A Prova dos Factos. 'Portas giratórias' levam ex-políticos a reguladores, bancos ou empresas

Rtp, Notícias

21/01/2022 17:55:00

É o tema em destaque no programa A Prova dos Factos, que se estreia esta sexta-feira a seguir ao Telejornal.

por RTPcancelarFoto: Pedro A. Pina - RTPVinte e cinco por cento dos governantes que passaram pelos vários executivos em Portugal transitaram depois para grandes empresas ou bancos, mesmo sem terem qualquer experiência na área.O movimento conhecido como "portas giratórias" alarga-se às entidades reguladoras onde os ordenados são muito superiores ao de ministro ou deputado.

É o tema em destaque no programaA Prova dos Factos, que se estreia esta sexta-feira a seguir ao

Consulte Mais informação: RTP »

Mais de 100 médicos entram no internato com nota “negativa” na Prova Nacional de AcessoÉ uma prova de seriação e não de avaliação

Reguladores internacionais contra reforço vacinal sucessivoA EMA e outros reguladores internacionais estão contra a administração de repetidas doses de reforço contra a Covid, e encorajam as empresas a desenvolver vacinas bivalentes ou multivalentes.

BPP: João Rendeiro volta a tribunal a 27 de janeiro - SIC NotíciasO ex-presidente do Banco Privado Português (BPP) continuará detido na prisão de Westville,

Bilhetes para o Mundial 2022 no Qatar já estão à vendaResidentes e trabalhadores migrantes podem comprar bilhetes a partir dos 11 dólares, ou pouco menos de 10 euros, mas o preço dos bilhetes pode ir até aos 1.607 dólares, ou cerca de 1.416 euros.

Gonçalves Pereira diz que os críticos da direcção também gostam do CDSEx-deputado e ex-vereador foi excluído da lista das autárquicas por Francisco Rodrigues dos Santos.

Clientes no mercado regulado de eletricidade descem 4% em novembro apesar de passagem de carteirasAs empresas deixaram de comercializar energia devido à escalada dos preços nos mercados.

A Prova dos Factos. "Portas giratórias" levam ex-políticos a reguladores, bancos ou empresas por RTP cancelar Foto: Pedro A. Pina - RTP Vinte e cinco por cento dos governantes que passaram pelos vários executivos em Portugal transitaram depois para grandes empresas ou bancos, mesmo sem terem qualquer experiência na área. O movimento conhecido como "portas giratórias" alarga-se às entidades reguladoras onde os ordenados são muito superiores ao de ministro ou deputado. É o tema em destaque no programa A Prova dos Factos , que se estreia esta sexta-feira a seguir ao Telejornal