Tecnologia, Espaço, Empresas

Tecnologia, Espaço

Americana LeoLabs escolhe Açores para instalar radar anti-detritos espaciais

Americana LeoLabs escolhe Açores para instalar radar anti-detritos espaciais

17/06/2021 01:44:00

Americana LeoLabs escolhe Açores para instalar radar anti-detritos espaciais

Empresa californiana LeoLabs anunciou que vai instalar dois radares espaciais na ilha de Santa Maria para monitorizar e evitar os perigos do lixo espacial. Portuguesa Edisoft é parceira e construção fica concluída em 2022. Objetivo: monitorizar até 250 mil objetos na baixa órbita terrestre.

SubscreverO valor do investimento total não foi revelado, mas as obras vão começar em breve, indica a empresa ao Dinheiro Vivo, com as estruturas a serem construídas por dezenas de pessoas da ilha e outras externas."São quatro estruturas semelhantes a um tubo cortado semelhante ao que temos na Costa Rica com tamanho de 75 x 100 metros, com seis metros de altura".

Sem-abrigo vão passar a ter Cartão de Cidadão Bolsonaro ameaça agir fora dos “limites da Constituição” em resposta à investigação do Supremo Tribunal Manuel Machado: 'Seis clubes do distrito de Braga na Primeira Liga? Competência e visão são fatores-chave para esse sucesso'

Em comunicado, o CEO e cofundador da LeoLabs, Dan Ceperley, admite"entusiasmo com a decisão de nos instalarmos nos Açores" e garante que"esteé um investimento de várias décadas, e uma grande oportunidade para a LeoLabs apoiar os objetivos de sustentabilidade espacial de Portugal, à medida que eles expandem a sua presença na comunidade espacial mundial."

"O número de ativos que existem na baixa órbita terrestre duplicou no ano passado, irá duplicar este ano, e espera-se que cresça 25 vezes nos próximos cinco anos" e a LeoLabs que crescer à boleia desses novos investimentos"como o maior fornecedor de dados mundial nessa área". headtopics.com

A missão da empresa californiana passa por"ajudar no crescimento da economia da órbita terrestre baixa e assegurar a sobrevivência dos serviços de mapeamento da órbita terrestre baixa no longo prazo e para as gerações futuras". Dan Ceperley explica depois que a rede global da LeoLabs"já fornece o maior número de observações da órbita terrestre baixa do mundo e o Radar Espacial dos Açores virá reforçar essas observações e expandir a capacidade de localizar objetos em mais 25%".

Ou seja, a empresa passa da monitorização de objetos em órbita terrestre baixa dos atuais15 mil para 250 mil objetos rastreados."O Radar Espacial dos Açores irá rastrear objetos até dois centímetros que nunca foram rastreados antes e que representam a grande maioria do risco de colisão" na tal órbita terrestre baixa.

Exemplo de radares espaciais localizados na Costa Rica da LeoLabs© LeoLabsPortugal dá as boas vindas ao radar espacialRicardo Conde, Presidente da Agência Espacial Portuguesa, a Portugal Space, admite em comunicado que o investimento da LeoLabs no Radar Espacial dos Açores reflete o alinhamento com a estratégia portuguesa para o espaço a nível nacional e regional."Damos as boas vindas à LeoLabs a Portugal com a instalação de um novo radar espacial nos Açores", explica Conde, que admite que a órbita terrestre baixa"assumiu-se rapidamente como uma esfera de oportunidades de negócio para empresas inovadoras".

Daí que o objetivo seja"construir infraestruturas que permitam mitigar os riscos gerados pelo aumento de detritos espaciais", com o radar a permitir"melhorar os serviços de mapeamento e catalogação que identificam o posicionamento e a dinâmica destes objetos e contribuir para aumentar a nossa capacidade de definir políticas que abordem esses riscos." headtopics.com

Presidenciais: Campanha da bloquista Marisa Matias foi a mais cara Crime ou acidente? Papel de milionária na morte de funcionário investigado 55 anos depois Vacinação dos 12 aos 15. Marcelo espera ver exemplo da Madeira replicado no continente

Susete Amaro, Secretária Regional da Cultura, Ciência e Transição Digital dá as boas-vindas"a este investimento pioneiro nos Açores", no que define de uma"importante contribuição para o desenvolvimento do ecossistema espacial de Santa Maria".

Aí tem destaque o Teleporto de Santa Maria,"um modelo inovador capaz de atrair investimentos internacionais do setor espacial". Com o compromisso a longo prazo da LeoLabs, a responsável espera"que os Açores se tornem uma ponte para o espaço tal como são uma ponte sobre o Atlântico".

O mesmo fez o Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que tem lançado vários projetos estratégicos na área espacial nos últimos anos - incluindo a própria Portugal Space. Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

Açores aumentam para 750 euros o prémio para estudantes que entram no ensino superiorA proposta socialista vai apoiar os jovens açorianos cujas famílias 'tenham sofrido uma quebra do seu rendimento' durante o último ano.

Quatro distritos do continente e Açores sob aviso amarelo devido à chuvaO IPMA prevê para hoje nas regiões do Norte e Centro do continente períodos de céu muito nublado e aguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada, sendo mais frequentes no interior durante a tarde.

Chuva deixa quatro distritos do continente e Açores sob aviso amareloClima - Chuva deixa quatro distritos do continente e Açores sob aviso amarelo

Mais um dia com previsão de chuva e granizo deixa quatro distritos sob avisoQuatro distritos do continente e os grupos central e ocidental dos Açores estão sob aviso amarelo, esta quarta-feira, devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes.

Justiça norte-americana aperta regras após espionagem a democratas durante administração TrumpNos Estados Unidos, a fuga de informações confidenciais é ilegal.

Giovani enviou SMS a amiga americana a contar que foi agredidoUm SMS alegadamente enviado por Luís Giovani a uma amiga, na madrugada em que o jovem cabo-verdiano terá sido agredido numa rua de Bragança, é o novo argumento que o advogado da família do estudante do Instituto Politécnico local quer que seja adicionado aos autos.