Corona: «Há um ano e meio que conversava com Lopetegui»

Corona: «Há um ano e meio que conversava com Lopetegui»

Espanha, Sevilha

17/01/2022 17:33:00

Corona : «Há um ano e meio que conversava com Lopetegui»

Internacional mexicano ex-FC Porto foi apresentado hoje no Sevilha , depois da estreia

Jesús Corona revelou hoje na sua apresentação no Sevilha que há mais de um ano que o técnico Julen Lopetegui, com quem trabalhou no FC Porto, o tentava convencer a rumar ao clube andaluz.«Há ano e meio, comecei a ter conversas com Lopetegui sobre a possibilidade de assinar [pelo Sevilha]. Já tinha trabalhado com ele e também com o Óliver [Torres] no FC Porto. Por isso, já há bastante tempo que queria vir para o Sevilha. Estou muito feliz por ter acontecido», afirmou o internacional mexicano, acrescentando que, desde essa altura, começou a seguir com mais atenção o percurso da nova equipa.

Consulte Mais informação: maisfutebol »

Esta explicado o pq de ires para um clube que nunca vai ser um sério candidato ao titulo Uma vergonha, um treinado andar a falar há mais de um ano com um jogador que tenha contrato. Logo vi que a cabeça dele já estava noutra

Corona: «Era feliz no FC Porto mas precisava de outros objetivos» Sevilha - Corona : «Era feliz no FC Porto mas precisava de outros objetivos» UEFAcom ouviram o que esse cão do TecatitoCoronaa falou? Aliciamento muito antes dos 6 meses do término de contrato. Puta que pariu para Lopetegui e Oliver Torres,são uns pulhas.

Marinha esclarece que vacinação já era requisito e que não há obrigatoriedadeGouveia e Melo ordenou na sexta-feira a vacinação contra a covid-19 dos militares das unidades operacionais da Marinha, para diminuir a 'incidência, gravidade e transmissão da doença' e evitar quebras nas missões. Alguns mariheiros não precisam da vaccina porque não são da terceira geração, não obesos não fumadores e não confiam da vacina. Óptimo! Quando fiz tropa, levei as vacinas e não tive direito de opção, e o serviço militar era obrigatório. Hoje em dia é voluntário e já sabem as regras do jogo. Acho muito bem !

Gabriela espera há dois anos que “o filme” para ser médica em Portugal termine

Covid-19: Marinha esclarece que vacinação já era requisito e que não há obrigatoriedade

Covid-19: Marinha esclarece que vacinação já era requisito e que não há obrigatoriedade - SIC NotíciasGouveia e Melo ordenou na sexta-feira a vacinação contra a covid-19 dos militares das unidades operacionais da Marinha.

Marinha esclarece que vacinação já era requisito e que não há obrigatoriedadeResponsável diz que a vacina 'deve constituir um requisito no aprontamento sanitário dos militares que sejam colocados em unidades operacionais'. Até a língua a ser vilmente manipulada

@maisfutebol Jesús Corona revelou hoje na sua apresentação no Sevilha que há mais de um ano que o técnico Julen Lopetegui, com quem trabalhou no FC Porto, o tentava convencer a rumar ao clube andaluz. «Há ano e meio, comecei a ter conversas com Lopetegui sobre a possibilidade de assinar [pelo Sevilha]. Já tinha trabalhado com ele e também com o Óliver [Torres] no FC Porto. Por isso, já há bastante tempo que queria vir para o Sevilha. Estou muito feliz por ter acontecido», afirmou o internacional mexicano, acrescentando que, desde essa altura, começou a seguir com mais atenção o percurso da nova equipa. «É uma equipa muito forte e com história. Fui muito bem recebido e estou aqui para deixar a minha marca e fazer história num dos melhores clubes europeus. Todos me têm dado confiança e vou retribuir com trabalho e dando o meu melhor», disse o extremo de 29 anos. Formado no Monterrey, Corona ingressou no Twente, dos Países Baixos, em 2013/14, tendo depois seguido para o FC Porto em 2015/16, clube que representou durante seis temporadas e meia. Antes da apresentação, que só aconteceu hoje, Corona já fez a sua estreia no Sevilha no último fim de semana, na derrota com o Bétis (2-1), em jogo da Taça do Rei. RELACIONADOS