Adiar Tóquio2020 obriga a alterações do regime jurídico das federações

01/04/2020 23:51:00
Adiar Tóquio2020 obriga a alterações do regime jurídico das federações

Adiar Tóquio2020 obriga a alterações do regime jurídico das federações

João Paulo Rebelo, Tóquio2021

Adiar Tóquio2020 obriga a alterações do regime jurídico das federações

Mandatos de quatro anos serão esticados para cinco. As condições de atribuição do estatuto de utilidade pública desportiva também se prolongam até 2021.

O regime jurídico das federações desportivas vai ter de ser alterado, uma vez que as eleições estão associadas ao ciclo olímpico de quatro anos, que foi estendido por mais um ano, com o adiamento dos Jogos Olímpicos para 2021."Qualquer modificação ou criação de regime excecional que se pretenda promover neste âmbito terá de passar por uma alteração a este regime jurídico", esclareceu à agência Lusa o gabinete do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

Consulte Mais informação: Diário de Notícias » Covid-19: Decreto presidencial permite adiar os exames e o início do próximo ano lectivo

Covid-19: Decreto presidencial permite adiar os exames e o início do próximo ano lectivoSe houver alterações ao calendário até aqui definido, passa a ser possível encontrar uma solução para o ingresso nas universidades e nos politécnicos, diz o presidente da comissão nacional de acesso. geofactualidade

Já arrancou a reunião da UEFA com os secretários-gerais das 55 federaçõesCompetições de clubes, jogadores, calendários e ligas nacionais serão alguns dos temas em debate

O que mudou nas camisolas do FC Porto nos últimos 25 anosRiscas largas ou finas, marcas, patrocinadores ou até mesmo o tecido são algumas das alterações

O essencial das medidas do OE2020 que entram hoje em vigor

O essencial das medidas do OE2020 que entram hoje em vigorO Orçamento do Estado de 2020, promulgado a 23 de março pelo Presidente da República e publicado ontem em Diário da República, entra em vigor esta quarta-feira. Entre as medidas e alterações legislativas que constam no documento destacam-se as seguintes. Excelente trabalho, obrigado

UD Oliveirense propões alterações para o fim dos campeonatos de formaçãoUD Oliveirense - UD Oliveirense propões alterações para o fim dos campeonatos de formação

UEFA suspende Champions e Liga Europa por tempo indeterminadoFutebol internacional: UEFA suspende Champions e Liga Europa por tempo indeterminado

COVID-19 O regime jurídico das federações desportivas vai ter de ser alterado, uma vez que as eleições estão associadas ao ciclo olímpico de quatro anos, que foi estendido por mais um ano, com o adiamento dos Jogos Olímpicos para 2021.Humanos em quarentena, animais em turismo: no País de Gales, há cabras a passear nas ruas O projecto de decreto do Presidente da República permite “começar a clarificar a situação”, avalia o presidente da Comissão Nacional de Acesso ao Ensino Superior (CNAES), João Guerreiro.• Foto: LUSA / EPA ..

"Qualquer modificação ou criação de regime excecional que se pretenda promover neste âmbito terá de passar por uma alteração a este regime jurídico", esclareceu à agência Lusa o gabinete do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo. A pandemia covid-19 ditou que os Jogos Olímpicos vão ser disputados agora de 23 de julho a 8 de agosto de 2021, quando estavam previstos decorrer de 24 de julho a 9 de agosto deste ano. Se houver alterações ao calendário até aqui definido, passa a ser possível encontrar uma solução para o ingresso nas universidades e politécnicos, cujas candidaturas estão previstas para Julho – com os resultados das colocações agendados para o início de Setembro, entende Guerreiro."Atento ao facto de o Comité Olímpico Internacional ter já anunciado o adiamento dos Jogos Olímpicos, é fundamental um processo de decisão aturado e responsável, sendo, naturalmente, o principal objetivo da tutela minimizar ao máximo o impacto negativo desta pandemia", acrescentou o gabinete. A reunião marcada para esta quarta-feira entre o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, e os secretários-gerais das 55 federações já teve início. O regime jurídico das federações desportivas e as condições de atribuição do estatuto de utilidade pública desportiva prevê que o"mandato dos titulares dos órgãos das federações desportivas, bem como das ligas profissionais ou associações territoriais de clubes nelas filiadas é de quatro anos, em regra coincidentes com o ciclo olímpico". O presidente da CNAES entende que a melhor solução passa por manter o acesso ao ensino superior nos moldes habituais, ou seja com a realização de exames nacionais no ensino secundário, que são decisivos para definir o futuro dos estudantes. Fechar . Eis uma lista com os últimos equipamentos oficiais do FC Porto nas últimas 25 temporadas.