Casos raros de miocardite e pericardite levam DGS a travar vacinação dos 12 aos 15 anos

Casos raros de miocardite e pericardite levam DGS a travar vacinação dos 12 aos 15 anos

30/07/2021 22:42:00

Casos raros de miocardite e pericardite levam DGS a travar vacinação dos 12 aos 15 anos

DGS recomendou a vacinação entre os 12 e os 15 anos apenas aos jovens com doenças graves.

. Os peritos dizem que há efeitos secundários por estudar e preferem ser prudentes. Consideram que a vacina apenas deve ser dada a crianças com doenças que agravem os efeitos da covid.Têm explicado aos mais jovens a importância da vacinação contra a covid.

CEO que estabeleceu salário mínimo de 70 mil dólares para todos os funcionários diz que empresa prosperou Queria separar-se, foi morta pelo companheiro. Assassinadas três mulheres por mês em 2020 Vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech ''é segura'' para crianças entre 5 e 11 anos

Para já, só vale a pena abordarem os maiores de 18 - que já podem agendar a vacina - e também quem tem mais de 16 anos - que começa a ser vacinado no dia 14 de agosto. Os que têm entre 12 e 15 anos ficam, para já, de fora.

Decisão tomada depois de se terem verificado, em jovens, efeitos secundários, aparentemente ligados à vacina.Graça Freitas diz que a EMA encontrou jovens que desenvolverammiocardite e pericardite. Uma inflamação no coração que, apesar de rara e ligeira, levou a DGS a rejeitar, para já, a vacina para quem tem entre 12 e 15 anos. headtopics.com

Um parecer que vale para o continente, mas não para a Madeira, onde esta faixa etária começa a ser vacinada este sábado. No continente, os jovens entre os 12 e os 15 anos só podem ser vacinados se tiverem doenças que o tornem de risco em caso de infeção por covid.

Gouveia e Melo:"Se fosse esmagado pela responsabilidade, já estava esmagado há muito"A task force tinha tudo preparado para vacinar antes do arranque do ano letivo. As reservas de vacinas atingiram mínimos e há mais de 1 milhão, vindas de outros países, a caminho de Portugal.

A DGS diz que muitos dos 410 mil adolescentes entre os 12 e os 15 anos já estiveram infetados e, por isso, ainda terão imunidade. Consulte Mais informação: SIC Notícias »

E os casos que têm levado pessoas à morte? Não devem preocupar a DGS? Um dia o vosso legado será julgado! Raros?! Não há benefício em se vacinar nessas idades, não há nenhuma criança ou adolescente sem comorbilidades que tenha tido problemas com covid... Os riscos associados a vacina são raros mas existem, pelo que a DGS tomou a decisão correcta

A Madeira faz parte de Portugal?! Sei que faz só quando são pedidos apoios e o dinheiro dos impostos dos portugueses do continente para lá são enviados. Com estas declarações, Graça Freitas destruiu a vacinação dos adolescentes. Os pais não vão aderir porque a senhora pôs o enfoque nessas situações raras. Vamos ter um novo ano letivo com instabilidade, turmas em isolamento, etc

Crianças da Madeira a ler o título desta notícia: “Casos raros” 🤡🤡🤡🤡🤡 Na Madeira o Governo Regional não vai em cantigas. As crianças dos 12 aos 15 já vão ser vacinadas. Essa gente antivacina q diz q não vai vacinar pq nunca pegou covid nem conhece ninguém q pegou nem morreu, é tudo mentira os números, mas todos acham q vão morrer da vacina, e conhecem milhares que passaram mal. Só q a vdd é o oposto. Loucos.

Casos de chiliquite de papais e mamães isso sim. ' casos raros' ....se morrer que se foda...é raro....os cientistas ate dizem que é seguro.

DGS recomenda, para já, vacinação de crianças dos 12 aos 15 com comorbilidadesA Direção-Geral da Saúde (DGS) recomendou, esta sexta-feira, que as crianças dos 12 aos 15 anos com comorbilidades sejam vacinadas contra a covid-19. Vacinação generalizada dos mais novos está dependente de outros dados europeus.

Os antivax até tem orgasmos com estas notícias. Depois só dizem merda. Entao, em menos de 24 horas, a DGS recomenda e avança com a vacinação e agora trava a vacinação? Esta malta anda a brincar com a saúde do povo deixemascriançasempaz As mortes de jovens estão-se a acumular depois da vacina.

DGS recomenda vacinação de adolescentes com comorbilidades entre os 12 e os 15 anos

DGS necessita de mais dados para emitir recomendações sobre vacinação entre 12 e 15 anosGraça Freitas sublinhou repetidamente a importância da campanha de vacinação, considerando que esta é uma 'arma fortíssima' contra a Covid-19. Ainda assim, os casos de miocardite reportados à EMA obrigam a uma análise mais cuidada antes da recomendação de vacinação dos jovens entre os 12 e 15 anos.

DGS não recomenda para já vacinação universal dos jovens dos 12 aos 15 anosA informação foi avançada pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, esta sexta-feira. Para já, é apenas recomendada a vacinação prioritária dos jovens dos 12 aos 15 que tenham 'comorbilidades associadas a maior risco de doença grave' Partilhem por favor. Tem aqui alguns.

DGS revela esta sexta-feira à tarde parecer sobre vacinação dos 12 aos 15 anos

DGS: vacinação de crianças entre os 12 e os 15 anos só com comorbilidadesPara já, a vacinação universal continua a ser apenas recomendada a partir dos 16 anos, informou a DGS. esta vaca da desgraça, filha da puta quer que isto no chegue ao fim . quer arrastar por muito tempo esta vaca da desgraça, filha da puta nao quer que isto chegue ao fim . quer arrastar por muito tempo senao vacinava todas as crianças 'comorbilidades' nunca tinha ouvido o raio desta palavra