Cidade chinesa oferece mais de mil euros a quem testar positivo à Covid-19

Mundo - Cidade chinesa oferece mais de mil euros a quem testar positivo à Covid-19

Covid-19, Harbin

03/12/2021 00:38:00

Mundo - Cidade chinesa oferece mais de mil euros a quem testar positivo à Covid-19

Decisão das autoridades visa 'bloquear os canais de transmissão do vírus', ao estimular a população a fazer o teste.

LusaProfissional de saúde com zaragatoa de teste à Covid-19FOTO: ReutersOs residentes da cidade chinesa de Harbin que fizerem um teste de ácido nucléico para o coronavírus e acusarem positivo vão receber uma recompensa equivalente a 1.386 euros, anunciaram esta quinta-feira as autoridades locais.

Autoridade Tributária distinguida como 'marca do mês' com satisfação de 87,2% dos cidadãos

Segundo os dados do Governo de Harbin, foram detetados esta quinta-feira três casos de covid-19, relacionados com o surto na cidade de Manzhouli, na região vizinha da Mongólia Interior.A decisão das autoridades visa"bloquear os canais de transmissão do vírus", ao estimular a população a fazer o teste.

A medida atraiu a atenção nas redes sociais do país, com mais de 100 milhões de leituras na Weibo, semelhante ao Twitter."Qual é o problema? Os cidadãos são incentivados a fazer o teste e a disseminação do vírus pode ser assim interrompida se o resultado for positivo", apontou um internauta. headtopics.com

Outros não entendem a campanha ou acham que o dinheiro poderia ser investido de outra forma:"fazer o teste é da responsabilidade de todos, por que deveriam de ser recompensados", questionou outro.As autoridades de saúde da cidade também pediram à população que"evite viagens" e ordenaram o encerramento temporário de estabelecimentos com grande afluência de público, como balneários, discotecas, teatros ou cinemas.

O elefante de peluche, as acusações de fraude e a recusa em fazer um teste. Como o negacionismo tomou conta do debate dos pequenos partidos

As farmácias vão ser proibidas de vender remédios para a tosse ou gripe e antibióticos e se o comprador apresentar"sintomas suspeitos", como febre, o estabelecimento deve informar as autoridades, caso não queira enfrentar possíveis responsabilidades legais pela disseminação do vírus.

A China mantém uma política de tolerância zero contra o vírus. As autoridades locais restringem a movimentação de pessoas e organizam testes em massa sempre que um caso é detetado.Segundo relatos da Comissão Nacional de Saúde da China, desde o início da pandemia, 98.897 pessoas foram infetadas no país, entre as quais 4.636 morreram.

A covid-19 provocou pelo menos 5.214.847 mortes em todo o mundo, entre mais de 262,26 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse. headtopics.com

Covid-19: Pfizer diz que testou com sucesso tratamento oral contra Ómicron - SIC Notícias

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 na China. Uma nova variante, a Ómicron, foi recentemente detetada na África do Sul e, segundo a Organização Mundial da Saúde, o"elevado número de mutações" pode implicar uma maior infecciosidade.

Consulte Mais informação: Correio da Manhã »

Decisão 22: o confronto entre António Costa e André Ventura na íntegra - CNN Portugal

CNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

É uma boa maneira de enganar os chinócas , éum gajo arranjar uns médicos de arrego ,e fazer testes positivos e vamos lá mamar umas coroas aos gajos Devem estar com falta de PURGA ou condenados à morte.🤣🤣🤣

Covid-19: Portugal com 19 infeções da variante ÓmicronOs novos casos detetados também fazem parte do surto no Belenenses SAD, adiantou a diretora-geral da Saúde, que avisou ainda que os casos diários ser o dobro dos atuais por altura do Natal

Covid-19: cidade chinesa oferece mais de mil euros a quem testar positivoA decisão das autoridades visa 'bloquear os canais de transmissão do vírus', ao estimular a população a fazer o teste. Portugal a fazer isto!!!

BIAL apoiou iniciativas de combate à Covid-19 com meio milhão de eurosA farmacêutica portuguesa BIAL distribuiu 500 mil euros a várias instituições e iniciativas, divididas pelo sector da saúde e social.

Morita testa positivo à Covid-19Santa Clara - Morita testa positivo à Covid-19

Covid-19: 70% dos internados nos cuidados intensivos em Lisboa não estão vacinadosEsta quarta-feira foi registado o número mais alto de novos casos desde fevereiro. Que paguem o hospital agora! Deviam ir para o privado e pagar o internamento a ver se a teimosia compensa Vaccinated people are spreading the virus. Because the unvaccinated are unable to travel, so we have to isolate the vaccinated to stop the advance of the virus.

Covid-19: Discotecas vendem testes rápidos por 10 eurosAlém do certificado digital, é necessário apresentar teste negativo para entrar em bares e discotecas. Por um lado acho bem mas por outro se te quiseres divertir diverte sozinho em casa pensa na tua saúde e na dos outros Muito bem