Autoridades já multaram 21 companhias aéreas e 591 passageiros por falta de teste negativo à covid-19

Aeroporto Coronavírus Pandemia Saúde Doenças Viagens

08/12/2021 17:16:00

A Polícia de Segurança Pública (PSP) e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) já fiscalizaram 186.267 passageiros e 1.985 voos devido à obrigatoriedade de desembarcar em Portugal com teste negativo à covid-19 ou com certificado de recuperação.

Entrou na história mas pelas piores razões: Tribunal confirma deportação de Djokovic e sérvio falha Open da Austrália

Segundo os dados disponibilizados à agência Lusa pelo Ministério da Administração Interna (MAI), nos primeiros seis dias da medida que entrou em vigor no passado dia 1, foram levantadas 591 contraordenações, sendo que 403 foram levantadas pela PSP, que controla os passageiros provenientes de voos com origem no espaço Schengen, e 188 pelo SEF.

Entre as contraordenações, estão seis cidadãos estrangeiros a quem foi recusada a entrada no país por não terem apresentado teste negativo no desembarque. Sublinhe-se que a realização do teste no aeroporto só é permitida aos cidadãos de nacionalidade portuguesa, estrangeiros com residência em Portugal e pessoal diplomático. Estão isentos desta obrigatoriedade, os passageiros de voos domésticos, os menores de 12 anos e as tripulações. headtopics.com

Foram ainda multadas 21 companhias aéreas por transportarem passageiros que não apresentaram uma das duas opções, que incorrem uma multa entre os 20 mil e os 40 mil euros por passageiro. Já os cidadãos ficam sujeitos a uma multa entre os 300 e os 800 euros.

Djokovic será deportado e falha Open da Austrália - SIC Notícias

Nas fronteiras terrestres, em que os cidadãos de países exteriores à União Europeia e dos países da UE considerados de risco precisam de teste negativo ou certificado de recuperação, foram realizadas 945 operações aleatórias de fiscalização.

No total, foram fiscalizadas 8.652 viaturas ligeiras, mercadores e motociclos, 294 transportes coletivos e dois comboios que deram origem a 26 autos de contraordenação por falta de teste ou certificado de recuperação. 

Consulte Mais informação: Jornal SOL »

O debate entre António Costa e Jerónimo de Sousa na íntegra - CNN Portugal

CNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Covid-19: multadas 21 companhias aéreas e 591 passageiros em seis diasDesde 1 de dezembro que todos os passageiros que cheguem a Portugal por via área são obrigados a apresentar teste negativo à covid-19 ou certificado de recuperação no desembarque

Multadas 21 companhias aéreas e 591 passageiros desde 1 de dezembroVinte e uma companhias aéreas e 591 passageiros foram multados nos aeroportos portugueses nos primeiros seis dias de obrigatoriedade de desembarcarem com teste negativo à covid-19 ou certificado de recuperação, revelou, esta quarta-feira, à Lusa o Ministério da Administração Interna.

Covid-19. Mais 21 mortos e 3.417 casos confirmados em PortugalTudo fake... Aldrabões. Liberdade 💪💪

Internamentos descem ligeiramente num dia com 21 mortosO boletim da DGS indica que se registaram 3417 novos casos de covid-19, estando agora 936 pessoas internadas, dos quais 133 doentes nos cuidados intensivos. Tá bom, mas quantos desses casos são de pessoas vacinadas? Quantas mortes foram desse mencionado grupo? Sem informação, meus filhos NÃO SERÃO VACINADOS

PSP procura agressores que esfaquearam jovem de 21 anos em BragaA PSP de Braga procura os autores de uma agressão com faca a um jovem de 21 anos ocorrida, esta noite, pelas duas horas da madrugada, em Gualtar, perto da zona de bares vizinha da Universidade do Minho.

Reserva Natural da Lagoa dos Salgados é a nova área protegida nacional, a primeira a ser criada em 21 anosPela primeira vez em duas décadas, Portugal cria uma nova área protegida. Os termos que dão forma, corpo e proteção à Reserva Natural da Lagoa dos Salgados, no concelho de Silves, no Algarve, entram em discussão pública na quinta-feira. Ambientalistas aplaudem a decisão.