DGS volta a exigir caixão fechado em funerais de vítimas de Covid-19 um ano depois - Renascença

Redirecting to full article in 5 second(s)...

Em fevereiro do ano passado, a instituição liderada por Graça Freitas referia que no funeral a família o desejar, e existirem condições para isso, “pode permitir-se a visualização do corpo”.