Bolsonaro ironiza com possível acusação de homicídio na gestão da pandemia

Bolsonaro ironiza com possível acusação de homicídio na gestão da pandemia

16/10/2021 13:48:00

Bolsonaro ironiza com possível acusação de homicídio na gestão da pandemia

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito disse que deverá acusar o Presidente do Brasil de 11 crimes cometidos na condução da crise sanitária.

.As declarações do Chefe de Estado surgem algumas horas após o relator da CPI, senador Renan Calheiros, ter afirmado que deverá acusar Bolsonaro de 11 crimes cometidos na condução da crise sanitária no país."Sabiam que eu fui indiciado hoje [sexta-feira] por homicídio? Alguém está sabendo aí? A CPI me indiciou por homicídio. O Renan Calheiros me indiciou por homicídio. Onze crimes", disse Bolsonaro, entre risos, em conversa com apoiantes no Palácio da Alvorada, a sua residência oficial em Brasília.

Irlanda encerra discotecas e impõe restrições para conter variante Ómicron Francisca Van Dunem substitui Cabrita e acumula Justiça com a Administração Interna Covid-19: ''Vamos ver se salvamos a Páscoa de 2022''

"O que nós gastamos com auxílio de emergência [subsídio dado a desempregados na pandemia] foi o equivalente a 13 anos de Bolsa Família [programa social criado pelo ex-presidente Lula da Silva]. Há indivíduos que ainda criticam. O Renan [Calheiros] chama-me de homicida. Um bandido daqueles. Bandido é elogio para ele. (...) O Renan está achando que eu não vou dormir porque está me chamando de homicida, está de 'sacanagem'", acrescentou o chefe de Estado.

Calheiros, que apresentará na próxima semana o relatório final da investigação, afirmou à rádio CBN que deverá acusar Bolsonaro de 11 crimes: epidemia com resultado em morte; infração de medidas sanitárias; emprego irregular de verbas públicas; incitação ao crime; falsificação de documento particular; charlatanismo; prevaricação; genocídio de indígenas; crime contra a humanidade; crime de responsabilidade; e homicídio por omissão. headtopics.com

Além de Bolsonaro, ministros, ex-ministros e filhos do Presidente também deverão constar na lista de acusados."O que passa na cabeça do Renan Calheiros naquela CPI? (...) O que passa na cabeça dele com esse indiciamento? Esse indiciamento, para o mundo todo, vai que eu sou homicida. Eu não vi nenhum chefe de estado [governador estadual] ser acusado de homicida no Brasil por causa da pandemia e olha que eu dei dinheiro para todos eles", afirmou o Presidente do Brasil, que recusa as acusações contra si.

Calheiros esclareceu que a acusação de homicídio significa, neste caso, que o Presidente do Brasil não cumpriu o seu dever legal de evitar a morte de milhares de brasileiros durante a pandemia.A Comissão foi instalada no Senado brasileiro em abril passado e, desde então, tem apurado indícios de inúmeras irregularidades, que vão desde a defesa de fármacos ineficazes contra a doença por parte do Governo, até possíveis casos de corrupção na negociação de vacinas.

Marcada por várias polémicas e revelações, a CPI da Pandemia ouviu mais de 50 pessoas, entre ministros e ex-ministros, especialistas em Saúde, empresários, advogados, funcionários públicos, entre outros, e abordou ainda alegadas falhas na gestão da pandemia, como a demora na aquisição de vacinas ou a crise de oxigénio no Amazonas, que matou dezenas de pacientes por asfixia.

O relatório final da CPI será apresentado em 19 de outubro e a votação do mesmo acontecerá no dia seguinte.Se aprovado por maioria simples pelos onze membros da comissão, o relatório será enviado ao Procurador-Geral da República, ao Tribunal de Contas e aos demais órgãos responsáveis por fiscalizar a atuação do Governo, para que iniciem as respetivas investigações judiciais. headtopics.com

Brigada anti-bomba chamada a hospital devido a homem com munição da II Guerra presa no reto Sindicato dos inspetores do SEF considera demissão de Cabrita uma ''excelente notícia'' Ministro Eduardo Cabrita solicitou demissão ao primeiro-ministro

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, totalizando 602.669 óbitos e mais de 21,6 milhões de infeções pelo novo coronavírus.A covid-19 provocou pelo menos 4.878.719 mortes em todo o mundo, entre mais de 239 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Consulte Mais informação: SIC Notícias »

Novo estudo sobre a origem da Covid-19 aponta para mercado de Wuhan

Cuidem dos teus problemas que por sinal estão ficando gigantes . Piada esse tipo de notícia, deveriam responsabilizar a China, quem propagou o vírus. Genocida corrupto. A hora está a chegar! Todos os dias deparo aqui com críticas a Bolsonaro,mas que me lembre poucas ou nenhumas sobre a Coreia do Norte,China, Venezuela. Por aqui se vê a covardia e hipócrisia dos ' ditos senhores do Mundo'

Tem que ironizar mesmo. Não houve crime nenhum. Um relatório feito por um senador com mais de 15 acusações de roubo e outro senador acusado de pedofilia e com toda família envolvida em roubo de mais de R$ 200.000.000,00 na saúde do Estado do Amazonas. Não tem que ironizar? Gostaria de saber o porquê da Europa, América e não só, não criticarem a ditadura, escravidão,etc da Coreia do Norte,China, Venezuela,como fazem com Bolsonaro,eu digo porque os covardes, corruptos,os intitulados senhores do mundo agora são mais que as mães.

Já agora o senhor relator responde a 17 inquéritos de CORRUPÇÃO , e querem da crédito a uma CPI DO CIRCO .

Bolsonaro ironiza com possível acusação de homícidio na gestão da pandemia

Portos da Madeira retomam atividade turística e receberam doze navios em 13 diasSegundo a presidente da APRAM, 'o turismo de cruzeiro é uma aposta da Madeira que, antes da pandemia, deixava na Região, anualmente, 50 milhões de euros'.

Número de esplanadas nas grandes cidades disparou com a pandemiaCidades como Porto, Lisboa e Braga isentaram proprietários de estabelecimentos e deram-lhes ainda direito a ocupar passeios e estacionamento. Sim... Agora os transeuntes nem podem circular em certas ruas de tão afilhadas que estão de mesas e cadeiras... Políticos mais.uma.vez, fizeram asneira

Covid-19. Irlanda admite desacelerar desconfinamento face ao aumento de casosMicheál Martin, líder da coligação governamental que integra centristas, democratas-cristãos e verdes, sublinhou que a evolução da pandemia de covid-19 na Irlanda sofreu um 'retrocesso' Lel

Mais de metade das empresas nacionais considera ter 'tido sorte' em sobreviver ao impacto da pandemiaA perspectiva de uma desaceleração económica também se reflete no estudo da Intrum, com 62% das empresas europeias a afirmar que uma recessão pode estar iminente no seu país, valor superior aos 56% que afirmaram o mesmo em 2020.

Pandemia da Covid-19 com tendência estável a nível nacional, mas a aumentar na população com 80 e mais anosSociedade - Pandemia da Covid-19 com tendência estável a nível nacional, mas a aumentar na população com 80 e... Muitos artigos e trabalhos CIENTÍFICOS provam desde 1973 que as pessoas que tomam medicamentos que sendo ANTIVÍRICOS ANTIGRIPAIS, TAMBÈM TRATAM DOENÇAS do SISTEMA NERVOSO [NEUROLOGIA e PSIQUIATRIA], as IMPEDIAM DE ADOECER COM OS CORONAVÍRUS! A ENCENAÇÃO DA PANDEMIA OCULTOU-OS -