Tecnologia, Idosos, Covid-19, Saúde, Doenças, Coronavírus, Tecnologia

Tecnologia, Idosos

Auxílio à terceira idade: Gota, um botão mais eficaz que o 112

Idosos: Auxílio à terceira idade: Gota, um botão mais eficaz que o 112

13/05/2021 23:49:00

Idosos : Auxílio à terceira idade: Gota, um botão mais eficaz que o 112

O Gota é um aparelho que está a ser utilizado em várias freguesias do Porto para acompanhar idosos à distância. Vem com um botão SOS, detector de quedas e GPS.

Adriano MirandaNa União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos (UFLOM), no Porto, desde o começo do ano que os mais idosos, que vivem sozinhos ou precisam de cuidados acrescidos, só têm de carregar num botão para pedir ajuda ou falar com alguém. Na maioria dos casos, levam o pequeno botão no bolso ou no pescoço como se fosse um colar.

Bolsonaro gere crise pandémica com ajuda de um ministério-sombra Israel quebra cessar-fogo e lança ataques aéreos em Gaza 665 euros. Portugal ultrapassou a Grécia no valor do salário mínimo

“É uma coisa pequena, parece um coração. Se cairmos, dá logo sinal e chama ajuda”, descreve ao PÚBLICO Álvaro Galhardo, 89 anos. “Felizmente, no meu caso nunca foi usado dessa forma. Só para falar com a equipa da câmara. Ligam-me com frequência para saber como estou.”

Álvaro Galhardo é um dos 68 idosos da região que já está a utilizar o Gota, um dispositivo de SOS desenvolvido pelaClick2Careque está a ser distribuído pela população desde Janeiro. O aparelho vem com um acelerómetro para detectar quedas, um GPS que permite aceder à localização do utilizador em tempo real e tecnologia para fazer e receber chamadas a qualquer hora — basta carregar no botão.  headtopics.com

Do outro lado da linha, está sempre um profissional da Human Talent, uma empresa especializada na gestão de acompanhamento de doentes crónicos. “Sinto-me mais seguro com o Gota”, admite Álvaro Galhardo, que vive sozinho há já alguns anos. “Isto é das melhores ideias porque me permite sair em segurança, sem medo e sem depender de ninguém. Sei que, se acontecer algo, as pessoas que me podem ajudar sabem onde estou.”

Ao todo, a UFLOM investiu 24.320 euros para comprar 80 equipamentos e subscrever aos serviços da Click2Care por dois anos, uma empresa que presta assistência a cerca de 8000 utilizadores todos os dias.A tecnologia de assistência para idosos é um mercado em crescimento, com dados da Global Industry Analyst a indicarem que a área deve atingir os 34 mil milhões de dólares (perto de 28 mil milhões de euros) nos próximos seis anos, com uma taxa de crescimento anual composta (CAGR) de 5,6%. A pandemia da covid-19 trouxe mais atenção para a área devido às

em lares de idosos. Terceira idade sob vigilância?“O grande objectivo deste tipo de tecnologias é devolver a independência e mobilidade às pessoas e diminuir o isolamento. A maioria dos nossos utentes são pessoas que têm posse de todas as faculdades mentais, mas têm algumas falhas motoras e podem precisar de ajuda”, resume Olivio Pereira, director comercial das Tecnologias Imaginadas, responsável pela tecnologia Click2Care. 

Como funciona o Gota?FotoAlém de GPS, o aparelho usa tecnologia Bluetooth Low Energy (BLE) para ajudar a localizar o utilizador em caso de emergência. Uma habitação pode ser equipada com vários “faróis” BLE que permitem saber a localização exacta do Gota no interior da habitação do utilizador. Estes sistemas de localização são a fonte de dados que permite à Click2Care avaliar o bem-estar da pessoa idosa e detectar situações de emergência.  headtopics.com

Rui Rio acusa PS de alimentar clientelas Ativista da Greenpeace sobrevoou e caiu no relvado antes do França-Alemanha Arrancou o processo de financiamento da bazuca europeia

 “A vantagem do nosso serviço em relação a uma chamada para o 112 ou para os bombeiros é que a pessoa da nossa Central sabe logo quem está a ligar através do Gota”, explica Olivio Pereira. “Por exemplo, sabem que é o senhor João que está em casa e tem problemas a lembrar-se de coisas. E isto facilita o processo.”

Consulte Mais informação: Público »

Aos que restam depois do exterminio.

Tribunal Geral da UE contraria Bruxelas. Auxílios do Luxemburgo à Amazon não são ilegaisO Tribunal Geral da UE considera que não houve qualquer auxílio incompatível com as regras da concorrência, por parte do Luxemburgo à Amazon, anulando uma decisão da Comissão Europeia.

Adeptos do Sporting celebram onde o Real Madrid festeja os seus títulosVídeos - Adeptos do Sporting celebram onde o Real Madrid festeja os seus títulos

“Governo tem de perceber que a pressão sobre os laboratórios faz ricochete”: Ema Paulino, a mulher que quer liderar as farmácias portuguesasTesoureira da Ordem dos Farmacêuticos, Ema Paulino critica o travão à revisão dos preços mais baixos dos medicamentos, alertando que a poupança não compensa: 'Ficam apenas as alternativas mais caras'

Casal residente no Alentejo acusado de tráfico de pessoas e auxílio à imigração ilegalAlegadas vítimas estariam a trabalhar num empreendimento turístico propriedade dos arguidos.

Vasco Serpa: Não basta fazer “um trabalho avulso para um evento”Sétimo classificado nos Jogos Olímpicos de Atlanta na classe laser, na vela, o responsável pelo projecto SailCascais considera que falta “um pouco mais de estratégia para o desporto português”.

Edifício em Gaza colapsa após ataque aéreo israelita. Veja o momentoMundo - Edifício em Gaza colapsa após ataque aéreo israelita. Veja o momento