Conselheiro de Saúde da Casa Branca chama 'idiota' a senador republicano - SIC Notícias

12/01/2022 03:31:00

Conselheiro de Saúde da Casa Branca chama “idiota” a senador republicano

Conselheiro de Saúde da Casa Branca chama “idiota” a senador republicano

Marshall tinha insinuado que, tendo em conta a função desempenhada, Fauci teria informação privilegiada, que lhe permitia investimentos favoráveis.

chamou esta terça-feira “idiota” a um senador republicano, quando desafiado por este a revelar as suas declarações fiscais.“Como o funcionário mais bem pago de todo o Governo federal, estaria disposto a apresentar ao Congresso e ao público uma declaração financeira que inclua os seus investimentos passados e atuais?”, perguntou Roger Marshall, senador republicano eleito pelo Kansas, durante uma audição a Anthony Fauci, no Congresso.

De acordo com relatos da audição divulgados pelos media norte-americanos,Fauci respondeu com desagrado à inquirição do senador republicano, rejeitando as suspeições de qualquer irregularidade.“É extraordinário como você está mal informado!”, ripostou o conselheiro da Casa Branca, rebatendo as alegações de Marshall e explicando que os seus investimentos e as suas declarações financeiras são do conhecimento público há mais de 30 anos, enquanto sussurrava que Marshall era um “idiota”.

Consulte Mais informação:
SIC Notícias »

este bandido precisa d'uma cama na cadeia arrestfauci

'É sempre um risco qualquer operação cirúrgica': Jerónimo de Sousa fala sobre problema de saúdePolítica - 'É sempre um risco qualquer operação cirúrgica': Jerónimo de Sousa fala sobre problema de saúde sim tudo em simultâneo ainda pior Ainda em lista de espera? Eu a cinco anos a espera de uma Cirurgia a um Rim. Afinal o SNS, não trata os Portugueses por igual.

Covid-19: Ómicron já prevalece no Brasil, diz o ministro da Saúde'Estamos a assistir a aumento de casos e, como em outros países com uma campanha de vacinação forte, a nossa expetativa é que não haja um impacto em hospitalizações e em óbitos', disse Queiroga.

'Complicações graves' de saúde obrigam presidente do Parlamento Europeu a cancelar agenda - SIC Notícias“Complicações graves” de saúde obrigam presidente do Parlamento Europeu a cancelar agenda

Catarina Martins diz que Costa “preferiu braço de ferro a dedicação exclusiva nos serviços de saúde” - CNN PortugalCatarina Martins, em debate com António Costa, reforça que Costa, em vez de aceitar a proposta de promover a dedicação exclusiva nos serviços de saúde, preferiu fazer um braço de ferro. A culpa nunca morre sozinha! As negociações complicaram-se e está na hora de existir um entendimento

Já disseobrigado hoje? Agradecer faz bem à saúde - CNN PortugalCNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo. Obrigado por me aturarem...

'Complicações graves' de saúde obrigam presidente do Parlamento Europeu a cancelar agenda - SIC Notícias“Complicações graves” de saúde obrigam presidente do Parlamento Europeu a cancelar agenda

pandemia de covid-19 chamou esta terça-feira “idiota” a um senador republicano, quando desafiado por este a revelar as suas declarações fiscais.Correio da Manhã Jerónimo de Sousa FOTO: Lusa O Secretário-Geral do PCP, Jerónimo de Sousa, referiu esta terça-feira que a campanha eleitoral será interrompida devido a uma operação à carótida.i ▲ O Ministro da Saúde do Brasil, Marcelo Queiroga, espera que a variante Ómicron não provoque hospitalizações nem óbitos.SIC Notícias O presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, encontra-se hospitalizado em Itália, dado sofrer de “complicações graves” devido a uma “disfunção do sistema imunitário”, tendo todas as suas atividades oficiais sido canceladas, informou esta segunda-feira o seu gabinete.

“Como o funcionário mais bem pago de todo o Governo federal, estaria disposto a apresentar ao Congresso e ao público uma declaração financeira que inclua os seus investimentos passados e atuais?”, perguntou Roger Marshall, senador republicano eleito pelo Kansas, durante uma audição a Anthony Fauci, no Congresso. De acordo com relatos da audição divulgados pelos media norte-americanos, Fauci respondeu com desagrado à inquirição do senador republicano, rejeitando as suspeições de qualquer irregularidade. O representante do PCP ainda indica que o"apreço" e a"preocupação" são coisas muito bem vindas, até mesmo de quem não é da CDU. “É extraordinário como você está mal informado!”, ripostou o conselheiro da Casa Branca, rebatendo as alegações de Marshall e explicando que os seus investimentos e as suas declarações financeiras são do conhecimento público há mais de 30 anos, enquanto sussurrava que Marshall era um “idiota”. “Infelizmente ela [Ómicron] já prevalece aqui no Brasil, nós estamos a assistir a um aumento de casos e, como em outros outros países que têm uma campanha de vacinação forte, a nossa expetativa é que não haja um impacto em hospitalizações e em óbitos “, disse Queiroga. “Tudo o que precisa de fazer é pedir essas declarações”, disse Fauci. Jerónimo de Sousa remata que "com arte e sorte do cirurgião" é possível estar de volta ao ativo"daqui a uma semana". Marshall tinha insinuado que, devido às suas funções como líder da estratégia de combate à pandemia de covid-19 desde o tempo do ex-Presidente Donald Trump, Fauci tinha informação privilegiada, que lhe permitia fazer investimentos favoráveis. A maltesa Roberta Metsola, do Partido Popular Europeu (PEE), é a favorita para suceder ao dirigente socialista italiano, que assumiu o cargo no verão de 2019.

“Não concorda comigo de que pode ver coisas antes dos membros do Congresso as vejam, por isso há um ar de que alguma coisa estranha pode suceder. PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR O Governo brasileiro espera receber o primeiro lote das vacinas pediátricas da Pfizer na quinta-feira. Assumo que não seja o caso…”, disse o senador, provocando a irritação de Fauci. “De que é que está a falar? As minhas declarações são de conhecimento público e sempre foram”, respondeu o médico e conselheiro da Casa Branca, acrescentando entre dentes: “Que idiota!”. Entretanto, um porta-voz do Instituto Nacional de Saúde dos EUA já prometeu que a sua organização vai assegurar que as declarações financeiras de Anthony Fauci fiquem acessíveis para consulta pública, de forma a dissipar quaisquer dúvidas. Durante a audição no Congresso, Marshall pressionou Fauci sobre várias questões relacionadas com o combate à pandemia de covid-19, em particular sobre a estratégia para travar a variante Ómicron.

.