Reconfiguração do Museu Romântico do Porto foi um “fuzilamento” aos museus

Redirecting to full article in 5 second(s)...

“Porque é que houve a necessidade de fuzilamento ao conceito de museu, aos museólogos e aos cerca de 500 mil euros que foram investidos na anterior solução?”, questionou João Neto, presidente da Associação Portuguesa de Museologia, durante um debate