Afeganistão à beira do colapso económico e social

Afeganistão à beira de uma catástrofe humanitária

17/09/2021 16:36:00

Afeganistão à beira de uma catástrofe humanitária

Seca, falta de alimentos, escassez de dinheiro e emprego estão a levar o país ao colapso económico e social.

Com a tomada de poder pelos talibãs, os afegãos que trabalhavam no setor público - quase um milhão de pessoas - pereram o emprego. A falta de trabalho, a falta de dinheiro e a subida constante dos preços de bens de primeira necessidade estão a empurrar o país para uma situação dramática em termos humanitários.

Crise política. Governo convoca conferência de imprensa para as 17h30 Bolsonaro diz que vacinas contra o coronavírus levam à SIDA Erdogan desafia Ocidente e ameaça expulsar dez embaixadores

Nas previsões das nações unidas, meio milhão de afegãos deverá abandonar o país até ao final do ano.Nos últimos 20 anos o Afeganistão viveu na dependência da ajuda externa. Mas com a tomada de poder pelos extremistas islamicos, os EUA bloquearam quase 10 mil milhões de dólares em reservas internacionais do banco central do Afeganistão depositados em bancos norte-americanos.

À porta dos poucos bancos que reabriram, há filas intermináveis para levantar dinheiro. Consulte Mais informação: SIC Notícias »

...á beira ?....ok... Revoltem se , não apoiem o terrorismo, os talibãs. Chamem a Carmo Afonso e mais uns quantos esquerdeopatas portugueses e td se resolve Diretos da Sic, Tvi e Rtp3 e rapidamente o Afeganistão torna-se um paraíso na terra. O bidon era o melhor não era?

Quénia. “Necessidade urgente” de alimentos para que dois milhões de pessoas não morram à fome devido à secaPresidente queniano, Uhuru Kenyatta, classificou a seca que coloca mais de dois milhões de pessoas em risco de morrerem à fome 'um desastre natural'

Afeganistão arrisca colapso económico e já há indícios de clivagens políticasVice-primeiro-ministro terá morrido após violentas discussões entre Talibãs e apoiantes Haqqani.

Há 10 milhões de crianças em risco no AfeganistãoDesde que os talibãs tomaram o poder, o Afeganistão viu agravar-se a crise humanitária. Vocês devem estar felizes... Registro que nesse título não aparece o nome do presidente dos EUA. A pergunta que me ocorre neste momento é como seria esta notícia se fosse o Trump o presidente. Quando é que vocês jornalistas vão voltar a respeitar a vossa profissão?

Talibãs ordenam regresso à escola apenas a rapazesO Ministério da Educação do Afeganistão não faz qualquer referência a raparigas.

Sexta às 9. Portugal só trouxe do Afeganistão 56 dos 116 afegãos na lista prioritáriaE já e demais .

Pediram a João Félix para lesionar Griezmann e avançado português reagiu assimVídeos - Pediram a João Félix para lesionar Griezmann e avançado português reagiu assim 'Como el que no quiere la cosa' ¡genial!