Covid-19. Há mesmo risco de que isto nunca acabe? “Todas as pandemias têm um fim”, mas “o vírus não vai desaparecer” (e isto pode ser bom)

Covid-19. Há mesmo risco de que isto nunca acabe? “Todas as pandemias têm um fim”, mas “o vírus não vai desaparecer” (e isto pode ser bom)

03/03/2021 14:21:00

Covid-19. Há mesmo risco de que isto nunca acabe? “Todas as pandemias têm um fim”, mas “o vírus não vai desaparecer” (e isto pode ser bom)

Há um ano que a covid-19 chegou a Portugal e a incerteza ainda permanece bem instalada. A pandemia vai ter fim? O SARS-CoV-2 estará, para sempre, no meio de nós? Quando deixa de matar, o vírus torna-nos mais fortes? Podem as vacinas ser o mais importante salto no caminho de regresso para o velho normal? As novas variantes podem perpetuar o combate a um inimigo invisível? Estas e outras perguntas respondidas, ao Expresso, pelo virologista Pedro Simas e pelo imunologista Luís Delgado

805.647 pessoas foram infetadaso vírus ceifou 16.389 vidas, ao longo deque deixaram a população entrincheirada durantedois confinamentos gerais, a resistir num tempo suspenso e num quotidiano quase anulado entre quatro paredes a um cerco imposto por estados de emergência decretados em catadupa.

James Milner une-se aos 'rebeldes': «Não gosto nem um bocadinho e espero que não se concretize» Florentino Pérez: «Jovens já não se interessam por futebol porque há muitos jogos de má qualidade» Marcelo apela à criminalização do enriquecimento ilícito

Se o que sabemos é apavorante, aquilo que ainda desconhecemos deixa-nos igualmente em sobressalto.Artigo Exclusivo para assinantesNo Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente Consulte Mais informação: Expresso »