Banco polaco do BCP tomba 6% após decisão de tribunal sobre processo de produtos em moeda estrangeira

25/11/2021 12:19:00

O tribunal ordenou ao Bank Millennium que pagasse 100 milhões de zlotys a uma construtora, na sequência de um processo que envolvia a empresa contra o banco sobre produtos em moeda estrangeira

Bank Millennium, Justiça

O tribunal ordenou ao Bank Millennium que pagasse 100 milhões de zlotys a uma construtora, na sequência de um processo que envolvia a empresa contra o banco sobre produtos em moeda estrangeira

O tribunal ordenou ao Bank Millennium que pagasse 100 milhões de zlotys a uma construtora, na sequência de um processo que envolvia a empresa contra o banco sobre produtos em moeda estrangeira.

E usufrua de todas as vantagens de ser assinanteAs ações do Bank Millennium, a divisão polaca do BCP, estão a desvalorizar perto de 6%, arrastadas por uma decisão do tribunal, que ordenou ao banco que pagasse 100 milhões de zlotys (21,3 milhões de euros) à construtora Erbudover, no seguimento de um processo na justiça sobre produtos em moeda estrangeira.

 O banco polaco já esteve a tombar um máximo de 5,8% nos primeiros minutos de negociação, a reagir à notícia que vai obrigar o Bank Millennium a indemnizar a Erbudover, tendo entretanto atenuado as quedas – cai 2,7%.

Consulte Mais informação:
Jornal de Negócios »

Viana do Castelo formaliza candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027Decisão final sobre a cidade vencedora é tomada em 2023 Ex-presidente do Brasil Lula 🦑 é um LADRÃO!!! Nunca deixará de ser um 🦑 LADRÃO ! ! !

Jantar a seis mãos celebra os produtos portuguesesUma nova geração de chefs junta-se esta quinta-feira no Terroir, em Lisboa, para celebrar a essência dos produtos portugueses.

Jantar a seis mãos celebra os produtos portuguesesUma nova geração de chefs junta-se esta quinta-feira no Terroir, em Lisboa, para celebrar a essência dos produtos portugueses.

Jurgen Klopp sobre possível rotação: «Temos de pensar em nós, mas queremos ganhar»Liga dos Campeões - Jurgen Klopp sobre possível rotação: «Temos de pensar em nós, mas queremos ganhar»

Navio de guerra dos EUA cruza estreito de Taiwan após cimeira Biden - XiO porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros da China condenou esta terça-feira a travessia, apontando-a como uma 'tentativa deliberada de interromper e minar a paz'

Cláudia Simões quer que os três polícias acusados de a agredir sejam julgados por racismoAdvogada pediu abertura de instrução do processo em que o Ministério Público acusa o agente de agredir Cláudia Simões mas não incluiu a discriminação e incitamento ao ódio e à violência. isso e couves fdx agora e tudo racismo.... esperando os 'self-reports'.

Assine para partilhar E usufrua de todas as vantagens de ser assinante As ações do Bank Millennium, a divisão polaca do BCP, estão a desvalorizar perto de 6%, arrastadas por uma decisão do tribunal, que ordenou ao banco que pagasse 100 milhões de zlotys (21,3 milhões de euros) à construtora Erbudover, no seguimento de um processo na justiça sobre produtos em moeda estrangeira.Lusa A Câmara de Viana do Castelo formalizou a entrega da candidatura"Viana, Mar de Cultura" a Capital Europeia da Cultura (CEC) 2027.viver Mexilhão em escabeche.viver Mexilhão em escabeche.

  O banco polaco já esteve a tombar um máximo de 5,8% nos primeiros minutos de negociação, a reagir à notícia que vai obrigar o Bank Millennium a indemnizar a Erbudover, tendo entretanto atenuado as quedas – cai 2,7%. Leia Também Bank Millennium chegou a acordo com 2. O prazo para a apresentação de candidaturas a CEC terminou esta terça-feira.500 clientes com créditos em francos suíços   Os resultados da divisão do BCP na Polónia têm sido penalizados pelos processos que envolvem clientes que detinham créditos em francos suíços, casos que têm forçado o Bank Millennium a deixar vários milhões em provisões para lidar com estes litígios. Eis algumas das iguarias do jantar a seis mãos que vai acontecer amanhã no Terroir, restaurante situado em Lisboa e que, após a celebração do primeiro ano de vida, organiza, pela primeira vez, um evento gastronómico com vários chefs.   Leia Também Banco do BCP na Polónia fecha primeiros nove meses com prejuízos de 181,2 milhões No final de setembro, o banco tinha processos de clientes com créditos em moeda estrangeiros no valor de 1,73 milhões de zlotys. O comissário da candidatura é Gonçalo Vasconcelos e Sousa, professor catedrático da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa, coordenador do doutoramento em Estudos do Património, académico da Academia Portuguesa da História e da Academia Nacional de Belas-Artes e presidente da Federação dos Amigos dos Museus de Portugal. Ainda assim, a instituição está determinada em tirar muitos destes processos de tribunal, procurando chegar a acordo com os clientes fora da Justiça. "Este evento permite-me convidar chefs cujo trabalho admiro, com quem me identifico e com os quais partilho a dedicação ao que é português.

. "Além de contar com o apoio dos municípios e instituições de Viana do Castelo e do Alto Minho, a candidatura de Viana do Castelo conta com um conjunto alargado de incentivos nacionais e internacionais", refere o comunicado. As linhas culinárias do Mateus Freire e do Vítor Adão têm muito em comum com a minha, no que toca à proximidade com os produtos nacionais e de época, e enquanto três jovens representantes da gastronomia portuguesa, fazia todo o sentido juntarmo-nos para o primeiro jantar a várias mãos no Terroir", diz Tiago Rosa, 26 anos, chef do Terroir.