Rtp, Notícias, Rtp Notícias

Rtp, Notícias

Covid-19. André Leão preocupado com a paragem

01/04/2020 14:49:00

Covid-19. André Leão preocupado com a paragem - RTP Notícias

RTPAndré Leão, médio do Trofense, defendeu que uma paragem prolongada nos campeonatos devido à pandemia de covid-19 pode representar o"caos" na vida de uma parte dos futebolistas, especialmente daqueles que fizeram carreira nos campeonatos secundários.

Bolsonaro diz ter imagem negativa no exterior porque a imprensa é de esquerda Futebol. Câmara do Porto quer transmissão de jogos em drive-in Assassínios no Brasil sobem 11% durante primeiros impactos da pandemia

VER MAIS"A situação é nova e ninguém sabe como vai ser. Graças a Deus, juntei dinheiro ao longo dos anos, o que me permite segurar por algum tempo, mas preocupa-me a situação de alguns colegas, para quem vai ser muito complicado sobreviver. Um ou dois meses já é muito complicado, até porque as despesas aumentam, e três ou mais fica um caos

", disse André Leão à agência Lusa.O experiente médio, de 34 anos, que fez carreira no Paços de Ferreira, contando ainda com passagens no estrangeiro, em representação do Cluj, da Roménia, e do Valladolid, de Espanha, está em isolamento em casa, num exercício de cidadania um pouco mais complicado com filhos pequenos.

"Estar em casa é sempre complicado e com filhos pequenos fica pior. Procuramos explicar-lhes que há um vírus que nos pode fazer mal e não nos deixa sair. A mais pequena, com dois anos, não percebe, ao contrário do irmão, de cinco, embora, por vezes, procure arranjar formas de tentar furar a quarentena

", sublinhou.André Leão iniciou a época no Paços de Ferreira, da I Liga, mas mudou-se para o Trofense, equipa do Campeonato de Portugal, há um mês, pouco tempo antes de surgirem sintomas suspeitos num elemento do grupo, precipitando o recolhimento de todos.

"O nosso fisioterapeuta ficou com febre, creio que foi acompanhado pela linha Saúde24 e recuperou-se em dois ou três dias, mas, a partir desse momento, ficámos todos em casa, de prevenção", explicou.Transtornos evidentes

Apesar do isolamento, André Leão e os colegas têm de cumprir o programa de trabalho enviado diariamente pelo preparador físico do Trofense, com o objetivo de reduzir os efeitos desta paragem forçada."Temos de manter um pouco a forma, mas alguma coisa vamos sempre perder. Neste momento, é quase como umas férias, mas vamos precisar de umas duas ou três semanas, de uma espécie de pré-temporada, antes de voltarmos a jogar

Maior reserva moçambicana celebra segundo ano sem abate de elefantes Duas mulheres envolvem-se em cenas de pancadaria em Canidelo Covid-19: Irlanda sem registo de nenhuma morte pela primeira vez desde 11 de março

", defendeu.André Leão tem contrato com o Trofense até junho de 2021, quando terá 36 anos, mas o convite de uma equipa de escalão superior foi contemplada no contrato e permite-lhe sair antes, e por agora não pensa em pendurar as chuteiras.

Consulte Mais informação: RTPNotícias »

Quem aguarda resultado de teste da Covid-19 ''não pode sair de casa''Quem aguarda resultado de teste da Covid-19 “não pode sair de casa“ Consumam o que é português que é muito melhor. O Trump ao pé disto é um menino Eu saio, mas de máscara. Sou inteligente 👇👇👇 A cumprir sem excepções. Pela Saúde de todos.

Covid-19: Diabéticos ''estão dentro do grupo com situações mais graves''Grupo de risco exige controlo e vigilância, como explica o endocrinologista João Filipe Raposo.

Covid-19: Governo decide esta semana se liberta reclusosHá três casos positivos nas cadeias portuguesas.

Covid 19: Pelo menos 10 casos em Lar de Castro DaireNa instituição de S. Joaninho foram feitos testes a utentes e funcionários. E fazer uma boa cabritada não achas laranjitoLXXVI ?

Menos mortes e menos casos de Covid-19 em ItáliaItália continua a ser o país europeu mais afetado pela Covid-19 mas durante o fim de semana houve uma diminuição do número de mortos e de novos casos de infecção.

Covid-19: Turismo é um dos setores mais afetados na cidade de Aveiro80% da restauração fechou e os moliceiros pararam há mais de uma semana.