Concelho Marco De Canaveses, Greve, Ctt

Concelho Marco De Canaveses, Greve

Carteiros do Marco em greve parcial durante um mês

Carteiros do Marco em greve parcial durante um mês

24/06/2021 23:15:00

Carteiros do Marco em greve parcial durante um mês

Os carteiros dos CTT do Centro de Distribuição do Marco de Canaveses iniciaram, esta quinta-feira, uma paralisação em protesto pela falta de recursos humanos na empresa. O pré-aviso aponta para uma greve parcial até 24 de julho, durante o período da manhã, entre as 8 horas e as 10 horas.

Além da sobrecarga de trabalho dos funcionários,"a falta de pessoal tem consequências ao nível da qualidade de serviço", acrescenta.Este cenário é o culminar de um clima de instabilidade laboral que se tem vivido nos últimos meses nos CTT,"onde a administração tem um comportamento autista, não respondendo em tempo útil aos trabalhadores, e desvalorizado as suas preocupações, relativamente às condições de trabalho depauperadas, a falta de contratação de recursos humanos necessários para colmatar o período de férias (...) e assim manter a qualidade de serviço exigível pelo contrato de concessão do Serviço Postal Universal que se encontra obrigada, e que lamentavelmente teima em não cumprir, como aconteceu no ano transato em que não cumpriu nenhum dos indicadores de medição de qualidade utilizados pelo o regulador, ANACOM", explica Samuel Vieira.

Serra Leoa aboliu a pena de morte por unanimidade Membro da igreja morre de Covid-19 após dizer publicamente ser contra as vacinas Quatro portugueses detidos em Espanha por suspeita de violação de duas mulheres

O dirigente sublinha que"face a este cenário, é imperativo que o Estado assuma o controlo público dos CTT, um anseio antigo dos trabalhadores, e que o SICTTEXPT, desde o primeiro momento, defende como uma reivindicação incontornável para a paz social dos CTT".

Entrega de documento ao ministro com as preocupações face à gestão dos CTTFoto: António Orlando/JNEsta semana, este sindicalista atravessou-se no caminho de Pedro Nuno Santos, quando o ministro se preparava para homologar no Marco de Canaveses a estratégia Local de Habitação, para lhe entregar uma carta onde os trabalhadores expressam suas preocupações face a gestão dos CTT, designadamente,"face ao novo modelo de distribuição (TREVO)", recentemente implementado,"e que viola os padrões de qualidade exigidos pelo o contrato de concessão do serviço postal universal (SPU)", pode ler-se na carta. headtopics.com

PUB"A possível redução até um terço dos postos de trabalho nos setores operacionais da empresa, a falta de recursos humanos quer nas Estações de Correio e distribuição, quer na área de transportes, o aumento de agenciamentos a terceiros quer na distribuição quer no atendimento, a falta de condições de trabalho e aumento da precariedade nos vários setores da empresa e o menor índice de fiscalização por parte dos organismos competentes (ANACOM e ACT)", são outras das preocupações que constam da carta entregue ao ministro. Em resposta, Pedro Nuno Santos terá dito que"é sensível à questão e que a sua posição em relação aos CTT é conhecida, aguardando por uma tomada de posição do governo face a esta matéria, relata Samuel Vieira ao JN.

Refira-se que o ministro das Infraestruturas e da Habitação, em março de 2020, no parlamento, em resposta a uma interpelação do BE, disse que a privatização dos CTT"foi um erro que não acautelou o interesse do povo" e que o futuro dos Correios de Portugal"dependerá do novo contrato de concessão do serviço postal universal e da garantia do cumprimento de critérios".

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Tholos do Barro. Valorizar sepultura megalítica com cinco mil anos

Trabalhadores da Soflusa convocam nova greve parcial nos dias 14 e 15 de julhoOs trabalhadores da Soflusa, empresa que assegura a ligação fluvial entre Lisboa e Barreiro, decidiram esta quarta-feira convocar uma nova greve parcial nos dias 14 e 15 de julho, para exigir respostas às reivindicações salariais, anunciou a FECTRANS.

Castelos de areiaUm dos documentários mais falados dos últimos meses, é um thriller seco em tom de filme político cruzado de serviço público.

Greve no Metro de Lisboa. Milhares de passageiros afetados, fila para autocarro chegou às 100 pessoasTrabalhadores estiveram em greve entre as 5:00 e as 9:30. O problema não é o Metro O problema é o excesso populacional na zona de LVT

Trabalhadores da Transtejo juntam-se aos da Soflusa na greve parcial em 14 e 15 de julhoNova greve parcial vai realizar-se 'com vista a valorizar e a melhorar os salários, conforme está previsto no Acordo de Empresa', indicou o coordenador da FECTRANS.

Julgamento de Rui Moreira no caso Selminho arranca a 16 de NovembroAutarca independente do Porto soube há pouco mais de um mês que seria levado a julgamento.

Criança ferida em atropelamento em EstarrejaUm criança sofreu ferimentos em consequência de um atropelamento, esta manhã, em Avanca, Estarreja.