação de Comércio e Serviços da Região do Algarve (ACRAL), Associação dos Industriais Hoteleiros e Similares do Algarve (AHISA), Associação de Desenvolvimento Comercial da Zona Histórica de Faro (Associação de Comércio da Baixa) e Associação Cultural e Ativista da Baixa de Faro (ACAB), a autarquia decidiu retomar a partir de segunda-feira a campanha de estímulo ao comércio local “Faro. Somos Todos”. headtopics.com

Presidente chileno nomeia Governo com maioria de mulheres

No âmbito desta iniciativa da autarquia, todos os clientes que gastem mais de 10 euros em estabelecimentos aderentes terão direito a cupões com que poderão concorrer a sorteios para atribuição de vales de compras (no valor de 30, 50, 100 ou 200 euros).

Em dezembro, terão lugar três sorteios no valor de 10.000 euros cada um: o primeiro no dia 16, o segundo no dia 23 e o terceiro no dia 30 de dezembro.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Decisão 22: o confronto entre Catarina Martins e Cotrim Figueiredo na íntegra - CNN Portugal

CNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Algarve cancela festejos de fim de ano devido à covid-19

Covid-19: Milhares em protesto na Austrália contra restriçõesManifestação pacifica em frente ao Parlamento, na cidade australiana de Melbourne, exige a retirada das leis contra a pandemia

Italiano tenta usar braço de silicone para se 'vacinar' contra a Covid-19Insólitos - Italiano tenta usar braço de silicone para se 'vacinar' contra a Covid-19

Covid-19: variante Ómicron quase em 40 países (mas sem mortes associadas)Organização Mundial de Saúde diz que respostas sobre detalhes da variante podem demorar semanas. Portugal tem 38 casos já confirmados.

Governo da Nicarágua escondeu entre 6.000 e 9.000 óbitos por covid-19De acordo com um estudo elaborado pelo Observatório para a Transparência e Anticorrupção.

Covid-19: Microsoft Portugal fecha temporariamente escritório na primeira semana de janeiroA Zurich Portugal mantém o regime de teletrabalho e a NTT Data Portugal o modelo híbrido e flexível.