China com produção de carvão recorde no ano passado

China com produção de carvão recorde no ano passado

18/01/2022 03:52:00

China com produção de carvão recorde no ano passado

A produção de carvão na China atingiu níveis recorde no ano passado, à medida que os mineiros foram sendo encorajados pelo governo chinês a aumentar a produção de combustíveis fósseis para proteger o abastecimento de energia no país durante a crise do gás no inverno.

De acordo com a notícia avanlada esta segunda-feira pelo “The Guardian”, aquele que é o maior produtor e consumidor de carvão do mundo extraiu 384,67 milhões de toneladas do combustível fóssil no mês passado, superando o recorde anterior de 370,84 milhões de toneladas estabelecido em novembro, depois de o governo ter pedido para que as minas trabalhassem na sua capacidade máxima para contribuir para o crescimento económico do país.

A produção de carvão na China registou uma alta histórica de 4,07 mil milhões de toneladas, um aumento de 4,7% em relação ao ano anterior, no que é visto como um golpe para os ativistas climáticos meses após as negociações climáticas da COP26 da ONU em Glasgow.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Enquanto os países europeus encerram centrais outros aproveitam para rentabilizar ao máximo este recurso

China: Crescimento desacelera pela quarto mês consecutivo e leva banco central a descer taxas diretorasO crescimento no último trimestre até ficou acima do esperado, com 4,0% registados, em vez dos 3,0% antecipados pelos analistas, mas o valor para o ano de 2021 ficou aquém dos 8,4%. Para 2022, alguns bancos, como o Goldman Sachs, já baixaram as expectativas de crescimento para a China.

China volta a registar quebra nos nascimentos em 2021No ano passado nasceram cerca de 10,6 milhões de bebés na China, uma quebra de 12% em relação aos 12 milhões registados em 2020.

China regista recorde mínimo de nascimentos em 2021

Em queda pelo quinto ano consecutivo, taxa de natalidade na China atinge novo mínimoApesar das políticas de natalidade promovidas pelo Governo chinês e pelas autoridades regionais, o país mais populoso do mundo registou apenas 7,52 nascimentos por mil pessoas em 2021. É o valor mais baixo desde 1949.

A sua semana dia a dia: A campanha eleitoral, o PIB da China e os resultadosA semana será agitada pela campanha eleitoral para as legislativas. Lá fora, os números do PIB chinês e a divulgação de resultados, sobretudo no setor da banca, vão estar em destaque.

Portugueses impedidos de regressar a Macau após proibição de voos de “regiões fora da China”Os voos de passageiros para Macau oriundos de “regiões fora da China” estão proibidos durante duas semanas, mas espera-se que a proibição se alongue. O cônsul-geral de Portugal em Macau, Paulo Cunha Alves, garantiu que o consulado “está a prestar to

A produção de carvão na China atingiu níveis recorde no ano passado, à medida que as minas foram sendo encorajadas pelo governo chinês a aumentar a produção de combustíveis fósseis para proteger o abastecimento de energia no país durante a crise do gás no inverno. De acordo com a notícia avanlada esta segunda-feira pelo “The Guardian”, aquele que é o maior produtor e consumidor de carvão do mundo extraiu 384,67 milhões de toneladas do combustível fóssil no mês passado, superando o recorde anterior de 370,84 milhões de toneladas estabelecido em novembro, depois de o governo ter pedido para que as minas trabalhassem na sua capacidade máxima para contribuir para o crescimento económico do país. A produção de carvão na China registou uma alta histórica de 4,07 mil milhões de toneladas, um aumento de 4,7% em relação ao ano anterior, no que é visto como um golpe para os ativistas climáticos meses após as negociações climáticas da COP26 da ONU em Glasgow. A Agência Internacional de Energia (IEA) previu que o consumo global da energia a carvão, que é o maior poluente mundial, iria atingir níveis recorde em 2021 impulsionado pela procura por energia pelas economias globais numa fase mais posterior da pandemia.