Barclays dispara lucros até aos 6.204 milhões de euros nos primeiros nove meses

Barclays dispara lucros até aos 6.204 milhões de euros nos primeiros nove meses

22/10/2021 17:03:00

Barclays dispara lucros até aos 6.204 milhões de euros nos primeiros nove meses

O resultado líquido atribuído do banco Barclays atingiu 5.258 milhões de libras (6.204 milhões de euros) nos primeiros nove meses do ano, um aumento de 302% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Recorde-se que entre janeiro e setembro de 2020, o Barclays tinha registado um lucro atribuído de 1.306 milhões de libras (1.543 milhões de euros).O lucro antes de impostos do Barclays de janeiro a setembro deste ano foi de 6.940 milhões de libras (8.189 milhões de euros), um aumento de 186% em relação aos mesmos nove meses do ano passado, de acordo com a nota.

Portugal com mais 22 mortes e 5.649 novos casos de covid-19 em 24 horas Morreu Pedro Gonçalves, a metade discreta dos Dead Combo Detetados 152 passageiros nos aeroportos sem teste negativo ou certificado de recuperação

Em termos trimestrais, o Barclays PLC divulgou esta quinta-feira uma subida do lucro antes de impostos e receitas totais acima do esperado no terceiro trimestre. O valor de 1,96 mil milhões de libras compara com 1,15 mil milhões de libras no período homólogo do ano anterior.

O lucro líquido do trimestre foi de 1,45 mil milhões de libras, acima dos 611 milhões de libras registados no mesmo trimestre de 2020, segunda agência Dow Jones. O consenso de estimativas compilado pelo Barclays apontava para 1,06 mil milhões de libras. headtopics.com

No terceiro trimestre as receitas totais cresceram para 5,47 mil milhões de libras, face a 5,20 mil milhões no período homólogo. As projeções eram de 5,23 mil milhões de libras.Nos nove meses, as receitas atingiram os 16.780 milhões de libras (19.800 milhões de euros) nos primeiros nove meses deste ano, uma ligeira queda de 0,26% em relação ao mesmo período de 2020.

O rácio empréstimos-depósitos foi de 69%, que compara com 70% no mesmo período do ano anterior, enquanto os empréstimos atingiram 353.000 milhões de libras (416.540 milhões de euros) e os depósitos ascenderam a 510.200 milhões de libras (602.036 milhões de euros).

Relativamente ao nível de solvência, o rácio CET1 era de 15,4%, prevendo-se que se mantenha acima dos 13% ou 14% até ao final do ano, de acordo com o banco britânico.O presidente executivo do Barclays, James Staley, considerou esta quinta-feira que estes resultados demonstram os benefícios do seu modelo de negócios diversificado, acrescentando que o banco continua a apoiar os seus clientes no período de pandemia.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

O Futuro do PSD

Escolhemos seis questões que determinam o futuro do PSD e sobre elas questionámos os dois candidatos a presidente do partido, que será eleito a 27 de Novembro

Caos nos hospitais: 204 mil pessoas em lista de espera para cirurgiaInfográficos - Caos nos hospitais: 204 mil pessoas em lista de espera para cirurgia

Barclays ganhou mais de 6.204 milhões de euros nos primeiros nove meses do anoO diretor executivo do Barclays, James Staley, considerou que estes resultados demonstram os benefícios do seu modelo de negócios diversificado, acrescentando que o banco continua a apoiar os seus clientes no período de pandemia.

Sporting anuncia renovação de contrato de Matheus NunesO internacional português de 23 anos assinou até 2026. A cláusula de rescisão mantém-se nos 60 milhões de euros.

Lucros do espanhol Abanca sobem 46% para 210 milhões de euros até setembroO Abanca destaca que as receitas recorrentes por produtos e prestação de serviços bancários aumentaram 8,2% e que a margem recorrente melhorou 56,2% e alcançou os 190 milhões de euros, 'graças à força do negócio e melhoria da eficiência'. O futuro e mesmo por aqui

Ansu Fati renova até 2027 e fica com cláusula de mil milhões de eurosJogador com raízes guineenses prolongou ligação aos catalães. Avançado completa 19 anos este mês Ansu fati está estranho

Banco espanhol Abanca vê lucros subirem 46% no terceiro trimestreA margem bruta foi de 803 milhões de euros, um recuo de 8,4%, ao passo que o resultado operacional no terceiro trimestre melhorou 3,7%, para os 202 milhões de euros