Lado B, Dn Mais, Chef, Sociedade, Trail Running, Corrida

Lado B, Dn Mais

Corrida. O lado B do chef Kiko Martins

Corrida. O lado B do chef Kiko Martins

25/09/2021 11:29:00

Corrida . O lado B do chef Kiko Martins

'Fiz os 54 quilómetros da prova em 7 horas e 28 minutos. Depois de cortar a meta achei que nunca mais me metia numa coisa parecida'

SubscreverAinda em viagem fez a primeira corrida oficial, na Patagónia."Ainda me recordo como se fosse hoje. Demorei 42 minutos a fazer os meus primeiros dez quilómetros e fiquei supercontente." De regresso a Lisboa, continua a correr frequentemente em estrada. Até que um dia um amigo convidou-o a ir correr pelos trilhos de Monsanto... às seis da manhã."Achei aquilo bizarro. Não só pela hora, mas porque, durante a corrida, só se falava de corrida e das provas feitas ou por fazer. Achei que nunca mais repetia. O certo é que passados uns dias voltei." Daí, influenciado pelos trilhos de Monsanto, uns meses depois correu o primeiro ultra trail (distância que vai para lá da maratona) em serra d"Arga:"Fiz os 54 quilómetros da prova em 7 horas e 28 minutos. Depois de cortar a meta achei que nunca mais me metia numa coisa parecida."

Assaltou CTT de Valadares mas moto da fuga não pegava Margarida Martins e junta de Arroios alvo de buscas da PJ Família julgada no Porto por escravizar 14 pessoas em Espanha Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

A prova do kiko em Marrocos utat utat_portugal Vai ao espaço outra vez?

Corrida. O lado B do chef Kiko Martins'Fiz os 54 quilómetros da prova em 7 horas e 28 minutos. Depois de cortar a meta achei que nunca mais me metia numa coisa parecida'

Corrida. O lado B do chef Kiko Martins'Fiz os 54 quilómetros da prova em 7 horas e 28 minutos. Depois de cortar a meta achei que nunca mais me metia numa coisa parecida'

''A minha bíblia é cada vez mais a 'Cozinha Tradicional Portuguesa' da Maria de Lurdes Modesto''“A minha bíblia é cada vez mais a ‘Cozinha Tradicional Portuguesa‘ da Maria de Lurdes Modesto“

Jerónimo: corrida controlada para final incertoJerónimo de Sousa fez campanha com mínimo histórico de contactos. Tudo vigiado e controlado. A prever o pior?

Moedas certo da vitória em Lisboa deu ″tudo por tudo″ na corridaO candidato da coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM/Aliança à presidência da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, disse na quinta-feira à noite ter dado 'tudo por tudo' nesta candidatura e manifestou a 'certeza' na vitória nas eleições. que propostas mais ridiculas, moedas quer no mesmo tempo devolver dinheiro do impostos e alèm disso, aumentar o gasto publico x subsidios J U I Z O : Certeza! Segunda feira lá vai ele falar com os amigos europeus para arranjar um emprego. Em Portugal ganha-se pouco.

Corrida à liderança da UGT terá pela primeira vez dois candidatosMário Mourão, líder do Sindicato dos Trabalhadores do Sector Financeiro de Portugal (SBN), apresentou a sua candidatura a presidente da tendência socialista, disputando o cargo com José Abraão, dirigente sindical função pública. Candidato único!!! Grande política!!! Lembra a URSS...