Covid-19. ACNUR defende que vacinação forçada é inaceitável, mas quer multas para quem recusar

Covid-19. ACNUR defende que vacinação forçada é inaceitável, mas quer multas para quem recusar

08/12/2021 15:50:00

Covid-19. ACNUR defende que vacinação forçada é inaceitável, mas quer multas para quem recusar

'Sob nenhuma circunstância as pessoas devem ser vacinadas [contra a covid-19] à força, embora a recusa de uma pessoa em cumprir a obrigação de vacinação possa ter consequências legais, como uma multa apropriada', defende a Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos (ACNUR), Michelle Bachelet

A Alta Comissária da ONU para os Direitos Humanos (ACNUR), Michelle Bachelet, considerou esta quarta-feira"inaceitável" a vacinação forçada contra a covid-19, mas admitiu"multas apropriadas" para quem recusar ser vacinado.

Depois de mais de três horas de espera, Jéssica Silva já não será apresentada hoje no Benfica

"Sob nenhuma circunstância as pessoas devem ser vacinadas [contra a covid-19] à força, embora a recusa de uma pessoa em cumprir a obrigação de vacinação possa ter consequências legais, como uma multa apropriada", defendeu Michelle Bachelet, numa mensagem de vídeo divulgada esta quarta-feira.

Embora um certificado de vacinação seja exigido em cada vez mais países para certas atividades ou populações, poucos Estados exigem a vacinação para todos, uma medida de que deve permanecer como"último recurso absoluto", segundo a Organização Mundial da Saúde. headtopics.com

A vacina anti-covid-19 é obrigatória para adultos na Áustria, no Tajiquistão e no Turquemenistão, na Indonésia, na Micronésia e na Nova Caledónia, um território francês com grande autonomia no sul do Pacífico, estando também em discussão na Alemanha.

Apresentação de Jéssica Silva no Benfica atrasada três horas

Mas vários outros países - sobretudo da Europa e nos Estados Unidos - obrigam à vacinação certas categorias profissionais e adotaram restrições para os não vacinados.A covid-19 provocou pelo menos 5.261.473 mortes em todo o mundo, entre mais de 265,80 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.572 pessoas e foram contabilizados 1.172.420 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde. A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Consulte Mais informação: Expresso »

Decisão 22: o confronto entre António Costa e André Ventura na íntegra - CNN Portugal

CNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Me explica. Não é forçada, mas tem multa? Os Nazistas forçaram os judeus nas câmaras de gás. Este é só um ponto de vista ligeiramente mais leve, mas a intenção é a mesma. Este tipo de lógica por pessoas que estão em altos quadros internacionais a ganhar o que ganham ultrapassa-me. E multar pessoas que não querem ser obrigadas já não é inaceitável. 🤡🤡🤡

Ou seja, defende vacinação forçada, triste figura...🤡

Covid-19: António Guterres em isolamento após contacto com infetadoO secretário-geral das Nações Unidas cancelou os próximos encontros presenciais.

António Guterres em isolamento após contacto com infetado com Covid-19Mundo - António Guterres em isolamento após contacto com infetado com Covid-19

Madeira prevê começar a vacinar crianças contra a Covid-19 no próximo dia 14Este processo de vacinação vai abranger “14.715 crianças entre os cinco e os onze anos”, referiu Pedro Ramos.

Covid-19: Incidência baixa na Alemanha mas mortes sobem ao nível de fevereiroA taxa acumulada de internamentos hospitalares em sete dias na Alemanha é de 5,45 por 100 mil habitantes e a ocupação de pacientes com Covid-19 nos cuidados intensivos é de 22,1% das camas disponíveis em unidades disponíveis para a população adulta.

Madeira soma mais 65 casos positivos e 100 recuperados de Covid-19A Madeira tem 781 casos ativos de coronavírus, 37 são importados e 744 de transmissão local. 25 pessoas estão hospitalizadas (23 em unidades polivalentes e duas em cuidados intensivos).

Ambulância do INEM de Portimão parada devido a surto de covid-19O INEM confirmou que a ambulância médica de Portimão 'está inoperacional' devido a um surto de covid-19 na equipa de emergência pré-hospitalar, mas garantiu que o dispositivo de ambulâncias está assegurado pelos bombeiros locais.