Pcp, Social, Ue, Jerónimo De Sousa, Partidos E Movimentos

Pcp, Social

Cimeira Social da UE 'foi um equívoco em muitas áreas', defende Jerónimo de Sousa

Política - Cimeira Social da UE 'foi um equívoco em muitas áreas', defende Jerónimo de Sousa

09/05/2021 22:33:00

Política - Cimeira Social da UE 'foi um equívoco em muitas áreas', defende Jerónimo de Sousa

Secretário-geral do PCP diz que se abdicou da erradicação da pobreza e da política de pleno emprego.

20:32O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa, apontou este domingo que a Cimeira Social da União Europeia (UE)"foi um equívoco em muitas áreas", tendo abdicado da erradicação da pobreza e da política de pleno emprego.

▶ Vídeo: André Ventura apelidado de fascista por meia centena de cidadãos em Moura Pinto da Costa e o insucesso de Nuno Espírito Santo: «Foi o célebre tempo dos padres» Dezenas aguardaram chegada de Jorge Fonseca a Lisboa Consulte Mais informação: Correio da Manhã »

Relações UE-Índia marcam último dia da Cimeira SocialOs chefes de Estado e de Governo da União Europeia reúnem-se hoje no Palácio de Cristal, no Porto, num Conselho informal que tem na agenda o Pilar Social e uma Reunião de Líderes UE-Índia.

A Cimeira Social do Porto, o ponto alto da Presidência Portuguesa da UEVeja aqui o Expresso da Meia-Noite na íntegra.

Cimeira Social: Jerónimo de Sousa diz que não se respondeu aos verdadeiros problemasO secretário-geral do PCP afirmou que a Cimeira Social da União Europeia não respondeu às necessidades associadas ao emprego, à valorização dos salários e ao fim da precarização da juventude.

Cimeira Social de 'sucesso' abre portas a parceria estratégica e comercial entre UE e ÍndiaComo este senhor está sempre contente! Sempre, mesmo quando mente. Que classe 'Senhor Sorrisos'. UM CANALHA!! almoço foi uma sandes.não sabemos

Cimeira Social da UE “foi um equívoco em muitas áreas”, afirma Jerónimo de SousaJerónimo de Sousa considerou que a União Europeia “reconhece que vai haver retrocesso individual, particularmente na chaga da pobreza, que abrange 90 milhões de cidadãos da União Europeia”, com algumas das medidas referidas a poderem ajudar entre “15 a 17 milhões de pessoas a encontrar emprego”, o q