Banco de Inglaterra abre a porta a aumento das taxas de juro já em novembro

Banco de Inglaterra abre a porta a aumento das taxas de juro já em novembro

23/09/2021 23:43:00

Banco de Inglaterra abre a porta a aumento das taxas de juro já em novembro

O banco central britânico estima uma inflação em novembro de 4%, bem acima do alvo de 2%, o que poderá obrigar a uma subida das taxas de juro diretoras já nesse mês, de forma a conter o sobreaquecimento da economia.

O Banco de Inglaterra (BoE) abriu esta quinta-feira a porta a uma subida das taxas de juro diretoras já em novembro, perante a pressão que tem colocado o aumento de preços no país. Com a previsão de que a inflação atinja os 4% em novembro, o banco central britânico admite subir as taxas de referência ainda este ano, de forma a controlar o aquecimento da economia.

Mais de uma centena em protesto contra ″roubo″ no preço dos combustíveis Mais de uma centena protestam em Lisboa contra preço dos combustíveis Centenas pelo país protestam contra o aumento do preço dos combustíveis

A subida dos preços da energia tem sido o principal motor do aumento de preços, com os produtores a passarem a incidência do aumento de custos aos consumidores, explica o BoE.Assim, e numa postura mais agressiva do que, por exemplo, os seus congéneres norte-americanos, os membros do Comité de Política Monetária do organismo concordam que, caso seja necessário, o banco central deverá subir as taxas de juro ainda antes do fim programado do programa de compra de ativos em curso, que está previsto para o final deste ano.

A inflação no Reino Unido atingiu os 3,2% em agosto, uma subida em relação aos 2% registados em julho, valor que é igualmente o alvo do banco central daquele país para o médio e longo prazo. No entanto, os custos da energia, sobretudo do gás natural, constituem um fator de incerteza neste indicador, com os analistas do BoE a identificarem neste headtopics.com

inputum significativo risco de aumento da inflação. Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Dados da ‘fintech’ do grupo Alibaba vão ser integrados no banco central chinêsA imprensa chinesa informou anteriormente que muitos dos utilizadores do serviço de pagamento receberam um aviso através da aplicação móvel, instando-os a aceitar os novos termos de utilizador, que incluem partilhar as suas informações de crédito com o Banco Popular da China (banco central).

A decisão do Banco de Inglaterra e 4 outras coisas que precisa de saber para começar o diaDepois da Fed na quarta-feira, hoje será a vez de o Banco de Inglaterra anunciar a sua decisão de política monetária. É também dia de novos dados económicos de relevo.

Money, Money, Money. Como vai ser o futuro do Novo Banco? António Ramalho respondeDigitalização, saída da crise e regresso aos lucros são alguns dos desafios do banco que nasceu em 2014 com o estouro do BES. E que vai mudar de nome

Fed mantém taxas de juro inalteradas e perspetiva redução da compra de ativos num futuro próximoA autoridade monetária norte-americana reconhece que, dados os sinais de recuperação que a maior economia do mundo tem vindo a dar, a probabilidade de iniciar a diminuição do programa de compra de ativos em curso nos próximos meses é elevada.

Taxa de poupança das famílias recua para 11,5% no segundo trimestre e puxa pelo aumento do consumoA taxa de poupança das famílias em Portugal diminuiu 2,7 pontos percentuais no segundo trimestre deste ano face ao trimestre anterior, em resultado do aumento da despesa de consumo

″Estripador de Yorkshire″ morreu de covid-19Peter Sutcliffe, conhecido como 'Estripador de Yorkshire' morreu de covid-19 em novembro de 2020, após recusar tratamento e ter ignorado as orientações de proteção da prisão.