Conselho Internacional de Monumentos pede eixo para a cultura no Plano de Recuperação e Resiliência

Conselho Internacional de Monumentos pede eixo para a cultura no Plano de Recuperação e Resiliência

02/03/2021 19:07:00

Conselho Internacional de Monumentos pede eixo para a cultura no Plano de Recuperação e Resiliência

Secção portuguesa deste órgão consultivo da UNESCO diz que Governo ignora papel estratégico do património cultural no desenvolvimento económico e na coesão social.

, órgão consultivo da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO, na sigla inglesa), apelou esta terça-feira ao Governo para que crie um eixo de investimento para o património cultural no

Portugueses ainda têm €100 milhões em escudos em casa. Para o ano prescrevem Ministros europeus analisam situação de Alexei Navalny na segunda-feira Protesto do Chega contra pedido de ilegalização

 capaz de garantir compromissos nacionais e internacionais.Em comunicado, a secretária-geral do ICOMOS-Portugal, Patrícia Brum, lembrou que no PRR, documento que esteve em consulta pública até segunda-feira, “não se identificam quaisquer referências ao património cultural”, concluindo que, para o Governo, “não é um eixo estratégico, nem integra qualquer dos eixos previstos”.

“Ignorar o património cultural num plano desta abrangência e com esta dimensão financeira é ignorar o seu significado, o seu contributo, insubstituível, para o incremento da coesão social; é ignorar a única cláusula do contrato intergeracional. Esta total headtopics.com

ausência do património cultural no PRR não contribui para o cumprimento das obrigações do Estado português no âmbito nacional e internacional quanto aos objectivos da sua valorização e conservação”, sustenta.

Face a esta ausência, o ICOMOS-Portugal propõe “a criação de um eixo de investimento de recuperação e resiliência para o património cultural a ser trabalhado pelas equipas do Ministério da Cultura que têm os diagnósticos e as propostas quantificadas através da carta de risco do património e de outros estudos e mapeamentos já elaborados”.

A organização defende a criação de “um plano de recuperação e resiliência participativo, integrando um grupo multidisciplinar e especializado em património cultural, universidades, Organizações Não Governamentais do património cultural, e todas as partes interessadas”.

O ICOMOS-Portugal apela ainda ao Governo para que seja elaborado um plano de recuperação e resiliência para o património cultural “inspirado no que já existiu, o Plano Operacional da Cultura, quando nos anos 90 do século XX se considerou o património cultural como estratégico no quadro das políticas públicas de investimento”, e que seja “completamente alinhado com os objectivos do desenvolvimento sustentável da ONU, e considerado central na proposta da headtopics.com

Rochele Nunes conquista medalha de bronze em +78 kg UEFA usará “todas as medidas” para impedir a Superliga Europeia Sondagem demonstra que 67% dos portugueses quer continuar a usar máscara após pandemia

nova Bauhaus europeia proposta pela Presidente [da Comissão Europeia] Ursula Van der Leyen”. Consulte Mais informação: Público »