Cidadania nas Escolas. Disciplina é 'absolutamente importante'

18/01/2022 12:16:00
Cidadania nas Escolas. Disciplina é 'absolutamente importante'

Cidadania, Escolas

Associações, professora e médico não concordam com ação judicial do SaIL contra o Estado para retirar conteúdos ideológicos da Educação. E explicam o porquê.A disciplina de Educação para a Cidadania e a chamada ideologia de género têm estado debaixo de fogo e até foram tema nos debates políticos entre os candidatos às eleições legislativas no próximo dia 30 de janeiro. O Nascer do Sol noticiou, a 8 do presente mês, que a Associação de advogados SaIL levou a cabo uma ação judicial contra o Estado com o intuito de remover todos os conteúdos ideológicos da Educação. Em sentido inverso, as associações pró-LGBT consideram que não faz sentido. E que a disciplina de Educação para a Cidadania deve manter-se obrigatória.

Consulte Mais informação: ionline » Vitorino Silva: “Acredito que é possível frescura na política e é o que o RIR representa” - SIC Notícias

Vitorino Silva: “Acredito que é possível frescura na política e é o que o RIR representa” - SIC NotíciasVitorino Silva, popularmente conhecido por Tino de Rans, não é novo nestas andanças. Em 1993 foi eleito presidente da Junta de Freguesia de Rans, Penafiel e em 2021 foi repetente nas presidenciais, só nunca se apresentou a eleições europeias. O RIR não representa nada nem ninguém, Tino. Volta para a tua junta. deve ser para rir 😂😂

Vitorino Silva foi à feira e prometeu 'o povo no parlamento'Política - Vitorino Silva foi à feira e prometeu 'o povo no parlamento'

Neemias Queta diz estar a viver um sonho - SIC NotíciasNeemias Queta diz estar a viver um sonho

Catarina Martins: 'Direita não tem solução, por isso é importante soluções à esquerda'

Catarina Martins: 'Direita não tem solução, por isso é importante soluções à esquerda'Catarina Martins disse aos jornalistas, durante a campanha legislativa, que a 'força do Bloco de Esquerda vai ser a força que vai permitir a governação pelo salário, pensão e saúde'. Hehehehe Bloco

“É importante que a relação com a República produza mais resultados” | Jornal EconómicoO candidato da coligação PSD/CDS-PP diz ser importante mudar a solução de Governo da República, visto que o Executivo tem feito “orelhas moucas” às reivindicações da Madeira.

Campanha começou no digital mas ainda precisa do terrenoNa terceira eleição discutida em pandemia, as redes sociais assumem-se como uma ferramenta indispensável para os políticos difundirem ideias, mas a rua continua a ser importante.

Email Associações, professora e médico não concordam com ação judicial do SaIL contra o Estado para retirar conteúdos ideológicos da Educação.Ainda assim, as eleições de 30 de janeiro são apenas a segunda vez que o partido que lidera desde 2019 entra na corrida ao Parlamento e, por isso, apesar de não ser um estreante, é a palavra “frescura” que Vitorino escolhe para descrever o RIR.Vitorino Silva foi à feira e prometeu"o povo no parlamento" Tino de Rans menciona que o seu gabinete é na"rua".SIC Notícias Neemias Queta, o primeiro português a jogar na NBA, começa a destacar-se pelos Sacramento Kings.

E explicam o porquê. A disciplina de Educação para a Cidadania e a chamada ideologia de género têm estado debaixo de fogo e até foram tema nos debates políticos entre os candidatos às eleições legislativas no próximo dia 30 de janeiro. O cenário que levou à realização destas eleições, convocadas antecipadamente pelo Presidente da República na sequência do chumbo do Orçamento do Estado para 2022, não é o que desejava e Vitorino Silva lamenta que assim tenha sido. O Nascer do Sol noticiou, a 8 do presente mês, que a Associação de advogados SaIL levou a cabo uma ação judicial contra o Estado com o intuito de remover todos os conteúdos ideológicos da Educação. Leia também. Em sentido inverso, as associações pró-LGBT consideram que não faz sentido. “Porque é que eles não tiveram coragem de ser ministros? Quiseram estar ali, mas não queriam ter muito trabalho e por isso é que isto caiu”, avalia. E que a disciplina de Educação para a Cidadania deve manter-se obrigatória.

Alerta para doenças mentais “Do ponto de vista da saúde mental, a invisibilidade e a ignorância ou a negação da existência de pessoas não-cisgénero e não-heterossexuais é promotora de stress minoritário, com impactos negativos de forma transversal – maior risco de depressão, ansiedade, comportamentos autolesivos e tentativas de suicídio na população LGBT”, alerta Rui Ferreira Carvalho, médico interno de psiquiatria da infância e adolescência, terapeuta sexual e ainda sexólogo clínico. “O Tino, que é um calceteiro, faz caminhos. Leia o artigo completo na edição impressa do jornal i. Agora também . Os caminhos que eu faço são caminhos seguros e tenha a certeza de que a caminhada final é no dia 30 entrarmos no Parlamento” , afirmou.