47ºC lá fora e muito menos aqui dentro: porque é que Portugal vai ser atingido por um pico mas não por uma onda de calor?

  • 📰 expresso
  • ⏱ Reading Time:
  • 37 sec. here
  • 2 min. at publisher
  • 📊 Quality Score:
  • News: 18%
  • Publisher: 73%

Portugal Manchetes Notícia

Portugal Últimas Notícias,Portugal Manchetes

Atualmente, as ondas de calor duram mais dias e a tendência é para continuar. E esta semana, por quase toda a Europa, vai acontecer isso mesmo: as temperaturas vão chegar ao 47 graus em França, por exemplo. Portugal não vai ser atingido, ainda assim no final da semana as máximas vão subir. “Vamos ter um pico de calor”, diz o IPMA. Mas um pico de calor não é o mesmo que uma onda

” e o inferno é a onda de calor que nos próximos dias atinge a Europa, fazendo os termómetros marcarem 40 graus. Vai de Espanha à Suíça, passa por França e atinge Alemanha e Holanda. Portugal está fora. Isto porque o país está a ser influenciado pela posição estacionária do anticlone dos Açores, que traz para o continente o ar mais fresco e a humidade do Atlântico.

É com temperaturas acima da média que Portugal vai receber julho, com este “pico de calor” a estender-se ao longo de alguns dias. “Apesar de serem temperaturas mais altas do que o normal para esta época do ano, isto é apenas uma situação de pico de calor. Ainda não é possível definir com exatidão a duração”, acrescenta a meteorologista.

“Ondas de calor são períodos de dias consecutivos com temperaturas anormalmente elevadas e são eventos extremos que têm ocorrido no passado e vão continuar a ocorrer no futuro”, diz Alfredo Rocha, professor de Meteorologia e Clima do Departamento de Física da Universidade de Aveiro.

 

Obrigado pelo seu comentário. Seu comentário será publicado após ser revisado.
Resumimos esta notícia para que você possa lê-la rapidamente. Se você se interessou pela notícia, pode ler o texto completo aqui. Consulte Mais informação:

 /  🏆 8. in PT

Portugal Últimas Notícias, Portugal Manchetes

Similar News:Você também pode ler notícias semelhantes a esta que coletamos de outras fontes de notícias.

Violação: uma vítima não é menos vítima porque não esperneiaForam por fim presos os cinco homens que violaram uma rapariga nas Festas de San Fermín, com a pena inicial de nove anos de prisão por crime de abuso sexual a aumentar para 15, agora enquadrado como violação coletiva. É importante que se chamem as coisas pelos nomes, e esta decisão histórica mostra-nos que a justiça está a dar sinais concretos de querer deixar cair estereótipos: Uma vítima que não esperneia, não grita, não chora, é menos vítima? Está a consentir? E o agressor é menos culpado? Finalmente a justiça percebeu que não A senhora está confusa e perdida. O Expresso suporta o Islão e o Corão ultrapassa os Direitos de Humano especialmente mulheres. A sua opinião perde conteúdo. Colaboradora dum jornal que suporta o Islão, especialmente...o Irão.
Fonte: expresso - 🏆 8. / 73 Consulte Mais informação »

▶ Vídeo: Onda de calor perigosa na Europa mas Portugal continua amenoComeça em Espanha, segue para França e vai atingir a Europa central com força. Uma onda de calor potencialmente perigosa promete levar os termómetros europeus para temperaturas a rondar os 40 graus. Por cá, aguaceiros e temperaturas amenas serão o prato do dia, com o sol a aparecer mais forte a partir do meio da semana.
Fonte: JornalNoticias - 🏆 25. / 51 Consulte Mais informação »

O Coutinho continua ocupado por quem lá mora, mas sem garantias de água e luzO despejo dos moradores estava agendado para as 9h00 desta segunda-feira mas 12 das 105 fracções do edifício de 13 andares continuam na posse dos proprietários. A sociedade VianaPolis promete usar “todos os meios legais para desocupar” o prédio. Águ
Fonte: Publico - 🏆 7. / 73 Consulte Mais informação »

Aveiro vai ter ciclovia, mas trajeto não é consensualA cidade de Aveiro vai ter uma ciclovia com cerca de dois quilómetros entre a Universidade e a estação ferroviária.
Fonte: SICNoticias - 🏆 2. / 90 Consulte Mais informação »

▶ Vídeo: Paris prepara-se para pico de calor extremoOs termómetros na capital francesa podem chegar aos 40ºC a partir de terça-feira e as autoridades lançaram medidas preventivas como chamadas de vigilância, parques abertos à noite e uma aplicação que mostra onde encontrar ar fresco na cidade.
Fonte: JornalNoticias - 🏆 25. / 51 Consulte Mais informação »

Paraguai perdeu mas não foi por falta de apoio de Larissa RiquelmeFotogalerias - Paraguai perdeu mas não foi por falta de apoio de Larissa Riquelme
Fonte: Record_Portugal - 🏆 24. / 51 Consulte Mais informação »