Ao minuto: siga a campanha eleitoral - CNN Portugal

22/01/2022 22:45:00
Ao minuto: siga a campanha eleitoral - CNN Portugal

A arruada do Chega em Braga foi interrompida por uma mulher que pediu a Ventura para “deixar de ser racista”

A arruada do Chega em Braga foi interrompida por uma mulher que pediu a Ventura para “deixar de ser racista”

CNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

“Não pode ser racista para os ciganos, que somos seres humanos como os outros. Todos trabalhamos”, disse Fátima Romero, que decidiu furar a comitiva do Chega, com algumas dezenas de pessoas, para confrontar André Ventura.“Mas nós trabalhamos. A sua etnia também tem uns que trabalham e outros que não trabalham”, respondeu a mulher, de 58 anos.

20:292022-01-22 2022-01-22 2022-01-22  1 / 6PUB5 / 6❮19:49Depois de ter começado o dia em Braga, a caravana centrista rumou durante a tarde às cidades de Caminha e Viana do Castelo, para contactos com a população.

Consulte Mais informação: CNN Portugal »

Racista e não só Mais um dia no Diário do Pateta.Não chega a 4% o número dos beneficiários do RSI de etnia cigana.Mesmo sabendo disso, este idiota continua a apostar na desinformação e no populismo. Pior ainda: sabe disso, esconde e propala uma mentira de forma deliberada e consciente Saudades do tempo em que não existia CNN em Portugal.

Em Portugal não existe racismo! Fátima a santa ? 😂😂😂 O voto útil é no Chega. Tenho a plena convicção que o partido Chega vai ter entre 10% a 15%. ela disse 'deixa de ser racista e coloca o restante no lixo'... Racista e cool dela Tenham juizo... Sinceramente, depois de ter acontecido isto á pouco á vista de todos, a vossa notícia é essa? Sejam imparciais.

A campanha eleitoral ao minuto - CNN PortugalOs eleitores que tenham feito a sua inscrição no voto antecipado em mobilidade, mas não consigam exercer o seu direito de voto no dia 23, podem sempre votar no dia 30.

Aparato policial à chegada a tribunal foi para proteger Rendeiro e documentos oficiais portugueses - CNN PortugalCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Homem em morte cerebral doou o corpo para uma inovação na área da transplantação - CNN PortugalCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

“Aquaman” de Tonga sobrevive a tsunami após nadar 27 horas - CNN Portugal

“Aquaman” de Tonga sobrevive a tsunami após nadar 27 horas - CNN PortugalCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo. fantastic will in adversity

Estamos a ter umas eleições disputadas: Sócrates sobre eleições Legislativas - CNN Portugal

Estamos a ter umas eleições disputadas: Sócrates sobre eleições Legislativas - CNN PortugalCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

CDU desvaloriza sondagens e pede mais incentivos à fixação de médicos no interior - CNN Portugal

CDU desvaloriza sondagens e pede mais incentivos à fixação de médicos no interior - CNN PortugalCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo. A CNN é toda de esquerda

19:21 Em Braga, Ventura ouviu Fátima a pedir-lhe para “deixar de ser racista” com os ciganos A arruada do Chega em Braga foi interrompida por uma mulher cigana que pediu a Ventura para “deixar de ser racista”, com o líder do Chega a alegar que “muitos ciganos” não trabalham, apesar de estudos apontarem no sentido contrário.13:59 João Oliveira diz que Costa está "a fugir" ao apelo a convergência O dirigente comunista João Oliveira defendeu hoje que o secretário-geral do PS, António Costa, está “a fugir” ao “apelo direto” feito pelos comunistas sobre a convergência entre os dois partidos depois das eleições legislativas.Aparato policial à chegada a tribunal foi para proteger Rendeiro e documentos oficiais portugueses Há 48 min Tem início esta sexta-feira o início do julgamento do processo de extradição de João Rendeiro.Homem em morte cerebral doou o corpo para uma inovação na área da transplantação Há 3h e 7min.

  “Não pode ser racista para os ciganos, que somos seres humanos como os outros. Todos trabalhamos”, disse Fátima Romero, que decidiu furar a comitiva do Chega, com algumas dezenas de pessoas, para confrontar André Ventura. Essa convergência, alertou o dirigente comunista, é não só para impossibilitar a constituição de um Governo de direita, mas também para encontrar as respostas de que o país necessita.   O líder do Chega insistiu que não é racista e que o que o seu partido quer é “que os ciganos trabalhem” como “todos os outros”..   “Mas nós trabalhamos. 2022-01-21 13:59 Cotrim Figueiredo diverte-se com número de partidos a lutar pelo 3º lugar O presidente da Iniciativa Liberal (IL) disse-se hoje divertido ao constatar que o conjunto de partidos políticos a lutar pelo terceiro lugar nas eleições legislativas de 30 de janeiro é maior do que se poderia prever. A sua etnia também tem uns que trabalham e outros que não trabalham”, respondeu a mulher, de 58 anos.

  “Sabe que isso não é verdade”, contrapôs André Ventura, insistindo que “há muitos ciganos que não trabalham”, apesar de um estudo de 2015 encomendado pelo Alto Comissariado para as Migrações concluir que a maioria das pessoas daquela etnia trabalha e de um relatório do Instituto da Segurança Social de 2008 referir que apenas 3,9% das famílias beneficiárias de Rendimento Social de Inserção (RSI) à época eram de etnia cigana. Este comentário surgiu depois de questionado sobre sondagens que, já por diversas vezes, disse não comentar. Siga ao minuto: 20:29 Bloco acusa direita de abusos na lei laboral Catarina Martins endureceu as críticas à direita, que acusa de querer transformar a lei laboral na lei da selva. O dia dos bloquistas começou com o tema dos cortes das pensões, que serão para o Bloco uma linha vermelha nas negociações com o Partido Socialista. 2022-01-21 13:57 Costa: "Não há nenhuma fatalidade para o país ser pior que os outros países" O secretário-geral do PS considera que nem a descida do IRC, nem o congelamento de salários ajuda no desenvolvimento do país, e elogia a resiliência dos portugueses durante os tempos mais difíceis.  A coordenadora do Bloco de Esquerda falou sobre precariedade das gerações mais novas e garante que o Bloco é a solução para travar abusos em matéria de trabalho. 2022-01-22 20:27 Costa apela a mobilização de militantes para “chamar a votar” indecisos O secretário-geral do PS apelou hoje a que os militantes socialistas não “descansem nem um segundo” para “chamar a votar todos aqueles que ainda estão indecisos”, sustentando que uma vitória do PS é uma “vitória de todos os portugueses”. 2022-01-21 13:50 Sondagens: Cotrim de Figueiredo "divertido" com o número de partidos que lutam pelo terceiro lugar O presidente da Iniciativa Liberal afirma que o partido está pronto para assumir as responsabilidades que tiver de assumir na sequência das eleições legislativas.

  “Peço (…) a todos e a todas que não descansem nem um segundo ao longo da próxima semana. Temos que chamar a votar todos aqueles que ainda estão indecisos, e a quem temos de esclarecer e explicar, e explicar, e explicar, o que é que está em causa nestas eleições”, referiu António Costa num comício em Viseu. 2022-01-21 13:37 Catarina Martins apela ao voto dos indecisos que querem defender o SNS A coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu hoje que, com tantos indecisos apontados pelas sondagens, é fundamental que esta campanha eleitoral seja sobre soluções para o país, apelando ao voto de quem quer defender o Serviço Nacional de Saúde (SNS).   O líder socialista apelou a uma mobilização junto de familiares, colegas, vizinhos e desconhecidos para “garantir uma grande vitória do PS” nas próximas eleições legislativas. 2022-01-22 20:26 Costa afirma que a covid-19 continua e Portugal não está em tempo de aventuras políticas O secretário-geral do PS advertiu que Portugal não está em tempo de aventuras políticas, que ainda hoje mais 58 mil cidadãos foram infetados pelo SARS-CoV-2, e defendeu que desde 2016 há gestão responsável das contas públicas. “Nós estamos aqui para dizer, no momento em que há tanta gente que está indecisa, mas que quer defender o SNS, que cada voto no Bloco de Esquerda será um voto numa solução no dia seguinte”, comprometeu-se Catarina Martins.   Estas mensagens foram transmitidas por António Costa no discurso com que encerrou o comício do PS que se realizou na Expocenter, em Viseu, após discursos do presidente da Federação, José Rui Cruz, e do cabeça de lista socialista por este círculo eleitoral, João Azevedo.

  “Não estamos em tempo de aventuras, o país já sofreu muito nos últimos dois anos. Catarina Martins usa o SNS para desviar intenções de voto à direita. O país ainda está a sofrer muito. Ainda hoje houve mais 58 mil pessoas que foram infetadas pelo vírus. Recorda-se que os eleitores que tenham feito a sua inscrição no voto antecipado em mobilidade, mas não consigam exercer o seu direito de voto no dia 23, podem sempre votar no dia 30. Continuamos, infelizmente, a aumentar o número de pessoas que estão a falecer com covid-19”, apontou o líder socialista. 2022-01-22 19:59 Rio acusa Costa de "mentira" sobre proposta do PSD para a justiça O presidente do PSD, Rui Rio, acusou hoje António Costa de mentir e de “enganar objetivamente as pessoas” relativamente à proposta social-democrata de aumentar a participação da sociedade civil nos conselhos superiores de justiça. 2022-01-21 13:17 PCP acusa PS de querer maioria absoluta para "tirar" deputados aos comunistas João Oliveira diz que António Costa continua a fugir à resposta sobre se apoia ou não uma convergência com a CDU para afastar a direita do poder CARREGAR MAIS.

  Na iniciativa “Conversas Centrais” que decorreu hoje em Aveiro e que foi dedicada ao tema da justiça, Rui Rio explicou que o documento proposto pelo PSD tem como “linha laranja” – ou linha vermelha – que, na composição dos conselhos superiores de justiça, “a maioria não deve ser de magistrados, devem ser de fora para que haja uma maior transparência”.   “Quando nós ouvimos o doutor António Costa vir dizer que isto significa por o poder político a controlar os tribunais, quem é investigado, como é investigado, quando é investigado e que sentença é dada, isto é uma mentira que ele sabe que é uma mentira, como é evidente, e que está a enganar, mas está objetivamente a enganar as pessoas”, afirmou o líder do PSD..   Rio acrescentou ainda que, num debate televisivo, o ainda primeiro-ministro disse ter “alguma vantagem” sobre si nesta área, da justiça. 2022-01-22 CDU com desfile e comício em Almada 1 / 6 João Oliveira no desfile/comício em Almada (MÁRIO CRUZ/Lusa) 2 / 6 João Oliveira no desfile/comício em Almada (MÁRIO CRUZ/Lusa) PUB João Oliveira no desfile/comício em Almada (MÁRIO CRUZ/Lusa) 4 / 6 João Oliveira no desfile/comício em Almada (MÁRIO CRUZ/Lusa) 5 / 6 João Oliveira no desfile/comício em Almada (MÁRIO CRUZ/Lusa) PUB João Oliveira no desfile/comício em Almada (MÁRIO CRUZ/Lusa) ❮ ❯ O líder parlamentar do Partido Comunista Português (PCP), João Oliveira (C), e o deputado do partido ecologista"Os Verdes" (PEV) José Luís Ferreira (2-E), participam no desfile/comício no âmbito da campanha eleitoral para as Eleições Legislativas, em Almada, 22 de janeiro de 2022 2022-01-22 19:49 Pelas ruas de Caminha e Viana do Castelo, CDS pede votos para dar voz ao Alto Minho O presidente do CDS-PP percorreu hoje algumas ruas das cidades de Caminha e Viana do Castelo, assumindo querer voltar a eleger um deputado por aquele círculo para “defender o Alto Minho no parlamento”.   Depois de ter começado o dia em Braga, a caravana centrista rumou durante a tarde às cidades de Caminha e Viana do Castelo, para contactos com a população.

  Acompanhado pela cabeça de lista pelo distrito, Joana Mendes, o presidente do CDS-PP entregou canetas e fazia um pedido a quem encontrava maioritariamente nas esplanadas dos cafés e pastelarias locais: “Nós queremos voltar a ter um deputado do CDS para defender o Alto Minho no parlamento”.   E de mesa em mesa ia apresentando a candidata, “uma das mulheres mais talentosas da sua geração”. 2022-01-22 Rui Tavares esteve no Parque da Paz, em Almada 1 / 6 Rui Tavares partcipa numa sessão pública (ANTÓNIO COTRIM/Lusa) 2 / 6 Rui Tavares partcipa numa sessão pública (ANTÓNIO COTRIM/Lusa) PUB Rui Tavares partcipa numa sessão pública (ANTÓNIO COTRIM/Lusa) 4 / 6 Rui Tavares partcipa numa sessão pública (ANTÓNIO COTRIM/Lusa) 5 / 6 Rui Tavares partcipa numa sessão pública (ANTÓNIO COTRIM/Lusa) PUB Rui Tavares partcipa numa sessão pública (ANTÓNIO COTRIM/Lusa) ❮ ❯ O dirigente do Livre e candidato pelo círculo de Lisboa, Rui Tavares, durante uma ação de campanha eleitoral, no âmbito das próximas eleições legislativas 2022, em Almada, 22 de janeiro de 2022 2022-01-22 19:21 Em Braga, Ventura ouviu Fátima a pedir-lhe para “deixar de ser racista” com os ciganos A arruada do Chega em Braga foi interrompida por uma mulher cigana que pediu a Ventura para “deixar de ser racista”, com o líder do Chega a alegar que “muitos ciganos” não trabalham, apesar de estudos apontarem no sentido contrário.   “Não pode ser racista para os ciganos, que somos seres humanos como os outros. Todos trabalhamos”, disse Fátima Romero, que decidiu furar a comitiva do Chega, com algumas dezenas de pessoas, para confrontar André Ventura.

  O líder do Chega insistiu que não é racista e que o que o seu partido quer é “que os ciganos trabalhem” como “todos os outros”.   “Mas nós trabalhamos. A sua etnia também tem uns que trabalham e outros que não trabalham”, respondeu a mulher, de 58 anos.   “Sabe que isso não é verdade”, contrapôs André Ventura, insistindo que “há muitos ciganos que não trabalham”, apesar de um estudo de 2015 encomendado pelo Alto Comissariado para as Migrações concluir que a maioria das pessoas daquela etnia trabalha e de um relatório do Instituto da Segurança Social de 2008 referir que apenas 3,9% das famílias beneficiárias de Rendimento Social de Inserção (RSI) à época eram de etnia cigana. CARREGAR MAIS.

.. .