Manchester City, Liga Inglesa, Wolverhampton

Manchester City, Liga Inglesa

Bernardo Silva e Ruben Neves marcam nas vitórias de City e Wolverhampton

Bernardo Silva e Ruben Neves marcam nas vitórias de City e Wolverhampton

16/10/2021 22:22:00

Bernardo Silva e Ruben Neves marcam nas vitórias de City e Wolverhampton

Bernardo Silva marcou, este sábado, no triunfo do Manchester City sobre o Burnley, na oitava jornada da liga inglesa, na qual o Wolverhampton virou o resultado frente ao Aston Villa, com Ruben Neves a decidir.

O City segue na segunda posição, a um ponto do Liverpool, quegoleou o Watford por 5-0e assumiu a liderança, mas ambos podem ser ultrapassados pelo Chelsea, caso os londrinos se imponham ao Brentford.O Wolverhampton, orientado por Bruno Lage, venceu o Aston Villa por 3-2, depois de ter estado a perder por 2-0, com o golo da vitória a ser apontado já nos descontos (90+5) por Ruben Neves, num jogo em que José Sá, João Moutinho e Nelson Semedo foram titulares e Daniel Podence e Fábio Silva saltaram do banco.

Supremo condena André Ventura e Chega por segregação racial Na CNN Travel, o queijo Serra da Estrela é um dos “mais saborosos da Europa” Supremo Tribunal de Justiça recusa reapreciar condenação de André Ventura

O Aston Villa esteve a vencer por 2-0, depois de Danny Ings (48) e John McGinn (68) terem"faturado", mas Romani Saiss (80), Conor Coady (85) e Ruben Neves (90+5) deram a volta ao resultado.O Manchester United, com os portugueses Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes no onze titular, somou o terceiro jogo sem vencer na liga inglesa, ao perder no terreno do Leicester por 4-2.

A partida chegou ao intervalo empatada a um golo, depois de Greenwood ter marcado, aos 19 minutos, para os visitantes, e Tielemans, aos 31, para a equipa da casa, na qual Ricardo Pereira foi titular.PUBNo segundo tempo, os golos só surgiram a 13 minutos do fim com Soyuncu colocar o Leicester em vantagem aos 78, Rashford a empatar aos 82. Apenas um minuto depois, Vardy colocou a equipa da casa em vantagem e já nos descontos (90+1) Patson Daka estabeleceu o resultado final. headtopics.com

O Manchester United, que na próxima jornada recebe o Liverpool, atual líder, segue na quinta posição, em igualdade pontual (16) com o Everton, que é sexto, e que no domingo defronta o West Ham.O Norwich e o Brighton empataram sem golos, enquanto o Southampton se impôs ao Leeds por 1-0, com um golo de Broja, aos 53 minutos.

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

O Futuro do PSD

Escolhemos seis questões que determinam o futuro do PSD e sobre elas questionámos os dois candidatos a presidente do partido, que será eleito a 27 de Novembro

Bernardo Silva e Ruben Neves marcam nas vitórias de City e WolvesOs dois internacionais portugueses ajudaram as suas equipas a vencerem na 8.ª jornada da Premier League

Jéssica Silva passa a ser agenciada pelo irmão de GuardiolaFutebol Feminino - Jéssica Silva passa a ser agenciada pelo irmão de Guardiola

7 dias, 7 propostas pelo editor Vítor Silva Mota

Que desafios para o futuro do futebol? Campeão do mundo Gilberto Silva e Marcos Motta, advogado de Neymar, vêm ao 'Jogo Económico' esta sexta-feira às 19hO campeão do mundo pelo Brasil em 2002 e o advogado responsável pela transferência mais cara da história estiveram em Portugal, no evento 'Global Football Management', e vieram ao programa da plataforma multimédia JE TV para abordar o futuro da gestão profissional dos clubes de futebol.

Bernardo Silva e Ruben Neves marcam nas vitórias de City e WolvesOs dois internacionais portugueses ajudaram as suas equipas a vencerem na 8.ª jornada da Premier League

José Maria Neves tenta vitória nas presidenciais de Cabo Verde sem precisar de segunda volta | Jornal EconómicoAs eleições presidenciais em Cabo Verde realizam-se no próximo domingo, 17 de outubro, e sem contar com Jorge Carlos Fonseca, que termina o segundo e último mandato como Presidente da República. Num período de mudança, portanto, as sondagens indicam invariavelmente a vitória de José Maria Neves (primeiro-ministro de 2001 a 2016) com uma margem confortável sobre Carlos Veiga (primeiro-ministro de 1991 a 2001).