Correr atrás do prejuízo

31/07/2021 14:41:00

PartilharTelefonei para reagendar a consulta da próxima semana no dentista e a rececionista pareceu-me pouco recetiva e deixou-me o conselho: «Sabe, agora temos recebido várias marcações, com isto de já haver uma luz para o fim do uso das máscaras...». Penso que usar a palavra boquiaberta se aplica bem neste contexto, tal foi o espanto com que recebi a informação. Teriam as pessoas aproveitado para adiar os respetivos tratamentos e assim poupar durante estes tempos em que passámos a ter todos o mesmo sorriso cirúrgico? Muitos também podiam ter fugido a sete pés, como fizeram, aliás, com tantos programas - restaurantes, cinemas ou o até então rotineiro café na esplanada mais perto de casa.

Dragão de alma imensa vence Flensburg no último segundo Governo anuncia que deixa de ser obrigatório o uso de máscara nos recreios das escolas As fotos do dia: reabertura com situação de alerta

Se no dentista é assim, imagine-se como vão ser os primeiros dias de reabertura de bares e discotecas. Cheios de sorrisos, isso é certo. E sem excessos e rixas, não será preciso recorrer a consultas de urgência. Que isso é que não se quer.

Mas as noitadas passam-se neste momento ao som dos Jogos de Tóquio, que estão precisamente nos 50% caso fosse exibida uma barra de loading com o tempo do evento. Tem sido, de resto, uma competição a vários ritmos, essencialmente fora do universo desportivo. headtopics.com

Simone Biles tornou-se, de longe, o rosto principal do maior evento desportivo do mundo, tendo nos últimos dias dado a cara por um dos temas que se tornou incontornável ao longo do último ano e meio de pandemia: a saúde mental.«Assim que piso o tatami, sou só eu e a minha cabeça a lidar com demónios. Tenho de fazer o que é certo para mim e tenho de me focar na minha saúde mental. Temos de proteger a nossa saúde e o nosso bem-estar e não fazer apenas o que o mundo quer que façamos», esclareceu a representante da seleção dos EUA depois de ter renunciado à final feminina por equipas – no dia seguinte abandonaria também a final individual.

Que nesta nova prova não lhe falte a mesma flexibilidade, força e determinação. E a vontade de sorrir, maior do que aquela que sentimos depois de sair do dentista.Ver Comentários Consulte Mais informação: Jornal SOL »

“No Seixal, o Miguel Rosa tentou correr na passadeira com a velocidade máxima. Foi projetado contra as máquinas e arrebentou-se todo”Rúben Lima faz parte do role de jogadores que são 'pescados' cedo pelo Benfica, mas que após vários anos de formação e de empréstimos não conseguem vingar na equipa principal do clube da Luz. Nesta primeira parte da entrevista, conta como foi crescer no clube, onde conheceu um treinador especial, Bruno Lage, e fala das aventuras que viveu em Vila das Aves - onde apontou uma espingarda pela janela do vidro de um carro para assustar um colega -, em Setúbal e Aveiro antes de partir para a Croácia

Cofina passa de prejuízo a lucro de quase dois milhões no primeiro semestre'O resultado líquido foi, no primeiro semestre de 2021, positivo em cerca de dois milhões de euros e, no primeiro semestre de 2020, foi negativo em cerca de 1,3 milhões de euros', diz a dona do Correio da Manhã.

Cofina passa de prejuízo a lucro no primeiro semestreO grupo de media apresentou lucros perto dos 2 milhões de euros nos primeiros seis meses de 2021.

Sonae passa de prejuízos a lucros de 62 milhões no semestreNos primeiros seis meses do ano, investimento da Sonae aumentou 65,4%, atingiu 186 milhões de euros graças ao carlosmom98 CRL!

Banco Montepio reduz prejuízo para 33 milhões

Cofina passa de prejuízo a lucro de 1,95 milhões de euros no 1.º semestre