BCP com rácio de capital abaixo de 9% em cenário adverso, diz EBA

BCP com rácio de capital abaixo de 9% em cenário adverso, diz EBA

31/07/2021 14:51:00

BCP com rácio de capital abaixo de 9% em cenário adverso, diz EBA

Num cenário muito severo, o setor bancário da União Europeia iria manter-se acima do rácio CET1 de 10%, diz EBA. O português BCP, que foi testado, fica abaixo. O BCP ficaria, em 2023, num cenário adverso com um CET1 'fully loaded' de 8,14%, face ao cenário base com que partiu, em 2020, de 12,2%.

31 Julho 2021, 11:24Num cenário muito severo, o setor bancário da União Europeia iria manter-se acima do rácio CET1 de 10%, diz EBA. O português BCP, que foi testado, fica abaixo. O BCP ficaria, em 2023, num cenário adverso com um CET1 “fully loaded” de 8,14%, face ao cenário base com que partiu, em 2020, de 12,2%.

Costa promete não esquecer Penafiel e ldiz que IC35 vai ser uma realidade PT2030 e PRR dão às empresas o dobro do que tiveram nos últimos seis anos, garante Costa Governo vai apostar no apoio ao investimento das empresas

O BCP foi um dos bancos que ficou com um rácio de capital abaixo de 10% em cenário adverso, segundo os testes de stress da EBA.Olhando para o rácio de capital core, o de melhor qualidade, espelhado no rácio de Common Equity Tier 1, o BCP no fim de 2020 tinha um rácio de 12,19% (12,20% na versão

fully loaded –EBA admiteque no fim deste ano estes rácios sejam de 12,89% e 12,85% respetivamente.Num cenário base o rácio de CET1 será de 13,49% em 31 de dezembro de 2022 (e ofully loadedde 13,44%). Em dezembro de 2023, segundo a EBA, o rácio do BCP no “ headtopics.com

baseline scenário” será de 13,84% (13,83% nofully loaded).No cenário adverso, traçado pela EBA, o BCP teria no fim deste ano um rácio de CET1 de 8,83% (8,16% na versãofully loaded); em dezembro de 2022 teria um rácio de CET1 de 8,55% (8,07%

fully loaded) e 8,30% (8,14%fully loaded) em 31 de dezembro de 2023, face ao cenário base com que partiu, em 2020, de 12,2%.Já a Caixa Geral de Depósitos atingiria, também em 2023 e num cenário semelhante, 15,34%, face a 18,22% no fim do ano passado.

A Caixa Geral de Depósitos e o BCP passaram nos testes de ‘stress’ efetuados pela Autoridade Bancária Europeia (EBA), com rácios de capital ‘Core Tier 1’ (CET1) acima de 6%, de acordo com os dados publicados.O tema do capital do BCP foi abordado na última conferência de imprensa de apresentação dos resultados semestrais. Miguel Maya reconheceu que o rácio de capital do BCP não tem uma grande folga, mas está confortável para o modelo de negócio e de risco do banco.

O rácio de capital do BCP em junho ficou rés-vés, ao atingir os 11,6% de CET1 (11,8% pro forma), quando a meta do plano estratégico anterior era de 12%. Mas para 2024 a meta do rácio de CET1 é de mais de 12,5%.A Autoridade Bancária Europeia (EBA) publicou esta sexta-feira os resultados do seus testes de stress de 2021 em toda a UE, que envolveu 50 bancos de 15 países da UE e do Espaço Económico Europeu, cobrindo 70% dos ativos do sector bancário da UE. headtopics.com

Ronaldo volta a marcar e Manchester United regressa às vitórias O golo de Cristiano Ronaldo que empatou a partida frente ao West Ham Portugal com mais 677 casos confirmados e cinco mortes por Covid-19

“Num cenário muito severo, o setor bancário da União Europeia iria manter-se acima do rácio CET1 de 10%, com a redução de capital de 265 mil milhões de euros a afetar o rácio inicial CET1 de 15%”, segundo a EBA sobre os resultados dos testes de stress. Assim, o rácio iria deteriorar-se em 485 pontos base, levando a um rácio de capital CET1 de 10,2% no final de 2023.

Este exercício permite avaliar, de forma consistente, a resiliência dos bancos da UE ao longo de um horizonte de três anos, tanto num cenário de referência como num cenário adverso, que se caracteriza por choques graves tendo em conta o impacto da pandemia.

Os resultados individuais do banco promovem a disciplina de mercado e são uma entrada para o processo de tomada de decisão da supervisão, diz a EBA.O cenário adverso tem um impacto de 485 bps no índice de capital CET1 totalmente carregado dos bancos (497 bps em uma base de transição), levando a um índice de capital CET1 de 10,2% no final de 2023 (10,3% em uma base transitória).

Os principais fatores de risco específicos que contribuem para o impacto geral no rácio de CET 1 numa basefully loadedincluem perdas de risco de crédito de 308 mil milhões (ou seja, -423 pontos base no CET1); perdas de risco de mercado, incluindo risco de crédito de contraparte, de 74 mil milhões (-102 bps de CET1); perdas de risco operacional, incluindo risco de conduta, de 49 mil milhões (-68 bps de CET1). headtopics.com

O rácio de capital CET1 final também é afetado por um ambiente económico lento.O impacto (adverso) no índice de capital CET1 varia significativamente entre os bancos, variando de uma redução mínima de -80 bps a uma redução máxima de -1,179 bps (em

phasing-in) ou de -80 bps a -996 bps (fully loaded).No caso dos bancos portugueses, a situação melhor é a da Caixa Geral de Depósitos. O banco público chegou ao final de 2020 com um rácio de capital CET1 de 18,22%, acima da média europeia, e ficará acima dos 15% (15,34%) em 2023 mesmo no cenário adverso.

Criadores da Janssen defendem terceira dose da vacina covid Polícia procura dispersar ajuntamentos na noite lisboeta Pergunte o que quiser sobre o FC Porto-Moreirense: participe no fórum Consulte Mais informação: Jornal Económico »

BCP com rácios de capitais próprios abaixo de 10% num cenário adversoO BCP ficaria com um rácio de capital totalmente implementado abaixo dos 10% num cenário adverso num horizonte a três anos.

BCP diz que 'não há desrespeito pela lei' nas rescisões de trabalhadoresO presidente executivo do BCP disse hoje, no parlamento, que 'não há desrespeito pela lei' no processo de saída de centenas de trabalhadores que o banco está a levar a cabo e que não tem aumentado o recurso a 'outsourcing'.

BCP diz que ″não há desrespeito pela lei″ nas rescisões de trabalhadoresO presidente executivo do BCP disse, esta terça-feira, no parlamento, que 'não há desrespeito pela lei' no processo de saída de centenas de trabalhadores que o banco. Sindicatos falam em clima de terror e cartelização.

Banca europeia foi fazer testes de “stress”. A CGD ficou entre os melhores, o BCP nos pioresNum cenário em que a Covid tenha efeito prolongado nos próximos anos, a Caixa consegue sentir um menor impacto na sua solidez que o BCP. Banco público está entre os dez que ficariam com rácio mais elevado, BCP na posição exatamente contrária

BCP com rácios de capitais próprios abaixo de 10% num cenário adversoO BCP ficaria com um rácio de capital totalmente implementado abaixo dos 10% num cenário adverso num horizonte a três anos.

Banca europeia com destruição de 265 mil milhões nos capitais em cenário adversoOs testes de stress conduzidos pela EBA concluem que a banca europeia por partir de uma base melhor de capitais nestea análise, mesmo num cenário adverso ficaria com o rácio de capitais principal acima dos 10%.