Companhias aéreas dos EUA preocupados com interferências do 5G - SIC Notícias

18/01/2022 04:06:00

Companhias aéreas dos EUA preocupados com interferências do 5G

Companhias aéreas dos EUA preocupados com interferências do 5G

Os dirigentes das companhias pedem 'uma intervenção imediata' para evitar o potencial 'caos' junto dos aeroportos.

para impedir uma importante perturbação operacional para os passageiros, os transportadores, as cadeias de aprovisionamento e o fornecimento de produtos médicos essenciais”. EsteOs atores do setor aéreo os EUA inquietam-se com as consequências da 5G nos aviões devido a possíveis perturbações nos instrumentos de bordo.

”, recearam nomeadamente os dirigentes das transportadoras American Airlines, Delta e Southwest e ainda as divisões aéreas dos conglomerados da distribuição FedEx e UPS.”, escreveram, na missiva destinada ao governo federal, à agência de segurança na aviação (FAA, na sigla em Inglês) e ao regulador das telecomunicações (FCC).

Consulte Mais informação:
SIC Notícias »

Ruas inundadas e estradas cortadas: chuva intensa lança o caos na região de Lisboa (veja os vídeos)

Proteção Civil regista mais de 100 ocorrências devido ao mau tempo na Grande Lisboa. IPMA coloca Lisboa sob alerta vermelho até às 2h Consulte Mais informação >>

negacionistas e teóricos da conspiração!! LOL

Sequestrador morto e reféns libertados em sinagoga nos EUA - SIC NotíciasSequestrador exigiu a libertação da irmã, que cumpre uma pena de 86 anos.

Presidente dos EUA denuncia antissemitismo e ascensão do extremismo no país

EUA, Japão e Chile emitem alertas de tsunami após erupção de vulcão no PacíficoCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Presidente dos EUA denuncia antissemitismo e ascensão do extremismo no paísHá outras questões bem mais problemáticas. Soundbite para desviar atenções dos verdadeiros problemas…

Dois adolescentes detidos em Inglaterra por ligações ao ataque a sinagoga nos EUAJovens foram detidos para interrogatório na zona sul de Manchester. Incidente com reféns no Texas foi protagonizado por cidadão britânico e descrito pelas autoridades como um acto “terrorista”.

Teerão diz que acordo sobre o nuclear iraniano depende de “decisão política” dos EUAOs contactos diretos foram retomados no final de novembro na capital austríaca, após cinco meses de interrupção entre o Irão e os países que ainda integram o acordo internacional sobre o nuclear iraniano concluído em 2015.

Os dirigentes de 10 transportadoras aéreas dos EUA manifestaram na segunda-feira a sua preocupação, às autoridades federais, sobre o potencial “caos” que pode resultar da presença da tecnologia de internet móvel ultrarrápida 5G junto dos aeroportos.Lusa Todos os reféns da sinagoga da Congregação Beth Israel, nos Estados Unidos, “estão a salvo”, segundo o governador do Texas Greg Abbott, e o sequestrador foi morto, informou a polícia local.por Lusa cancelar Reuters O Presidente dos EUA saudou a libertação dos reféns da sinagoga do Texas e, enquanto se aguardam detalhes sobre a motivação do sequestrador, disse ser necessário denunciar"o antissemitismo e ascensão do extremismo" no país.Agência Lusa Ontem às 17:10 Tonga: erupção vulcânica subaquática é visível do espaço Arquipélago de Juan Fernández e a ilha de San Félix estão muito mais próximos da América do Sul, a cerca de 600 quilómetros de distância PUB tsunami ’ na sequência de uma erupção de um vulcão submarino esta manhã ao largo da ilha do Pacífico Sul Tonga, que já foi atingida por uma onda gigante.

Em carta obtida pela AFP, aqueles dirigentes escreveram: “ Uma intervenção imediata é necessária para impedir uma importante perturbação operacional para os passageiros, os transportadores, as cadeias de aprovisionamento e o fornecimento de produtos médicos essenciais”. Este alerta foi feito a dois dias da entrada em funcionamento do serviço do 5G . Pelo menos quatro pessoas foram sequestradas dentro da sinagoga da congregação Beth Israel, em Colleyville. Os atores do setor aéreo os EUA inquietam-se com as consequências da 5G nos aviões devido a possíveis perturbações nos instrumentos de bordo. Biden quis "ser claro" para qualquer um que queira espalhar o ódio no país: "Vamos opor-nos ao antissemitismo e ao aumento do extremismo". “Em um dia como o de ontem [domingo], mais de 1. Vários ‘media’ noticiaram que o suspeito afirmava ser irmão de uma neurocientista paquistanesa, suspeita de ter ligações a um grupo extremista islâmico, condenada por tentar matar militares norte-americanos e agentes do FBI enquanto se encontrava sob custódia no Afeganistão.100 voos e cem mil passageiros seriam sujeitos a anulações, desvios ou atrasos ”, recearam nomeadamente os dirigentes das transportadoras American Airlines, Delta e Southwest e ainda as divisões aéreas dos conglomerados da distribuição FedEx e UPS. O arquipélago de Juan Fernández e a ilha de San Félix estão muito mais próximos da América do Sul, a cerca de 600 quilómetros de distância.

“Considerando o pouco tempo restante e a importância desta calamidade económica, completamente evitável, pedimos respeitosamente que apoie e tome todas as ações necessárias para que o 5G seja desenvolvido, com exceção de quando as torres ficarem demasiado perto das pistas dos aeroportos ”, escreveram, na missiva destinada ao governo federal, à agência de segurança na aviação (FAA, na sigla em Inglês) e ao regulador das telecomunicações (FCC). O evento levou a uma maior proteção policial em várias sinagogas e instituições judaicas nas principais cidades nos Estados Unidos, tais como Dallas, Nova Iorque e Los Angeles, para detetar qualquer possível ameaça antissemita decorrente do que aconteceu em Colleyville. Um primeiro refém já tinha sido libertado, de boa saúde, após ter sido detido durante mais de seis horas, enquanto o FBI continuava a negociar com o suspeito no crime. Estes dirigentes pretendem também uma pausa , “até que a FAA possa determinar como o desenvolvimento pode ser conseguido com toda a segurança, sem perturbação catastrófica”. No início de janeiro, as transportadoras aéreas tinham obtido um novo adiamento , até quarta-feira, para o desenvolvimento das novas bandas de frequência. Por outro lado, através da sua federação Airlines 4 America, ameaçaram processar os conglomerados das telecomunicações AT&T e Verizon para obter este adiamento e as modificações técnicas no desenvolvimento desta última geração de internet móvel ultrarrápida. Vários `media` noticiaram que o suspeito afirmava ser irmão de uma neurocientista paquistanesa, suspeita de ter ligações a um grupo extremista islâmico, condenada por tentar matar militares norte-americanos e agentes do FBI enquanto se encontrava sob custódia no Afeganistão. As bandas de frequência 3,7-3,8 GHz foram atribuídas à AT&T e Verizon em fevereiro de 2021, depois de um leilão de várias dezenas de milhares de milhões de dólares. O mais recente alerta partiu do organismo da administração oceânica e atmosférica dos Estados Unidos, cujo aviso foi dedicado sobretudo à costa oeste do país, afetando os estados do Havai, Califórnia, Oregon, Washington e Alasca.

Face às inquietações com potenciais problemas de interferências com os aparelhos que medem a altitude doa aviões, a FAA emitiu novas diretivas a limitar a utilização destes aparelhos de bordo em algumas situações . Mas as transportadoras aéreas norte-americanas insurgiram-se contra os potenciais custos induzidos e apelaram às autoridades para que encontrem rapidamente uma solução. Tópicos. Em dezembro, as transportadoras Airbus (europeia) e a Boeing (norte-americana) também tinham expressado a sua “inquietação” com possíveis perturbações nos instrumentos de bordo causadas pela 5G, em carta dirigida ao Departamento dos Transportes dos EUA. SAIBA MAIS: .