Covid-19 e crise travam queixas de violência doméstica

Covid-19 e crise travam queixas de violência doméstica

24/10/2020 14:33:00

Covid-19 e crise travam queixas de violência doméstica

PSP e GNR registam menos um milhar de denúncias. APAV diz que vítimas estão a adiar rutura por medo

Getty ImagesAs queixas por violência doméstica começaram o ano acima da média, como se o alerta de 2019, especialmente negro em homicídios e alarme social, tivesse transitado de calendário. Mas a pandemia depressa travou as denúncias, reduzindo-as a mínimos históricos (quase menos 25% em março e abril), e nem o fim do confinamento incentivou as vítimas a pedir ajuda. Os números subiram em ‘liberdade’, mas sem o esperado boom de casos que os colocasse ao nível ou acima dos anos anteriores. Segundo os dados fornecidos ao Expresso pela PSP e GNR, até ao fim de agosto foram recebidas menos 977 queixas (-4,8%), num total de 19037. No ano passado, por esta altura, já se tinham ultrapassado as vinte mil.

Escócia vai ser o primeiro país a oferecer gratuitamente produtos para a menstruação Villas-Boas emocionado a falar de Maradona e Reinaldo Teles antes do Marselha-FC Porto PCP vai abster-se e viabiliza Orçamento do Estado Consulte Mais informação: Expresso »

GNR abre inquérito para averiguar surto de covid-19 no PortoDois almoços estarão na origem de surto de covid-19 na GNR do Porto

PSP confirma 107 profissionais infetados com Covid-19 e outros 233 em confinamento obrigatórioSociedade - PSP confirma 107 profissionais infetados com Covid-19 e outros 233 em confinamento obrigatório

It\u00e1lia com mais de 19 mil casos e 91 mortos num dia por Covid-19E triste tudo isso.

Criança com Covid-19 desenvolveu doença rara

Polícia Municipal sensibiliza população de Felgueiras para combate à Covid-19As autoridades vão andar pelas freguesias do concelho para informar e fiscalizar as regras. Se cuidem

República Checa regista o maior aumento de novos casos de covid-19 na Europa