Armadura volta à casa para os 500 anos da morte do rei D. Manuel

Armadura volta à casa para os 500 anos da morte do rei D. Manuel

28/11/2021 16:25:00

Armadura volta à casa para os 500 anos da morte do rei D. Manuel

Missa com o cardeal patriarca de Lisboa, concertos com repertório de época e espetáculo de luzes completam celebração no Mosteiro dos Jerónimos

JornalistaNão se sabe como nem quando, mas uma armadura dita de D. Manuel I foi parar a França. Primeiro foi vista na importante coleção privada de Georges Paulhiac e depois no Musée de l’Armée, em Paris. Com mais de 1,80 metros e gravada com a esfera armilar, voltará a Lisboa para assinalar os cinco séculos da morte do rei e, ao abrigo de um empréstimo, estará exposta até abril de 2022 na Sala do Capítulo do Mosteiro dos Jerónimos, numa vitrina climatizada.

António Costa acusa Rui Rio de disfarçar desconhecimento com 'graçola'

Artigo Exclusivo para assinantesAproveite já a Campanha Black Friday

Consulte Mais informação: Expresso »

Decisão 22: o confronto entre Catarina Martins e Cotrim Figueiredo na íntegra - CNN Portugal

CNN Portugal. O novo canal de informação, com uma cultura multiplataforma, propõe-se a acompanhar, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Advogada paga 500 mil a clientes para fugir a penaEma dos Santos, de Barcelos, estava a ser julgada por burla, mas devolveu dinheiro que lhe tinha sido confiado.

Omicron leva Wall Street ao “vermelho”. S&P 500 tomba 2,3% , a maior queda desde fevereiroA “maré vermelha” trazida às bolsas pela nova variante de covid-19 também chegou a Wall Street. A sessão foi mais reduzida esta sexta-feira, no dia a seguir ao feriado do Dia de Ação de Graças.

Carta de alforria às Entidades Regionais de TurismoOlhando para os números do Turismo este ano percebemos o aparecimento da linha da esperança

Covid-19: Câmara de Bragança cancela grande parte das atividades previstas para dezembroEm causa estão os programas de Natal, da Bienal da Máscara e do Fim de Ano.

Morte de mãe que raptou filhos impede pai de os ver há ano e meioMulher vivia no Luxemburgo e fugiu para Portugal, onde faleceu com cancro. Entregou menores a meios-irmãos.

Países Baixos detetam 13 casos de nova variante OmicronOs passageiros chegaram ao aeroporto de Amesterdão num dos voos procedentes da África do Sul.