A imortalidade está outra vez de luto

Redirecting to full article in 5 second(s)...

Nos meus oito anos, a minha prima, que vivia numa cave por baixo do apartamento dos meus pais, tocava obsessivamente no seu gira-discos um single dos Ramones: Baby I love you.